sobre agenda convidados galeria oficinas

UNIMÍDIA é um evento anual organizado por alunos do curso de Comunicação Social com habilitação em Midialogia da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).

 

O evento se propõe a trazer produções realizadas tanto dentro quanto fora da universidade e através delas levantar questões relacionadas ao campo da mídia e da comunicação, bem como reflexões e debates pertinentes a tais áreas.

Cada ano o evento se configura de forma a apresentar novas produções e debates, sendo que neste ano de 2014 (Unimídia 2014 - A mediação na construção do sujeito) o foco está na discussão da atual relação entre os indivíduos e as tecnologias midiáticas.

 

Para tanto, a intenção é explorar o debate acerca de como as tecnologias emergentes vem influenciando nossa vivência em sociedade, alterando a coletividade e a própria individualização.

 

de 12 a 15 de maio
AGENDA
segunda-feira (12/05) terça-feira (13/05) quarta-feira (14/05) quinta-feira (15/05)
  9h00
Oficina de Jogos como Construção
e representação sócio-política

Capi (Quequeré)
8h30
Oficina de reconstrução com scanners

Guilherme Maranhão
8h30
Mostra Studium Projetos Especiais

Casa do Lago (Mezanino)
  12h00
Abertura do Lounge de Games
12h00
Lounge de Games
12h00
Lounge de Games - Competição
  15h30
Mesa 1 - Políticas Públicas e TV Digital

Almir Almas
Hélio Lemos Sôlha
André Bordignon
15h00
Mesa 2 - Apropriação das Tecnologias

Guilherme Maranhão
Gilson Schwartz
José Armando Valente
15h00
Mesa 3 - Identidade e Novas Mídias

Giovani Francischelli
André Menezes
Gilberto Alexandre Sobrinho
Giuliano Tosin
19h00
Abertura Unimídia

Atividade interativa com plataformas digitais
e o Grupo Obra Aberta.
19h00
Mostra Jabá 1 - Curta-Mídia

- Daqui a 5 anos (23 min)
- Temporal (25 min)
- À meia vista (22 min)
- In memorian (24 min)
- Dina Di (18 min)
- O Marcador (11 min)
19h00
Mostra Jabá 2 - Áudio-Mídia

- As Colegas de Trabalho
- A Teus Pés
19h00
Encerramento

Considerações finais sobre o
Unimídia 2014 e novas possibilidades.
CONVIDADOS

Mesa 1: Políticas Públicas e TV Digital

acompanhará chá da tarde

13/maio às 15h30 - Marco Zero

 

A televisão digital em suas novas possibilidades de linguagem, de narrativas e de uso pelo indivíduo. A intenção é estabelecer uma discussão sobre os processo de subjetivação a partir das possibilidades de interatividade que a televisão digital oferece, considerando os desdobramentos ocasionados por ações políticas e governamentais, como o caso do Marco Civil Regulatório.

Almir Almas

 

Professor da Escola de Comunicação e Artes (ECA-USP), estuda a Televisão Digital e suas formas de interatividade. Autor do livro Televisão Digital Terrestre - sistemas, padrões, modelos.

Hélio Lemos Sôlha

 

Professor do curso de Midialogia, possui estudos na área de tecnologias de informação e comunicação.

André Bordignon

 

Matemático por formação, é professor de computação da PUC-Campinas e diretor do CDI Campinas (Comitê de Democratização da Informática).

Mesa 2: Apropriação das Tecnologias

acompanhará chá da tarde

14/maio às 15h00 - Marco Zero

 

A mesa tratará da apropriação de tecnologias, com enfoque na questão de autogestão. Isto é, a discussão está na relação destas apropriações com a construção do sujeito, que é um tema abordado pelo evento de maneira geral. Também perpassando pelo uso das tecnologias no âmbito educacional, como pelo EaD, utilizando os jogos como ferramenta lúdica de aprendizado.

Guilherme Maranhão

 

Fotógrafo formado pelo Senac, trabalha com a reapropriação da técnica fotográfica, subvertendo as imagens produzidas pela indústria. Autor da exposição “Pluracidades” (2008) e vencedor do prêmio Porto Seguro de Fotografia (2007).

José Armando Valente

 

Engenheiro pela USP e especializado pelo MIT, é professor do curso de Midialogia e pesquisador da área de formação de comunidades de aprendizado baseada nas TICs.

Mesa 3: Identidade e Novas Mídias

acompanhará chá da tarde

15/maio às 15h00 - Marco Zero

 

A construção de identidade do sujeito (no plano individual e coletivo) em contato com as novas mídias digitais. A intenção é estabelecer uma discussão sobre os limites da liberdade, considerando as noções de interatividade e autogestão desenvolvidas nas demais mesas, e possibilidades do sujeito na construção de identidade pelas novas mídias.

Gilberto Alexandre Sobrinho

 

Professor e coordenador do curso de Midialogia, possui estudos no campo do experimentalismo no audiovisual (cinema, televisão e vídeo), moderno documentário brasileiro, narrativas, o audiovisual e as novas mídias.

Giovanni Francischelli e André Menezes

 

Formados em Midialogia pela Unicamp, são fundadores da Doctela, produtora independente de conteúdo multimídia e audiovisual.

Giuliano Tosin

 

Formado em jornalismo pela UFRGS, mestre em multimeios pela UNICAMP e doutor em Artes também pela UNICAMP, tem experiência na área de comunicação social e artes com ênfase em semiótica e teorias da comunicação, atuando principalmente nos temas: poesias e novas mídias, audiovisual, arte e mídia.

GALERIA
OFICINAS

Jogos como construção e representação sócio-política

13/maio às 09h00 - Sala AP04 (15 vagas)

Reconstrução com Scanners

14/maio às 08h30 - Sala AP04 (12 vagas)

O objetivo da oficina é promover aos participantes uma visão abrangente do significado de jogos, suas origens, seus diversos usos, e suas linguagens específicas.

Capi Etheriel vem representando o Quequeré Jogos, coletivo que busca desenvolver jogos políticos que integram discussões e reflexões sobre o contexto sócio-político brasileiro, além de proporcionarem oficinas utilizando os jogos como ferramenta lúdica de aprendizado.

Guilherme Maranhão, fotógrafo e artista, busca se reapropriar das ferramentas tecnológicas para criação de discussão sobre os padrões produzidos pelos modelos industriais.

A partir da sucata de scanners, a oficina irá construir novos aparelhos ópticos e explorar as possibilidades desses.

Apoio: Endereço: Contato:

desenvolvimento web por Beatriz Ferreira de Assis | 2014

Instituto de Artes

Rua Elis Regina, 50

Campinas - SP

13083-854