PROTOCOLOS RÁPIDOS DE ORIENTAÇÃO PARA SERVIDORES E ALUNO

Sintomas de suspeita de COVID-19:

– Sintomas mais comuns: cansaço, febre, tosse, dor de cabeça e no corpo, dor de garganta, congestão nasal e coriza, perda do olfato e paladar.

– Sintomas menos comuns: diarreia, conjuntivite, erupções cutâneas.

– Sintomas mais graves: falta de ar, perda da fala e/ou dor no peito.

Siga as orientações:
  1

  Com SINTOMAS respiratórios

  – Deverá se afastar das atividades presenciais e adotar as medidas de isolamento domiciliar.

  – Preencher o aplicativo EducaSaúde.

  – Procurar atendimento médico em um serviço de saúde (CECOM ou outro serviço de saúde).

  – Se receber atestado médico e/ou resultado do teste para COVID-19 deverá encaminhar para o RH, se servidor, ou Secretaria de Graduação ou Pós-Graduação, se aluno, assim que possível através de formulário específico.

  Acesse o formulário AQUI.

  2

  Com TESTE POSITIVO para COVID-19, com ou sem sintomas

  – Deverá ficar afastado das atividades presenciais e adotar as medidas de isolamento e precaução.

  Tempo de afastamento:

   Sintomático: afastamento de 07 dias a contar do 1º dia com sintomas, com retorno às atividades presenciais se estiver sem febre a pelo menos 24h, sem uso de antitérmicos e sem sintomas respiratórios (coriza, dor de garganta e falta de ar). Se após os 07 dias os sintomas persistirem, deve procurar atendimento no CECOM ou outro serviço de saúde.

  Assintomático: afastamento de 07 dias a contar da data de coleta do exame, com retorno às atividades presenciais desde que não tenham aparecido sinais ou sintomas suspeitos de COVID-19. No caso de surgirem sinais ou sintomas da doença durante o período de isolamento, deve procurar o CECOM ou outro serviço de saúde.

  Não há necessidade de realizar nova testagem para SARS-COV-2 nas situações citadas acima.

– O atestado médico e/ou resultado do teste para COVID-19 deverá encaminhar para o RH, se servidor, ou Secretaria de Graduação ou Pós-Graduação, se aluno, assim que possível através de formulário específico. 

  Acesse o formulário AQUI.

  3

  Contato Domiciliar de Caso Positivo para COVID-19

  – Deverá se afastar das atividades presenciais e adotar as medidas de isolamento domiciliar por 07 dias a contar da data do último contato com o caso positivo.

  – Deverá informar a sua chefia imediata/ docente responsável, que irão definir o formato das atividades remotas, nos casos em que se aplicam.

  – O documento comprobatório da doença do caso confirmado deverá ser enviado ao RH/ Secretaria de Graduação ou Pós-Graduação (se a coleta foi realizada no CECOM não há necessidade de enviar o resultado), através de formulário específico. 

  Acesse o formulário AQUI.

  – O RH/ Secretaria de Graduação ou Pós-Graduação deverá enviar um e-mail para monitoramento (arroba) cecom (ponto) unicamp (ponto) br, solicitando a realização do teste para COVID-19 com as seguintes informações: nome completo, matrícula, CPF, telefone, e- mail, função e local de trabalho do contactante. Informar o nome completo e CPF do caso positivo. Anexar o laudo do exame do caso positivo.

  4

  Contato Próximo de Caso Positivo para COVID-19 (contato no trabalho/sala aula)

  – Deverá se afastar das atividades presenciais e adotar as medidas de isolamento domiciliar por 07 dias a contar da data do último contato com o caso positivo.

  – Deverá informar a sua chefia imediata/ docente responsável, que irão definir o formato das atividades remotas, nos casos em que se aplicam. Preencher formulário específico para relata contato com caso positivo para COVID-19.

  Acesse o formulário AQUI.

  – Ao tomar conhecimento de um caso confirmado de COVID-19, que não foi atendido no CECOM, o RH/ Secretaria de Graduação ou Pós-Graduação deverá enviar uma listagem, por e-mail (nvececom (arroba) unicamp (ponto) br) para o CECOM, informando os seguintes dados dos contactantes: nome completo, matrícula/RA, CPF, telefone, e-mail, função/curso, local e data do último contato com o caso positivo.

  – Se o caso positivo de COVID-19 foi atendido no CECOM, a equipe do CECOM fará contato com o RH/ Secretaria de Graduação ou Pós-Graduação para que seja realizado, em conjunto com a chefia ou o docente responsável, o rastreamento de eventuais contactantes do caso positivo, no trabalho/sala de aula.

  – Na sequência, serão enviadas pelo CECOM as orientações cabíveis e convocação para a coleta de RT-PCR ao e-mail do servidor/aluno contactante.

  – Se o resultado do RT-PCR for negativo, o funcionário/aluno poderá retornar às suas atividades presenciais na Universidade a partir do 7º dia de seu último contato com a pessoa confirmada para COVID-19.

  – Se o resultado do teste for positivo, o funcionário/aluno receberá do CECOM orientações e atestado médico de 07 dias a contar da data da coleta do seu exame.

  5

    Servidor/aluno informa que teve contato com caso suspeito de COVID-19.

  – Orientar que ele deve manter as atividades presenciais respeitando todos os protocolos de prevenção (uso de máscara, distanciamento de um metro e meio, higienização das mãos com frequência).

  – Orientar para esperar a confirmação ou não do caso, e se positivo, preencher o questionário do aplicativo EducaSaúde e informar a chefia imediata e RH/Secretaria.

  6

  Definição de contato para Rastreamento de Caso Positivo para COVID-19

  Contato é qualquer pessoa que esteve em contato próximo a um caso confirmado de covid-19 durante o seu período de transmissibilidade, ou seja, entre 48 horas antes até os dez dias após a data de início dos sinais ou sintomas (caso confirmado em sintomático) ou após a data da coleta do exame (caso confirmado em assintomático), em uma ou mais das seguintes situações:

  – Esteve a menos de um metro de distância, por um período mínimo de 15 minutos, de um paciente com caso confirmado, sem que ambos tenham utilizado máscara facial, ou o tenham feito de forma incorreta.

  – Teve um contato físico direto (aperto de mãos ou abraço, por exemplo) com um paciente com caso confirmado.

  – É contato domiciliar ou residente na mesma casa de um caso confirmado.

  Ao tomar conhecimento de um caso positivo para COVID-19, o RH/ Secretarias e chefia imediata, se necessário com auxílio do servidor/ aluno, devem identificar os possíveis contatos no ambiente de trabalho/ aula baseados na definição do Ministério da Saúde.