Docentes

MLFagundesvidroazulcompridomenor

DOCENTE LINHA DE PESQUISA PROJETOS
Ana Cristina Colla Técnicas e Processos de Formação do Artista da Cena

Mímese corpórea e dança pessoal: construção de um repertório pessoal de criação

Resumo: Refletir e analisar, em um plano prático-conceitual, a trajetória de formação do ator, focando na construção de um repertório pessoal de representação, partindo da metodologia da Mímese Corpórea e da Dança Pessoal, ambas desenvolvidas pelo Lume Teatro – Núcleo Interdisciplinar de Pesquisas Teatrais da Unicamp. A pesquisa engloba a investigação sobre a criação de repertórios de matrizes corporais, vocais e sensoriais e, em seguida, o trabalho de improvisação e criação para a cena.

Ana Maria Rodriguez Costas (Ana Terra) Arte e Contexto Processos de criação e pedagogia da dança

Resumo: Partindo da hipótese de que, no conjunto dos procedimentos técnicos e métodos de criação, nas performances e espetáculos, nas proposições e nos dispositivos estendidos a um público participante das ações culturais propostas por coletivos, grupos e companhias contemporâneas, revela-se um ideário poético-estético relacional, norteador e, concomitantemente, fomentador de (novas) pedagogias da dança, procura-se observar fundamentos e princípios norteadores para a formulação de práticas artístico-pedagógicas em dança contemporânea relevantes para seu ensino em diferentes contextos, formais e não formais.

Cássia Navas Alves de Castro Arte e Contexto Teoria geral (do estado) da dança

Resumo: Discussão e mapeamento das “teorias” em dança, inserindo-se as questões dentro do debate pós-moderno, a denominação apontando menos para uma generalização das reflexões que o vocábulo “geral” já carrega e mais para o estabelecimento de um “estado da arte” (état de l´art). Para tanto, parte-se de textos da cultura letrada e textos da cultura coreográfica, ou seja da cultura não verbal (textos coreográficos e das artes da cena). A pesquisa se organiza a partir de dois focos principais: dança e seus contextos e dança tout court. A partir do primeiro universo temático são investigados os enfoques teóricos que se debruçam sobre o campo da dança em suas relações com outras artes, campos do conhecimento e da cultura. Dentro do segundo universo temático, são investigados os enfoques teóricos que estudam a dança a partir de suas estruturas basais, que compõem seus mapas de origem.

Cassiano Sydow Quilici Arte e Contexto A cena expandida e os diálogos interculturais: estudos teórico-práticos e dispositivos de criação

Resumo: O projeto propõe repensar as noções de “arte em campo ampliado” e “cena expandida” considerando o papel das investigações interculturais para a recriação dos processos e ações artísticas, especialmente no contexto brasileiro. Propõe-se, especialmente, uma releitura do diálogo que alguns movimentos e artistas estabeleceram com referências orientais, considerando-se suas possíveis contribuições para investigações atuais nas artes performativas. A pesquisa se estrutura como uma série de estudos teórico-práticos que desenvolvem uma reflexão crítica sobre aspectos do tema geral, propondo, ao mesmo tempo, ações e dispositivos de criação a serem testados em grupos de pesquisa, ambientes pedagógicos e artísticos. Ressalta-se o seu caráter teórico-prático e o intuito de produzir um pensamento crítico e uma reflexão ancorada tanto no estudo conceitual como experimentações realizadas em diferentes contextos. O projeto envolve tanto a proposta pessoal de investigação do autor como o compartilhamento e interação deste com pesquisadores da própria UNICAMP, e intercâmbios com outras universidades nacionais e internacionais, através de parcerias.

TEATRO CONTEMPORÂNEO: pedagogias de fronteira (o treinamento do ator-performer)

Resumo:A pesquisa propõe-se a examinar as transformações das noções de treinamento e de formação do ator e do performer, de modo ao mesmo tempo crítico e propositivo. Interessa-me especialmente as propostas que entendem a formação não como mera aquisição de habilidades mas como processo que coloca em jogo a própria noção de “sujeito” e da “subjetividade” do artista. Muitas vezes os próprios processos de formação desdobram-se em experiências compartilhadas junto ao público. A partir daí, desdobram-se também problematizações das artes da cena vistas como mero entretenimento espetacular, exigindo outros conceitos para lidar com o acontecimento artístico.

Daniela Gatti Poéticas e Linguagens da Cena Processos Criativos por Redes de Saberes

Resumo: O objetivo geral da presente proposta de pesquisa se delimita a estudar processos criativos que se estabelecem pelo acontecimento na construção da singularidade entre o artista e a expressão poética da obra em dança. Consideramos, portanto, o texto, no seu sentido mais amplo, como ponto de difusão do trabalho e de localização das dobras implícitas do registro textual por uma abordagem dialógica com outros saberes. Como parte das atividades do grupo de pesquisa, dois grupos atuam sob direção artística da Profa. Dra. Daniela Gatti: a Cia de Dança Seis +1, e o grupo Em Queda. A Cia de Dança Seis +1 foi contemplada no Edital de Seleção para Financiamento de Projetos Culturais do FICC para circulação da intervenção coreográfica “Para se ver no outro”; foi selecionada para a Bienal SESC de Dança com a performance “Footing” e obteve financiamento da Secretaria Municipal de Cultura de Campinas para realização do espetáculo “Sagração da Primavera”. O grupo EmQueda foi contemplado em Edital Público da FUNARTE em 2015, com o projeto Ocupação Sala Reune Gumiel, no Edital FUNARTE 03/2014, com o espetáculo “Serragem”, e no Edital de Seleção para Financiamento de Projetos Culturais do Fundo de Investimentos Culturais de Campinas para circulação do espetáculo “O que tem impede de ter leveza na alma?”. Os espetáculos e performances são resultados de pesquisa artística da docente envolvendo estudantes do Programa de pós-Graduação em Artes da Cena e/ou do Curso de Graduação em Dança da Unicamp, e a circulação dos mesmos é parte do procedimento investigativo da pesquisa.

Eduardo Okamoto Técnicas e Processos de Formação do Artista da Cena Atuação Cênica no Atrito de Culturas

Resumo: O conceito de interculturalidade é um dos marcos do teatro contemporâneo. A partir do confronto de culturas diversas, artistas e teóricos esforçam-se no sentido de não redundar no apontamento das suas diferenças, mas na busca por seus elementos comuns. Estes trabalhos procuram, ultrapassando especificidades, uma dimensão universal/invariável da produção cultural. Este projeto, diferentemente desta abordagem, investiga a atuação cênica a partir de atritos entre culturas, propondo uma pesquisa intracultural, em perspectiva e contextual. Por um lado, toma-se o conceito de intraculturalidade – um mergulho na própria cultura em que se vive -, proposto pelo indiano Rustom Bharucha, como alternativa às propostas modelares de artistas norte-europeus. Por outro, revê-se este mesmo conceito, aproveitando-se outras contribuições culturais que ajudam a formar a cultura brasileira, como a ameríndia e a japonesa: o conceito de perspectivismo, desenvolvido por Eduardo Viveiro de Castro no estudo de culturas indígenas, afirmando a apreensão da realidade como um ponto de vista ou perspectiva; a compreensão do sujeito na cultura japonesa, sempre referenciada pelo contexto histórico-social, cultural e até espiritual, tal qual se vê nos escritos do antropólogo Claude Lévi-Strauss sobre o Japão e na obra do escritor nipônico Kenzaburo Oe. Como procedimento são propostos: a criação de um grupo de estudos sobre tema, reunindo alunos da graduação em Artes Cênicas, em pesquisas de Iniciação Científica, e da Pós-Graduação em Artes da Cena, em pesquisas de Mestrado e Doutorado, que abordem a relação interculturalismo/teatro; a criação e apresentação de um exercício cênico solo com atuação do pesquisador principal; além de estudos filmográfico e bibliográfico.

Elisabeth Bauch Zimmermann Arte e Contexto O papel da Arte na formação do docente-artista

Resumo: A pesquisa propõe-se a estudar a relação psique-corpo, compreendendo o corpo como imagem e presença, deixando de ser um objeto que apenas realiza ações diárias. Ele se torna o sujeito de ações simbólicas que, uma vez integradas, ampliam a extensão da consciência, contribuindo com o processo de desenvolvimento continuado chamado de individuação na psicologia junguiana. Compreende-se aí a relação entre a atuação do artista e do pedagogo na formação do indivíduo: o primeiro, representando o campo das vivências expressivas; o segundo, a transmissão de conhecimentos teóricos e práticos relativos à arte e à educação. Partindo do estudo de textos referentes à estrutura da psique, à relação do eu com o inconsciente, às regularidades do processo de desenvolvimento e à dimensão simbólica de espaço-tempo, este projeto visa analisar a relação da experiência interior com a expressão simbólica da arte e suas inter-relações com a formação do indivíduo humano. Visa ainda pesquisar a utilização de recursos expressivos de movimentação associados a exercícios imaginativos, como contribuição ao processo formativo do dançarino e do professor de dança. Propõe também encontros em grupo com profissionais da área de saúde e artistas da cena para leitura de textos de ambas as áreas, além de oficinas de improvisação livre de movimento e exercícios de concentração, com música e movimento.

A RELAÇÃO DOS PROCESSOS DE CRIAÇÃO EM ARTE COM A PSICOLOGIA PROFUNDA

Resumo: A observação de imagens simbólicas do inconsciente durante o processo de criação artística oferece fontes inesgotáveis para este trabalho. O indivíduo, ao relacionar a vivência da criação artística com a psicologia profunda, pode estudar seu processo de formação pessoal e adquirir conhecimento psicológico e experimental. Isso é importante para quando a mudança e o desenvolvimento de sua obra exigirem ações de criatividade e transformação. São pesquisados textos sobre psicologia profunda, simbologia, consciência do espaço e métodos de improvisação. Desenvolve-se a prática de vivências corporais, de relaxamento e concentração. O desenho e a modelagem são usados para objetivar conteúdos interiores. A apresentação de vídeos complementa os instrumentos de trabalho da pesquisa. O projeto envolve a pesquisa de doutorado “L’aprés midi d’un Faune: Rastros da Obra como Processo de Criação”, desenvolvida pela aluna Adriana dos Santos Teixeira Barcellos (defesa em 29/07/2016), a pesquisa de mestrado “Entre rastros, laços e traços: o corpo, suas memórias e um processo criativo em dança”, iniciada no PPG Artes pela aluna Natalia Vasconcellos Alleoni e defendida no PPG Artes da Cena em 13/02/2013, e a pesquisa de mestrado “Florescer do Clown: focalizando o trabalho sobre si e o aspecto arquetípico na arte do clown”, em desenvolvimento pela aluna Renata Domingos Volpato. Projeto em fase de finalização.

Gina Maria Monge Aguilar Técnicas e Processos de Formação do Artista da Cena Trans-formação do ator: Voz como disparador criativo

Resumo: Como docente e pesquisadora na área das Artes Cênicas e como diretora teatral interesso-me especialmente pela voz e a sonoridade do ator como disparador criativo. Acredito na trans-formação do ator, mais do que na mera formação, e vejo no trabalho vocal um dos caminhos possíveis a ser percorridos na viagem trans-formativa. Caminho que leva não só a si mesmo mas à criação cênica. Tenho como intuito desenvolver e aprofundar princípios e procedimentos relacionados ao trabalho vocal e sonoro do ator que possam levá-lo ao campo da criação e do campo da criação novamente ao campo da preparação. É a busca pela união entre preparação vocal e criação cênica. Entre o emissivo e o expressivo. Estando intimamente ligado ao trabalho desenvolvido pelo Centro Artístico Internacional Roy Hart na França e às experiências desenvolvidas no teatro de grupo e por outros/as mestres/as em Latino-américa.

Grácia Maria Navarro Poéticas e Linguagens da Cena De poéticas de corpos, de culturas e de lugares sistematicamente combatidos – das travestis, da cultura negra e indígena, e da rua

Resumo: Este projeto tem como objetivo geral produzir materiais poéticos teatrais a partir da relação com populações, culturas e locais combatidos na sociedade brasileira e cujos legados e conhecimentos não compõem o conjunto de conhecimentos validados pela Ciência e pela Arte. Populações que vivem à margem, invisibilizadas por um processo civilizatório eurocêntrico que desconsidera patrimônios de conhecimentos que não derivam de seus paradigmas de relacionamento com o mundo: 1. Da territorialidade como demarcação social dos quilombos negros rurais e urbanos, das aldeias indígenas do passado e do presente, da rua, da pista, das ocupações; 2. Da invisibilidade como condição na cultura brasileira: dos orixás, dos nkisis, dos voduns, dos encantados, das entidades e de seus sujeitos intermediários; 3. Da multiplicidade de gêneros. Dos feminismos, dos travestismos e transformismos; 4. Da cultura carnavalesca: da rua e do sambódromo: qual o lugar do carnaval? A metodologia de pesquisa alia pesquisa bibliográfica, pesquisa iconográfica, pesquisa de campo, processo criativo e apresentação de materiais poéticos criados. Os materiais poéticos e as reflexões se darão nos projetos de pesquisadores e pós-graduandos. A produção desses materiais poéticos deve trazer no âmago de seus projetos estéticos a inquietação que, a priori, tenha aproximado o pesquisador do campo pretendido.Os projetos têm em comum abordar um conceito de teatralidade que emerge da vida em fricção com a arte, produzindo poéticas no corpo e desde o corpo.

Graziela Estela Fonseca Rodrigues Técnicas e Processos de Formação do Artista da Cena Novas proposições no método BPI: os laboratórios permanentes e as interações das personagens na verticalização de processos psicofísicos

Resumo: Este projeto está centrado na pesquisa de desenvolvimento de novos procedimentos dentro do método BPI (Bailarino-Pesquisador-Intérprete) com o objetivo de dinamizar e instaurar estados corporais no intérprete além daqueles trabalhados até o momento, buscando uma verticalização de processos psicofísicos, de modo a atuar em campos fundamentais das investigações em artes da cena, como: presença, interações interpessoais e relações interculturais. Existe atualmente um grupo de artistas da cena que trabalha com o método BPI de forma continuada há no mínimo cinco anos, havendo aqueles que estão nesse percurso há mais de 20 anos, tornando-se possível a concepção de novas experiências dentro desse método.

O Brasil dos esquecidos: corporalidades da resiliência

Resumo: A pesquisa em Artes da Cena se enraíza em pesquisas de campo realizadas desde 1980 em determinados segmentos sociais, comunidades e festividades à margem brasileira, destacando-se aquelas em que a resistência cultural se fazia mais presente, mostrando uma diversidade cultural com fronteiras flexíveis e portadoras de uma complexidade simbólica. O método BPI (Bailarino-Pesquisador-Intérprete) nasceu neste contexto e incorporou esta experiência de alteridade e identificação. Neste projeto se propõe um avanço ao método BPI através da personagem emanada do processo, no sentido de que ela, incorporada ao intérprete, seja a mensageira da pesquisa de campo, isto é, aquela que recebe corporalidades a serem reveladas. Nesse método, a personagem é uma síntese do processo que traz consigo um mito regenerador porque foi ativado pela experiência do campo, a qual possibilitou ao intérprete revivê-lo. É através deste estado como mensageira que ocorrerá o estudo das corporalidades presentes nas pesquisas de campo. Criam-se os Laboratórios Permanentes em que se potencializa o diálogo do diretor com o intérprete no cerne do processo de criação. Busca-se o desenvolvimento do intérprete através de uma escritura no corpo que proponha uma contínua descoberta em estranhar-se com o movimento do outro para, assim, descobrir-se nele, possibilitando-lhe viver uma experiência de alteridade e afeto. Estética de corpo tecida pela força da resiliência que propõe o encontro com um corpo existencial mais escavado e pronto para novas expressões de uma dança contemporânea. Criação artística aliada à reflexão critica.

Holly Elizabeth Cavrell Poéticas e Linguagens da Cena Revisitando o ato de coreografar: reflexões sobre metodologias coreográficas, passado e presente

Resumo: Estudar e levantar questões sobre como a coreografia mudou; variações de metodologia, estéticas e razões para coreografar, assim como o papel histórico do coreógrafo; estudar os papéis e funções de criadores e intérpretes, assim como onde, quando e por que eles começam a se fundir; questionar o significado de dançar na arte contemporânea – discurso crítico e performatividade; estudar a dança em sua compreensão como sequência de movimentos ou estratégias.

Isa Etel Kopelman Poéticas e Linguagens da Cena Dramaturgias clássicas/estratégias da performação

Resumo: Trata de mapear as formas matriciais da dramaturgia clássica, seus temas e as intensas imagens poéticas que desafiam as leituras contemporâneas com novas perspectivas de encenação e recepção. Nessa direção, examinamos os desdobramentos metafóricos – textuais e cênicos – da performação da poética clássica e as celebrações das múltiplas vozes do coro no diálogo com seus protagonistas.

Jorge Luiz Schroeder Arte e Contexto Diálogos difíceis entre música e dança: o trabalho do músico em aulas de dança

Resumo: Este projeto pretende investigar a posição fronteiriça que ocupam as atividades dos músicos em aulas de dança. Utilizando os procedimentos da observação participante e das entrevistas, pretende-se desenlear o jogo intrincado de forças sociais, educacionais, artísticas e das relações de trabalho que se superpõem e se atritam no trabalho cotidiano do músico de dança. A partir da observação e explicitação do complexo confronto de interesses, valores, concepções e discursos sobre o qual trafega o músico que trabalha na área da dança, consideramos possível verificar como conhecimentos e habilidades específicas musicais vão sendo constituídos nessa zona instável de fronteira entre linguagens e práticas artísticas, tanto no aspecto profissional quanto educativo.

Júlia Ziviani Vitiello Técnicas e Processos de Formação do Artista da Cena Interfaces entre interpretação e criação em dança a partir de um corpo eclético

Resumo: O caráter efêmero da dança, sua natureza de ser uma das artes do momento presente, lhe confere diferentes nuances a cada apresentação cênica. O registro dos processos de criação e de seu produto final (as apresentações cênicas) é importante para artistas, pesquisadores, acadêmicos, pois ele poderá trazer importantes subsídios à crítica e a pesquisa em dança, já que se torna possível preservar o trabalho, as questões e soluções envolvidas em sua criação para sua posterior análise crítica. Não menos importante é oferecer à sociedade a oportunidade de conhecer um espetáculo não visto, ou então de ser tocada em suas memórias subjetivas a respeito dele. Assim, entre os objetivos deste projeto está analisar, documentar e registrar em audiovisual os aspectos envolvidos na dança como uma disciplina de pesquisa. Neste projeto pretende-se explorar uma articulação de conteúdos, ao qual vincula-se o ato de criar, descrever e realizar as ideias propostas, até a apresentação cênica de seus resultados. Tendo realizado esse recorte, do que o envolve e o delimita, serão articulados os conteúdos de uma tríade: a técnica (habilidades do interprete), a poética (literatura e artes visuais) e a criação (procedimentos e apresentação cênica), com a finalidade de investigar e aprofundar como a integração das práticas somáticas na preparação dos intérpretes e criadores pode contribuir para a criação em dança.

Juliana Martins Rodrigues de Moraes Poéticas e Linguagens da Cena Coreografia, um conceito em transformação

Resumo: Pesquisa-se formas experimentais de coreografia, não mais entendida somente como movimentos de seres humanos habilmente treinados, encadeados em sequências pré-estabelecidas de acordo com a unidade espaço-temporal linear. Entende-se coreografia como estrutura multidimensional que organiza corpos vivos e/ou não-vivos, além de experiências e pensamentos (de seres vivos e/ou de inteligência artificial). Dança e coreografia deixam de existir como sinônimos e coreografia passa a ser vista como uma função estruturante, um agenciador sistêmico de elementos que se interconectam e afetam-se reciprocamente. Coreografias em diferentes linguagens das artes (performance, teatro, vídeo, artes visuais, dança, artes digitais) e da vida (fluxo de usuários em transporte particular e coletivo, desenhos de carros coordenados por aplicativos, coreografias de dados e de fluxo de informações). Coreografia como função perceptiva, que coordena e controla comportamentos privados e públicos, como se vê atualmente nas diversas formas de agenciamento coreográfico de espectadores em museus e galerias de arte.

Larissa de Oliveira Neves Catalão Arte e Contexto O Teatro Brasileiro e a Cultura Popular: séculos XIX, XX e XXI

Resumo: O projeto visa a investigar a apropriação de elementos da cultura popular pelo teatro brasileiro. Trata-se de um exame de como o diálogo com a cultura popular propiciou não somente o surgimento de um teatro especificamente nacional, no século XIX, como também configurou-se em uma importante tradição que, desde então, manteve-se sempre presente em nossos palcos. Por meio da utilização da cultura popular, de diversas instâncias, tais como linguagens, músicas, danças, perfomances, festas, teatralidades, o teatro brasileiro ganhou originalidade, em muitos momentos inovando e recriando, afastando-se de modelos eruditos estrangeiros ou dialogando com eles. O projeto pretende abarcar principalmente a dramaturgia, mas não deixará de lado as encenações.

Dramaturgia brasileira: o popular, a sacralidade, o contemporâneo

Resumo: A presente pesquisa tem como objetivo trabalhar com a dramaturgia brasileira de modo a pensar em sua constituição formal no decorrer do tempo, forjada na relação com a teatralidade popular nacional. Serão explorados três vetores de investigação: o popular, a sacralidade e o contemporâneo. Historicamente, por mais que a elite intelectual e econômica do país ansiasse, no século XIX até o começo do XX, em fazer do teatro brasileiro um espelho do requinte europeu, a prática cênica da exuberância épica, seja a religiosa, seja a profana, nacional, constantemente sobrepujava os movimentos mais letrados de fazer teatral. Do sacro ao profano, do folguedo de rua ao palco, a vertente popular de uma teatralidade que se desenvolveu sem uma oficialidade de forma torna-se uma matriz das mais potentes do teatro brasileiro, visível tanto no teatro do passado como na produção contemporânea de diversas regiões do país. Desse modo, o objetivo do projeto consiste em produzir uma reflexão ampliada sobre a dramaturgia brasileira por meio desse viés de entendimento: o épico enquanto forma explodida, fragmentada, das grandes narrativas, e forma expandida da teatralidade popular. Será selecionado um grupo de peças a serem analisadas por esse viés. Além disso, o projeto inclui, de modo a auxiliar a pesquisa teórica, uma série de atividades a serem realizadas no recém-fundado Laboratório de Dramaturgia do Departamento de Artes Cênicas, da Unicamp.

Larissa Sato Turtelli Técnicas e Processos de Formação do Artista da Cena Alquimias corporais: processos no método Bailarino-Pesquisador-Intérprete (BPI)

Resumo: O método de criação e pesquisa em dança Bailarino-Pesquisador-Intérprete (BPI) foi criado a partir de 1980 pela Professora Titular Graziela Rodrigues (Instituto de Artes da Unicamp) fundamentado em pesquisas de campo de manifestações populares brasileiras e segmentos sociais brasileiros marginalizados, estudos da psicologia e investigações nas áreas de dança e teatro. Este projeto tem como objetivo a investigação prático-teórica de processos desenvolvidos nesse método, tendo a alquimia como uma metáfora para as transformações que ocorrem nos corpos dos artistas da cena, e também dos não artistas, que se trabalham nesse método. Ponto chave para desencadear essa alquimia é o encontro com elementos da cultura popular brasileira que apresentam um caráter de resistência cultural. Assim, essa pesquisa inclui investigações sobre: a criação e o desenvolvimento de personagens no método BPI; a criação de obras artísticas a partir desse método; os encontros que ocorrem nas pesquisas de campo, entre pesquisadores e pesquisados; a aplicação do método BPI para públicos diversos (por exemplo: pessoas na terceira idade, adolescentes, etc.), entre outros. O método BPI e o arsenal teórico utilizado dentro desse método, relacionado principalmente a estudos da psicologia e da área de imagem corporal são o eixo metodológico para o desenvolvimento dessa pesquisa. Espera-se com esse estudo ampliar os referenciais da arte, para uma visão na qual arte e vida estão integradas e se desenvolvem mutuamente, havendo um respeito pelo desenvolvimento pessoal do artista e um constante fluir entre o que é íntimo e o que se amplia para o social.

A dança em ato: investigação dos fluxos e contextos das relações espectadores-obra artística a partir das apresentações do espetáculo de dança Fina Flor Divino Amor

Resumo: Esse projeto propõe uma pesquisa sistemática das relações entre espectadores e obra artística de dança tendo como foco as apresentações do espetáculo de dança Fina Flor Divino Amor. Esse espetáculo foi desenvolvido a partir de pesquisa de campo em terreiros de Umbanda, enfocando as entidades Pombas Giras. A obra mantém-se nas fronteiras entre dança e teatro, valendo-se tanto da linguagem corporal, quanto de textos falados e do trabalho de personagem. As relações entre obra e espectador nesse espetáculo trazem um diferencial por este tratar da Umbanda, religião marginal e estigmatizada, fator a ser considerado na pesquisa proposta.

Marcelo Ramos Lazzaratto Poéticas e Linguagens da Cena O campo de visão: exercícios e linguagem cênica

Resumo: A pesquisa pretende ampliar a investigação do “campo de visão”, exercício de improvisação teatral coral criado pelo docente no qual os participantes só podem movimentar-se quando algum movimento gerado por qualquer ator estiver ou entrar em seu campo de visão. Os atores não podem olhar olho no olho. Devem ampliar sua percepção visual periférica e, através dos movimentos, de suas intenções e pulsações, conquistar naturalmente uma sintonia coletiva para dar corpo a impulsos sensoriais estimulados pelos próprios movimentos, por algum som ou música, por algum texto ou situação dramática. Os achados desta pesquisa serão elaborados tanto em criações de espetáculos quanto em discussões teóricas sobre esses processos de criação.

Maria Claudia Alves Guimarães Arte e Contexto A brasilidade na dança cênica: uma profusão de olhares ao longo da história da dança no brasil

Resumo: A partir do tema da Brasilidade, o projeto de pesquisa tem o intuito de verificar como este tem sido abordado em diversos momentos da história da dança no Brasil, desde o século XIX até os dias atuais, a partir das mais distintas concepções e visões do que seria nossa cultura e nossa identidade, e também dos mais diversos métodos de criação e pesquisa coreográfica, focando-se em questões como etnocentrismo, nação e folclore, dança e nação, as questões do nacional-popular; mundialização e regionalização.

Mariana Baruco Machado Andraus Poéticas e Linguagens da Cena Artes da cena e teorias de conhecimento: pesquisas poéticas em cena

Resumo: Neste projeto pretende-se refletir sobre o lugar da criação e do exercício poético na formação do artista da cena e na construção epistêmica em artes da cena. Enuncia-se como problema a questão da produção de conhecimento em artes da cena, bem como sua difusão. Busca-se um compromisso com o estudo de saberes práticos já produzidos no campo das artes da cena e o envolvimento com a produção de conhecimento a partir da prática artística, que demanda tempo em laboratórios de criação e treinamento extensivo. Parte-se do pressuposto de que a obra artística é, em si, conhecimento, e que livros e artigos publicados por artistas-pesquisadores problematizam sempre, de alguma forma, a questão do conhecimento que se produz e que é legado de forma transgeracional, à luz do que propõe Thomas Kuhn em seu olhar pela perspectiva social das ciências e do conhecimento.

ARTE MARCIAL NA FORMAÇÃO DO ARTISTA DA CENA: repercussões poéticas em dança contemporânea

Resumo: O estudo das maneiras como um treinamento em arte marcial pode interferir na forma como um ator, dançarino ou performer se coloca em cena, seja no que concerne ao desenvolvimento de um corpo pré-expressivo ou à busca de potencialização de ‘modos de fazer’ gestos e movimentos durante a própria cena, vem ganhando espaço no cenário da pesquisa em artes da cena no Brasil nos últimos anos. Deste modo, pretende-se dar continuidade e atualização ao levantamento de referenciais acerca de pesquisas artísticas envolvendo a relação entre artes marciais e o trabalho do artista da cena, bem como sua formação, perscrutando-se especialmente acerca das repercussões poéticas – ou seja, criações em dança contemporânea a partir desta interlocução. O treinamento em arte marcial é proposto como base às pesquisas dos alunos, que direcionam os princípios estudados no treinamento marcial a outros campos de interesse, como em pesquisas sobre inclusão em dança, criação de videodanças, ou investigações cênicas que entrecruzam os preceitos marciais com outras técnicas de origem asiática – por exemplo, o trabalho vocal ou o estudo dos gestuais na dança indiana.

Marília Vieira Soares Técnicas e Processos de Formação do Artista da Cena Dashavatar: releitura e construção de espetáculo de dança-teatro baseado na mitologia indiana

Resumo: Investigação de formas de transpor a pesquisa de gestualidade e o embasamento mitológico presentes na coreografia Dashavatar, constante de repertórios de dança clássica indiana, para uma releitura brasileira e contemporânea à luz de mitos afro-brasileiros.

Marisa Martins Lambert Técnicas e Processos de Formação do Artista da Cena Dança e seu ensino: investigações e proposições sobre a formação do artista-sujeito-pesquisador

Resumo: Este projeto se dedica a investigar questões ligadas à licenciatura em dança – estudo de parâmetros filosóficos contemporâneos para a educação da arte, reflexão sobre práticas de ensino, aprimoramento de atividades intra e transdisciplinares, pesquisa sobre os fundamentos legais da educação superior e ensino da arte, entre outros temas. No contexto dessa pesquisa, vêm sendo desenvolvidas ações como: contribuição com a reformulação do Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em Dança (2012-2015); criação e coordenação do Subprojeto PIBID Dança/Unicamp (2013-atual); organização da I Semana Dança e seu Ensino DACO/Unicamp (2014) e da I Semana PIBID Dança na Escola (2015), além de estudos teórico-práticos com exposição de resultados em congressos e encontros. Essas ações, bem como suas repercussões, são objeto de análise da docente, enfocando-se especialmente o intercâmbio entre escolas de formação técnica em dança e a universidade, assim também como o trânsito universidade escola pública, através de atividades de troca de conhecimento e ensino-aprendizagem, em interlocução com a pesquisa.

Expressividade cênica na dança: a plasticidade corporal do artista contemporâneo

Resumo: O projeto investiga a construção da plasticidade corporal cênica do artista contemporâneo, entendida como matéria móvel que se estabelece no trânsito dinâmico entre intenções subjetivas e relações contextuais (espaço-temporais, poética, dramatúrgicas). Discute procedimentos e práticas criativas com enfoque em três áreas: processos somáticos-expressivos, improvisação e análise do movimento. Busca apresentar recursos que evidenciam a corporeidade do sujeito-criador, potencializadores do fluxo de sua expressividade entre o reconhecimento perceptivo, subjetivo e imagético, e o emprego pertinente e versátil de elementos específicos da ação do corpo na cena. Apoia-se no uso do Sistema Laban/Bartenieff para criação e formação de profissionais em dança.

Matteo Bonfitto Júnior Técnicas e Processos de Formação do Artista da Cena Os processos criativos como campo ampliado nas artes da cena

Resumo: Trata-se de uma pesquisa recém-iniciada, que tem como objetivo investigar diferentes processos criativos relacionados com as artes da cena a fim de percebê-los como componentes de um campo ampliado, que funciona como um catalisador de saberes, práticas e competências.

Paula Caruso Teixeira Técnicas e Processos de Formação do Artista da Cena Pesquisando Nanã no terreiro de Mãe Mirian

Resumo: Esse projeto tem como objetivo inicial investigar os processos corporais do candomblé, sobretudo, as danças dos orixás e, em especial, a dança de Nanã através da realização de uma pesquisa de campo no terreiro de Mãe Mirian, em Maceió-AL. Pretende-se a partir dela desenvolver uma criação artística, uma edição das imagens fotográficas e de vídeo mais expressivas do campo e um artigo científico sobre todo o seu processo. Além disso, todo o material coletado e depois decodificado será trabalhado nas aulas das disciplinas em Dança do Brasil no curso de graduação em Dança da UNICAMP, bem como numa disciplina da pós—graduação em Artes da Cena desta universidade. Pretende-se também oferecer oficinas de Dança do Brasil em Maceió-AL, no Espaço Cultural da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), aos alunos do curso de licenciatura em Dança, bem como aos do curso técnico em Dança da Escola Técnica de Artes (ETA) desta universidade. Portanto, esse projeto integrará atividades de pesquisa, criação, ensino e extensão no qual a referência metodológica é do Método Bailarino-Pesquisador-Intérprete (BPI).

Raquel Scotti Hirson Técnicas e Processos de Formação do Artista da Cena Mímesis Corpórea – Mímesis da Palavra: construção de presença a partir da observação

Resumo: A pesquisa sobre a mímesis da palavra – um braço da mímesis corpórea – foi iniciada nos últimos anos em decorrência da suspeita de que a dança pessoal possa dar suporte vibracional para que o ator sustente um estado de presença enquanto dança uma recriação de ações advindas da observação de algo externo a ele.

Renato Ferracini Técnicas e Processos de Formação do Artista da Cena Presença e vida: sobrevoos prático-conceituais

Resumo: Por meio da metodologia cartográfica e da tensão gerada entre a filosofia e o teatro, mais especificamente entre a filosofia da diferença e a arte presencial tendo como foco o corpo do atuador (ator, dançarino, performador), esse projeto temático visa à problematização, investigação e conceituação da construção de efeitos de presença a partir de quatro territórios de ações: 1) Ações de Processos Criativos: cenários de investigação que terão como resultante o processo criativo de experimentos cênicos e demonstrações de práticas-processos de trabalho com foco nos efeitos de presença enquanto matéria prima de criação espetacular a partir dos procedimentos de Mímesis Corpórea criado pelo LUME e do hibridismo de linguagens entre teatro/dança e teatro/performance; 2) Ações de Processos Formativos: cenários formativos que acontecerão no formato de oficinas de curta duração de práticas de intensificação de efeitos de presença ministradas pelos atores-pesquisadores do LUME na sede acadêmica do núcleo e também vinculados ao Programa de Pós-Graduação em Artes da Cena, com  sistematização desses processos formativos experimentais; 3) Ações de Investigação Conceitual: cenário de investigação que se coaduna e é co-criado junto às duas primeiras ações; 4) Ações de Experimentação de Narrativas de Pesquisa: provocar e explorar a problemática proposta pelo método cartográfico que demanda uma mudança nas práticas habituais de narrativa de uma pesquisa, num esforço para uma análise expressiva do discurso, em busca de uma “política da narratividade” – ou seja, modos de dizer que expressem maneiras possíveis e outras de relação discursiva com os processos criativos e formativos desse projeto. Entendemos, de acordo com os procedimentos da cartografia, que as práticas de uma pesquisa artística podem ser exploradas a partir de uma escrita performativa que se coadune diretamente com a pesquisa prática/conceitual tal como apresentada nas ações anteriores.

Rodrigo Spina de Oliveira Castro Técnicas e Processos de Formação do Artista da Cena Encontro Vocal: alteridade e percepção

Resumo: Este estudo tem como meta primeira compreender como a escuta sensível do ator repercute em sua expressividade vocal para comprovarmos a ideia de que este sentido é um dos maiores potencializadores da tríade expressiva corpo-voz-pensamento. Estudamos a qualidade auditiva de maneira fisiológica, psíquica e poética, pois entendemos que pela audição, o ator deixa de focar exclusivamente em seu próprio fazer para então, encontrar-se com um outro, de forma genuína. Esse encontro, que chamamos aqui de ENCONTRO VOCAL tem como alicerce a mistura entre a porosidade criativa do intérprete, todos seus materiais íntimos e expressivos, estímulos acústicos que são compreendidos por sua própria fisiologia integrando-se ao que acontece além de si na cena, através de suas vocalidades. Ou seja, o ator, ao encontrar-se vocalmente com um outro, além de agir – definição primeira de seu trabalho – recebe novos materiais, dilata suas percepções e é levado a redescobrir sua própria ação porque o outro engrandeceu e redimensionou sua poética através de uma conexão sensível e ao mesmo tempo concreta que se dá pelos estímulos sonoros percebidos e trocados entre suas fisiologias em estado de criação ficcional.

Sílvia Maria Geraldi Poéticas e Linguagens da Cena Poéticas e Políticas da Corporeidade: gesto e produção de discurso em dança

Resumo: O projeto de pesquisa trata de investigar os fenômenos da corporeidade e do gesto dançante e(m) suas formas de manifestação na cena coreográfica contemporânea. Partindo do pressuposto de que é no comportamento cinético do dançarino/performer – em sua corporeidade, gestos e ações – que a produção de discursos e sentidos se organiza, busca compreender como os atos intensivos do corpo, em suas tensões com a linguagem coreográfica, podem se converter em expressão cênica. Indaga sobre as condições de emergência poética subjacentes à corporeidade e à gestualidade do dançarino contemporâneo na invenção de seu projeto coreográfico. Para tanto, um dos vetores do projeto abrange os estudos somáticos e suas formas de conhecimento prático-conceitual na relação com o campo cênico/coreográfico. Nesse viés, o corpo e a experiência corporal se tornam lugares privilegiados para se investigar processos de elaboração, composição e escrita coreográfica – os treinamentos, os procedimentos e filosofias de invenção, as formas de organização, os recursos poéticos de escrita, o fenômeno da percepção em dança, tanto do ponto de vista do artista quanto do espectador (recepção). Outra dimensão enfoca a “consciência somática” numa perspectiva crítica, investigando de que maneira o corpo que dança pode pensar-se como projeto político e ético, mobilizando dinâmicas renovadas tanto de produção cênica, como de hábitos, afetos, comportamentos e modos de vida.

Projeto “IDA-E-VOLTA: entre territórios de pesquisa e reflexão nas artes da cena”

Resumo: Projeto de Pesquisa em Cooperação Internacional vinculado à Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP, por meio do Programa de Pós-Graduação em Artes da Cena do Instituto de Artes, e selecionado(a) pelo CAPES/PRINT – Edital nº 41/2017 – Programa Institucional de Internacionalização. O projeto tem como objetivo fortalecer ações de cooperação internacional do PPG-AC da Unicamp com IES estrangeiras na área de Artes da Cena – Dança, Teatro e Performance – produzindo pesquisa e reflexão numa dinâmica que se construa nos entreterritórios de seus interlocutores: pesquisadores, docentes, estudantes, instituições. A Capes subsidiará o projeto, contemplando os seguintes benefícios: – Missão de trabalho; – Bolsas no exterior; Bolsas no país; Recursos para manutenção do projeto.

Suzi Frankl Sperber Arte e Contexto Jogo, mito, rito e representação

Resumo: O olhar que abrangerá o projeto ‘Jogo, mito, rito e representação’ ajudará a esclarecer jogos criativos, isto é, estratégias de renovação da estruturação de obras literárias, a permeação de mitos e ritos na contemporaneidade e as suas relações com a representação entendida tanto como mimesis, quanto como cena – e ambas como jogo. Envolverá a noção de sagrado e como os mitos, e mesmo os ritos, tiveram também papel estigmatizador. A abordagem se preocupará com uma dimensão social e antropológica. O corpus será o das brincadeiras do Cavalo Marinho, pesquisa já realizada e registrada com muito mais que 200 páginas de transcrição das cantorias, relação de personagens etc., feita por Alício Amaral e Juliana Pardo (financiada, então, pela Fundação Vitae). O levantamento se concentrou na região da Zona da Mata Norte de Pernambuco, localizada entre Recife-PE e João Pessoa-PB, regiões que vivem da extração de cana e da produção açucareira.

Veronica Fabrini Machado de Almeida Poéticas e Linguagens da Cena Encenação: dinâmicas possíveis entre estrutura e acontecimento

Resumo: Este Projeto tem como característica fundamental a transdisciplinaridade, operando nas interfaces entre o teatro (partindo dos hibridismos colocados pelas vanguardas até suas derivações no teatro contemporâneo), a filosofia ( a partir da dinâmica apolíneo-dionisíaco em Nietzsche, a técnica como “cuidado de si”, em Foucault, e devir em Deleuze) e as ciências do imaginário (Bachelard e G.Durand), buscando conjugar práxis, campo conceitual e instrumental de análise. O Objeto de estudo é a encenação teatral, esta entendida enquanto resultado material e dialético das relações possíveis entre “texto” (estrutura) e “cena”(acontecimento). Partindo do pressuposto de que o tipo de relação entre esses dois termos, determina uma tipologia de teatro, nosso objetivo principal será a análise dessa relação, em especial nos hibridismos da cena contemporânea.

Saberes marginais: feminismo, decolonialismo e surrealismo

Resumo: Este projeto dedica-se à investigação de saberes não hegemônicos em seu diálogo com as artes da cena, quer seja no campo da exploração teórica, quer seja no campo da criação artística. Apoia-se na tríade feminismo/decolonialismo/surrealismo, buscando diálogos transversais entre a antropologia, a sociologia, a psicologia arquetípica e as artes, tendo como ponto de partida a metáfora geográfica e imaginária do Sul (Sousa Santos/ James Hillman), o Pensamento do Coração (Hillman), as epistemologias feministas e indígenas. O projeto busca construir uma “perspectiva em anima”, definida a partir da exploração do pensamento de alguns pontos da obra de Lou Salomé, Bachelard, Hillman e Hélène Cixous. Irá investigar o sonho como método – presente tanto no pensamento ameríndio quanto no surrealismo. Já o devaneio e a imaginação ativa (Bachelard e Jung) serão investigados enquanto procedimentos criativos. O surrelismo será analisado não enquanto escola estética, mas enquanto uma atitude frente o mundo (Otávio Paz). A ideia de Arte e Ativismo (Ileana Diéguez) pauta-se em uma exploração de fundo do feminismo decolonial e feminismo comunitário.

 

DOCENTE LINHA DE PESQUISA PROJETOS
Anna Paula Silva Gouveia Poéticas Visuais e Processos de Criação Ensino-aprendizagem da cor em artes visuais, arquitetura e design

Resumo: Esta pesquisa, decorrente da prática docente nos últimos 18 anos, trata da problemática do ensino-aprendizagem da cor em artes visuais, arquitetura e design, baseando-se na interdisciplinaridade da Teoria da Cor com a Física, Biologia, Antropologia visual e Cultura. Compreende como objeto de estudo a experiência pedagógica de disciplinas oferecidas em várias universidades e cursos diversos, e em especial nos últimos anos, na graduação e pós-graduação em Artes Visuais e na graduação do curso de Arquitetura e Urbanismo da UNICAMP. Esta pesquisa pretende contribuir para direcionamentos didáticos propedêuticos no ensino da cor visando principalmente a formação de professores e pesquisadores. É parte das pesquisas realizadas pelo Grupo Mantis – Cor, Cariz e Sintaxe Visual – dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/6758085787767645. O grupo é formado por pesquisadores – arquitetos, designers, artistas visuais, profissionais da área de comunicação – professores universitários, alunos de graduação e pós-graduação que tem a cor como foco principal de suas pesquisas.

Cláudia de Mattos Avolese História, Teoria e Crítica Arte, Ecologia e Engajamento Político no Brasil (1964-1985) 

Resumo: O projeto visa investigar o envolvimento e atuação de artistas em questões ecológicas durante o período da ditadura militar no Brasil. A principal hipótese do projeto é a de que o engajamento de artistas em causas ecológicas constituiu, no período, ao lado do engajamento político-partidário, um campo importante de oposição e resistência ao governo militar, especialmente no que diz respeito às suas políticas desenvolvimentistas. A pesquisa tem por objetivo recuperar uma parte significativa da história da arte do período, que se relaciona também com desenvolvimentos importantes no âmbito internacional, de forma a tornar a compreensão do período ainda mais complexa.

Expandindo as fronteiras da história da arte: por uma história da arte inclusiva
Resumo: O projeto visa estudar, propor e desenvolver novas abordagens para o campo da história da arte que favoreçam a inclusão de outras tradições, além da tradição da arte ocidental no escopo da disciplina. A pesquisa parte da percepção dos limites teóricos e metodológicos da disciplina para lidar com a cultura visual de zonas inteiras do planeta, inclusive a do Brasil. O projeto visa estudar a obra de historiadores da arte que ao longo da história se preocuparam com essa mesma questão,  porém permaneceram às margens da disciplina. O projeto também se interessa por abordagens transdisciplinares que envolvem colaboração entre história da arte, antropologia, e outras áreas das humanidades, na busca de uma história da arte mais inclusiva. Por último, o projeta visa examinar de um ponto de vista crítico e participar dos debates contemporâneos da área sobre o tema. No âmbito desse projeto serão contemplados  diferentes períodos da história da arte internacional e no Brasil, assim como diversos espaços geográficos.
Edson do Prado História, Teoria e Crítica Processos criativos: Imagem, Arte, design

Resumo: Tem por objetivo investigar a arte, entendida como linguagem que se coloca em relações complexas com outras formas de linguagem, destacando as interações entre as linguagens da arte e do design e o questionamento acerca da definição de seus limites. Além da produção de reflexões teórico-críticas, os trabalhos do grupo podem envolver produções artísticas articuladas com aquelas reflexões. Em ambos casos a maneira de lidar com estes temas utiliza a abordagem dos estudos de processos criativos e a especificidade da metodologia de pesquisa em arte e design, incorporando uma fundamentação ampla que perpassa por diversos teóricos, havendo tendência para estudos que trabalhem a semiótica peirceana.

Ernesto Giovanni Boccara Poéticas Visuais e Processos de Criação ANÁLISE E DECODIFICAÇÃO DOS PROCESSOS CRIATIVOS A PARTIR DAS DIMENSÕES SIGNIFICANTES E DE SIGNIFICAÇÃO NA CONSTRUÇÃO DA IMAGEM NAS ARTES VISUAIS CONTEMPORÂNEAS: Uma abordagem Psicoanalítica e Semiótica

Resumo: Pesquisa de caráter teórico, correlacionando linguagens expressivas e processos criativos em Artes, explorando a natureza da materialidade dos significantes e a dinâmica da significação da IMAGEM nas Artes Visuais mediadas por tecnologias da comunicação focando os seus novos desdobramentos percepto-cognitivos na contemporaneidade. Metodologicamente tem um caráter operacional multidisciplinar, interdisciplinar e transdisciplinar correlacionando prioritariamente as teorias da Psicologia Analítica de Carl Gustav Jung com a Teoria dos Signos de Charles Sanders Peirce aplicadas à complexidade de sua natureza na redefinição do conceito de IMAGEM na relação de fruição da obra de arte.

Fernando Cury de Tacca História, Teoria e Crítica Fotografia: hibridismos e intertextualidades

Resumo: O projeto investiga as intertextualidades da fotografia com o cinema, a literatura, artes plásticas e internet. Busca-se organizar o pensamento fotográfico a partir de suas relações e hibridismos com outras artes e meios de comunicação. Analisaremos os aspectos intertextuais da fotografia em vários momentos de sua história, focando principalmente a produção contemporânea, o que implica em percebermos sua intercessão da fotografia com as ciências, as artes e os meios de comunicação.

Fotografia e Literatura. Intertextualidades nas coleções espanholas: “Palabra e imagen” e “lo mínimo”. [Bolsa Produtividade CNPq]

 Resumo: O projeto de investigação centra-se em duas coleções espanholas publicadas respectivamente no início dos anos sessenta, e depois, a segunda, na última década do século passado. A primeira coleção, Palabra e imagen, tornou-se uma referência na construção de um campo chamado de fotolivro, com obras conceituais envolvendo escritores já reconhecidos e jovens artistas/fotógrafos. A segunda coleção, “lo mínimo”, aporta uma proposta diferenciada de pequenos livros, como livros de bolso, com economia de palavras e imagens, ou seja, uma proposta de síntese, com presença de alguns artistas reconhecidos e outros em início de carreira.
Filipe Mattos de Salles História, Teoria e Crítica  Fotografia como Expressão Artística : Estudo sobre as potencialidades estéticas da Fotografia e suas diversas ramificações na produção visual contemporânea

Resumo: A pesquisa tem por objetivo entender como as imagens são criadas do ponto de vista psíquico, ou antes, ontológico, uma vez que a fotografia tem sido discutida enquanto forma, após sua realização, e, portanto, apenas no que diz respeito à sua significação como referente. Uma instância anterior, ou seja, a do pensamento como gênese criativa, que, longe de ser uma abordagem comum, constitui ao mesmo tempo a origem e o fim da razão psíquica da criação visual estética, com o objetivo de realizar uma experiência comunicativa visual, artística ou não. Esta pesquisa será embasada na filosofia platônica, que considera as imagens como decorrentes de uma ideia prévia, e da psicologia de C.G.Jung, por tratar nitidamente das instâncias psíquicas imagéticas que governam nossas escolhas, inclusive estéticas.

Gilberto Alexandre Sobrinho Poéticas Visuais e Processos de Criação Imagem em movimento político e social: vídeo, documentário e as construções identitárias no Brasil

Resumo:  Essa pesquisa busca refletir sobre a produção documentária realizada nos domínios do vídeo, em que imperam, de forma plural, as construções identitárias de gênero e sexualidade, dos afro-brasileiros, dos habitantes de comunidades e/ou regiões periféricas e marginalizadas, das populações indígenas e outras culturas e histórias que foram subjugadas pelas crenças dominantes e que não tiveram grande visibilidade na história do audiovisual brasileiro, principalmente, na mídia televisiva.

Haroldo Galo História, Teoria e Crítica Restauro, projeto & criação: diálogos de permanência e inovação

Resumo: Esta pesquisa investigará procedimentos e fundamentos do restauro e de seu projeto das diversas modalidades de artefatos, destacando no processo sua dimensão artística. Considerará a crescente expansão e reconhecimento das atividades de preservação e restauro no mundo e no Brasil para a formação de memória e identidade, bem como a inserção dessa área e atividade no âmbito das artes visuais e da arquitetura e em suas relações.  Investigará tanto essas relações quanto os diálogos entre a permanência e a inovação nas intervenções na pré-existência dos artefatos artísticos e arquitetônicos. Será desenvolvida por duas linhas distintas – 1. Criação e restauro: permanência e inovação; 2. Restauro e projeto: procedimentos e fundamentos.

Hermes Renato Hildebrand Poéticas Visuais e Processos de Criação Instalações e sistemas interativos com desenvolvimento de interfaces e aplicativos computacionais para processos de mediação em redes.

Resumo: O objetivo da pesquisa é tratar de questões estéticas, sociais e políticas a partir de ambientes colaborativos e móveis de desenvolvimento em rede e de conteúdo aberto. Utilizaremos ferramentas computacionais para a construção de mapas conceituais, gráficos de visualização, jogos eletrônicos, artísticos e educacionais para construção de ações e narrativas através dos sistemas digitais.

O potencial educativo da cognição lúdica em mídias locativas e games 

Resumo: Este projeto visa enfrentar as transformações tecnológicas que incidem sobre a educação e os novos modos de aprender. Aliás, este é um dos problemas brasileiros mais nevrálgicos, problema que agora ganha contornos inusitados reclamando por estratégias corajosas e originais. O uso eficaz das TIC na educação envolve bem mais do que meramente fornecer dispositivos computacionais e conexões à rede. Muitas questões e recursos adicionais estão implicados, especialmente questões de conteúdo, de transmissão, de treinamento que envolvem também estruturas comunitárias e institucionais.Tirando proveito do papel que o lúdico desempenha na cognição e na aquisição de conhecimento, este projeto pretende criar conteúdos educativos em mídias locativas e games, integrando-os devidamente nas atividades regulares de ensino em escolas da rede pública estadual.

Iara Lis Franco Schiavinatto História, Teoria e Crítica Entre a imagem e a escrita. Entre o arquivo e a exposição. Sobre Hercule Florence.

 

Resumo: Trata-se de projeto PQ que estudo: a constituição de Hercule Florence como objeto de estudo; sua experiência da escrita de si e sua condição de homem de ofício; sua produção imagética em debate com a cultura visual da época; a noção de arquivo e coleção na constituição de Hercule Florence como objeto de estudo; a história intelectual da emergência do fotográfico.

Cultura Visual e História Intelectual: protocolos da escrita de uma história da imagem
Resumo: Este projeto atenta de forma transversal a vários estudos interessados em apontar critérios de análise da imagem e/ou dos objetos do campo da arte. Neste sentido, tenta nomear, distinguir e debater protocolos de escrita da história da imagem e categorias explicativas ali operadas. Para tanto, esboça uma história intelectual de categorias vigentes do âmbito da cultura visual, notando suas eficácias, ambivalências, contradições, potencialidades, afetos envolvidos. Cabe dizer que tal interesse implica em entender as intenções, os agenciamentos, as sociabilidades implicadas nestas categorias e nestes protocolos estudados, indicando certos compromissos de conduta presumidos.
Ivanir Cozeniosque Silva Poéticas Visuais e Processos de Criação Memórias Gráficas

Resumo: Como o olhar da experiência da xilogravura e as pesquisas de mestrado sobre a obra de Oswaldo Goeldi interagem com o meu momento presente na formulação da construção da imagem fotográfica e na seleção da captura da imagem no momento do registro em campo. Observação da natureza e a memória de um aprendizado gráfico.

Projetos e Pesquisas entre livros de artistas, gravura, fotografia e memória

Resumo: Organização e participação em exposições relacionadas ao campo da gravura e produção de livros de artista e livros-objetos aberto ao público.
José Eduardo Ribeiro de Paiva Poéticas Visuais e Processos de Criação Multimeios e Arte

Resumo: Tem como campo o estudo e a realização de pesquisas relacionadas com as poéticas das mídias analógicas e digitais, considerando seus processos de ocorrência e desenvolvimento. Trata da relação entre a arte e as tecnologias, propondo -se a refletir sobre as interfaces entre os ambientes visuais e sonoros presentes nos sistemas constituídos por indicialidade ou por simulação, tratando também das narrativas fotográficas, fílmicas, videográficas, dos suportes imersivos e das experiências em rede. Objetiva-se, ainda, elaborar reflexões sobre as conseqüências oferecidas por essas novas tecnologias no âmbito da cultura audiovisual, considerando a ampliação e a hibridação dos campos expressivos, tratando dos processos de articulação e construção de sentido numa convergência aplicada aos modos do fazer contemporâneo.

Lúcia Eustáchio Fonseca Ribeiro Poéticas Visuais e Processos de Criação MODOS DE HABITAR: A PRÁXIS DO DESENHO NA CONTEMPORANEIDADE

Resumo: Este projeto tem como objetivo investigar espaço/narrativa/memória/processo de criação por meio de ações da ordem do desenho/pintura/instalação/matéria desenvolvidas nos planos bi e tridimensionais. Prioriza o estudo do desenho na história da arte e na contemporaneidade, voltado, principalmente, aos processos de criação dos artistas, conceitos e poéticas. Os resultados esperados incluem produção de desenhos, desenhos/objetos, instalações e organização de exposições, acompanhados de reflexão teórica (textos ensaios e artigos).

Lúcia Helena Reily História, Teoria e Crítica Arte e deficiência

Resumo: Os objetivos deste projeto guarda-chuva envolvem o estudo da arte considerando a representação da deficiência na arte, produções em artes visuais para e por pessoas com deficiência, a identificação de ações museológicas para grupos especiais. O projeto visa à produção de conhecimento neste campo temático.

Arte e Coleções vulneráveis

Resumo: Este projeto visa compreender como instituições de relevância internacional têm mantido suas coleções de arte de valor histórico íntegras e atuantes, como espaços de acervo, pesquisa, exposição e centros de divulgação presentes e vivos na comunidade onde se encontram. Entende-se a vulnerabilidade em dois eixos: 1) coleções de produção artística criada por pessoas que realizaram produções nas várias linguagens artísticas em guetos e campos de concentração, campos de refugiados, hospitais e clínicas, manicômios, prisões, e também em escolas; e 2) acervos que, não sendo reconhecidos como eruditos ou centrais, batalham por instalações apropriadas, funcionários qualificados, espaços de exposição, e divulgação. Assim, o foco não é apenas as pessoas representadas nos acervos como autoras, cuja produção nem sempre é entendida como valiosa ou artisticamente digna de cuidado; também focaliza os acervos que podem ser depositários sem subvenção que vivenciam dificuldades para mobilizar interesse público e com isso verbas para cuidar do e expor o acervo. A relevância do projeto está bem colocada, emblematicamente exposta ao mundo com a perda quase absoluta do Museu Nacional em agosto do presente ano, que não teria sido considerado um museu de valor periférico, e sim um importante museu do mainstream. O objetivo do projeto é conhecer como acervos internacionais que cuidam de coleções vulneráveis têm historicamente conseguido manter sua coleção bem cuidada, aberta a visitação e pesquisa, e viva, em diálogo com o mundo da Arte. Subsidia-se teoricamente nos textos de Aby Warburg e Howard S. Becker (“Art Worlds”). Como inovação, o projeto pretende discutir diretrizes de revisão de sistemas de arquivamento e catalogação e meios de pesquisa e divulgação de ações dos acervos a partir de experiências inovadoras de acervos vulneráveis internacionais.

Luise Weiss Poéticas Visuais e Processos de Criação Entre rastros, Marcas e impressões: questões da memória e do apagamento na produção gráfica contemporâneas

Resumo: Ao se observar o panorama da gravura contemporânea, percebe-se a coexistência entre as novas tecnologias e as técnicas ditas tradicionais, como a xilogravura, calcogravura, litografia e serigrafia. Na realidade, esses novos meios de gravação e impressão mesclam-se a essas técnicas históricas, tal característica também se pode observar na hibridação que ocorre entre as impressões gráficas e outros suportes e/ou linguagens expressivas, como, por exemplo, a relação da gravura com a fotografia, a escultura, a pintura e os livros de artista. Observa-se, sem distinção, a utilização de técnicas híbridas, como a monotipia, o extensil, carimbos, transferências de imagens fotográficas e outros. Na realidade, o projeto poético induz à pesquisa de linguagens expressivas, buscando nas experimentações dos materiais e dos suportes, como igualmente a utilização de impressões simples e diretas o melhor resultado.

Projetos Gráficos: pesquisas em Gravura

Resumo: Aprofundar questões relativas ao universo da produção gráfica em diálogo com a criação de livros de artista; Leituras e discussões sobre bibliografias da linguagem gráfica e sobre livro de artista; Pesquisas em ateliê; Retomar no Instituto de Artes a publicação de ensaios de textos e imagens, buscando o diálogo entre a criação de livros de artista, ilustração e gravura; Estudar questões relativas às narrativas visuais, imagens sequenciais e o conceito de memória; Discussões sobre os limites da ilustração e sua relação com o texto literário.

Márcio Donato Périgo Poéticas Visuais e Processos de Criação Sinais Gráficos

Resumo: A arte pela obliquidade da técnica. Este projeto tem como objetivo investigar uma passagem do fazer no objeto artístico, o sinal gráfico. Em todos os períodos da história o homem mostrou conhecimento e tirou proveito dos elementos fogo, água, e ar para mover máquinas e criar possibilidades de dissolver substâncias sólidas, fundir metais e secar líquidos. Não existe praticamente nenhum produto artístico que em determinado momento não tenha sofrido a ação de uma ferramenta. Fender, talhar, gravar, polir, dividir a matéria para recompor, são finalidades que absorvem o melhor da inteligência técnica. Em todas estas finalidades um único meio está disponível: a percussão. Esse gesto, de percutir, deixa uma marca, uma identidade como a digital que aproxima quem a fez e que será o objeto de análise desta pesquisa seguindo critérios objetivos, enquanto poética visual, com relação ao ponto, à linha e à mancha gráfica. Acerca-se o desenho e a matriz da gravura como continentes desta ação.

Maria de Fátima Morethy Couto História, Teoria e Crítica O trauma do moderno : arte e crítica de arte na América do sul (1950-1970). Texto, obras e exposições [Bolsa Produtividade CNPq]

Resumo: O projeto tem como objetivo maior investigar as conexões existentes, no continente sul-americano, entre o campo da história da arte e da crítica de arte aqui produzidas, evidenciando as tensões e contradições que marcaram o debate artístico-cultural do período. Visa ainda refletir sobre as formas específicas de reação e de integração aos discursos hegemônicos de autoridade e de legitimação simbólica que ocorrem em nosso contexto. Além disso, procura estabelecer novas relações entre obras, textos e eventos aqui produzidos e/ou realizados e que marcaram nosso debate crítico e historiográfico, sem contudo ambicionar constituir uma ideia homogênea da arte produzida na região nem tampouco preocupar-se em mapear os diferentes estilos que aqui se sucederam.

Vanguarda e modernidade nas artes no Brasil e no exterior

Resumo: Trata-se de projeto abrangente, que tem por objetivo refletir sobre as noções de vanguarda e modernidade empregadas no campo das artes visuais, bem como sobre suas adequações a contextos locais. Visa ainda estudar o debate instaurado ou provocado pelas ações e práticas das vanguardas artísticas, tanto no Brasil como no exterior, e seus desdobramentos e resultados imediatos. Abarca também estudos pontuais, desenvolvidos no âmbito da linha de pesquisa História, Teoria e Crítica (anteriormente denominada Fundamentos Teóricos), do PPGAV/Unicamp, sobre produções artísticas contemporâneas.

Maria José de Azevedo Marcondes História, Teoria e Crítica Modernismo na América Latina : entre os dois lados dao Atlântico : Brasil, México, Argentina

Resumo: O projeto trata das transferências culturais entre Europa e América Latina nas obras de arquitetos, paisagistas e artistas no Brasil (São Paulo), México (cidade do México) e Argentina (Buenos Aires) nas décadas de 20 e 30 do século XX.

Projeto Arte e Cidade

Resumo:  Discutir o tema Arte e Cidade focando a questão das artes visuais e questões urbanas nas metrópoles contemporâneas a partir de intervenções artísticas que buscam a interferência no espaço urbano , com a criação de esferas ou de espaços públicos , criando uma nova cartografia simbólica nas artes. E, em outra vertente, analisar grandes projetos urbanos que incorporam equipamentos culturas e museus engendrando novas formas de poder e gestão das cidades.

Marta Luiza Strambi Poéticas Visuais e Processos de Criação Arte como experiência intermodal em poéticas contemporâneas.

Resumo: Esse projeto constitui-se de experimentações e proposições em modalidades como o desenho, a instalação, o vídeo, a fotografia, a performance, a infografia e as animações digitais, acompanhadas de seus referenciais teóricos, partilhados entre a história da arte e suas poéticas hermenêuticas. Para isso consideramos pesquisar sobre certos eixos imanentes da contemporaneidade, a partir dos quadros distópicos relacionados aos diversos ambientes, onde as imersões subjetivas dos sujeitos, em seu cotidiano, permitem conexões com um imaginário específico, num território historicamente atribuído à arte.

Mauricius Martins Farina História, Teoria e Crítica Processos de intersecção da fotografia com a pintura e o cinema na arte contemporânea [Bolsa Produtividade CNPq]

Resumo: Pretende-se demonstrar nesta pesquisa, partindo de inventários iconográficos e de estudos de caso que os relacionamentos da fotografia com a pintura e o cinema estão permeados por um hibridismo recíproco na cena contemporânea, e que este relacionamento se demonstra também numa relação de anacronismo em relação ao ser contemporâneo que, na sua origem, se apresenta a partir de um sentido de ser eminentemente pictórico no âmbito da imagem planar.

Estudos sobre a imagem e suas relações com a arte

 Resumo: Os estudos sobre a imagem de um ponto de partida relacional estão configurados a partir dos estudos visuais na sua correlação com as teorias da imagem e da cultura em seus processos de desvio às aplicações funcionais. O projeto tem um caráter aberto às práticas do texto crítico e inclui as experiências com a materialidade dos objetos desde a sua fatura até os seus processos de produção de sentido e produção de textos e imagens sobre a fotografia, a pinturas e as novas mídias.
Paulo César da Silva Teles Poéticas Visuais e Processos de Criação “HI-TECH +LOW TECH”: RESSIGNIFICAÇÕES ESTÉTICAS E SENSIBILIZAÇÕES INTERCULTURAIS EM TENDÊNCIAS PÓS‐DIGITAIS

Resumo: Este projeto tem como meta identificar, mapear, discutir e comparar aspectos contemporâneos da arte tecnológica interativa recente, procedentes de integrações inter e tansculturais como ações de embates hi-tech x low-tech; agenciamentos; co-autorias; colaborativismos; coletivos multiplataformas por meio de análise de obras selecionadas, resultantes destas intersecções a ocorrer durante o período desta pesquisa em diferentes países, culturas e eventos. Tais eventos deverão circunscrever: a) ambientes eletrônicos multimídia (raves artísticas) conectados com “tribalismos” que ocorrem em ambientes abertos e ermos; b) movimentos, encontros e eventos artísticos coletivos e/ou comunitários que integram diferentes nichos e procedências étnicas e socioculturais; e c) atividades de formação e inclusão em diferentes ambientes arte-educativos transdisciplinares.
Dada a natureza interativa e/ou participativa de tais peças e eventos, sua trajetória conceitual deverá ancorar-se se nortear à luz de um olhar “endo-estético” multi-matricial que considera, no âmbito artístico, autores; objetos e informações materializadas e/ou realizadas; ambientes e estruturas de suporte e audiência, como parte de uma obra artística como um todo (GIANETTI, 2016), efetivamente “cartografados” (DELEUZE, 1986) no campo das relações “humano-máquina-informação-afeto”.

Sérgio Niculitcheff Poéticas Visuais e Processos de Criação Linguagem pictórica na contemporaneidade

Resumo: A investigação deste projeto de pesquisa tem como objetivo refletir sobre o papel da linguagem pictórica e seu lugar de representatividade no fazer artístico da atualidade, tendo como foco a Arte Contemporânea Brasileira. Almeja identificar de maneira esquemática e organizada as tendências, vertentes, artistas significativos, procedimentos técnicos e materiais utilizados. Pretende ainda realizar um levantamento pontual de propostas plásticas fazendo um mapeamento iconográfico a partir de núcleos comuns e afinidades por agrupamentos distintos, bem como analisar e discutir a fragmentação do olhar contemporâneo e em como isto repercute no processo artístico da atualidade.

Sylvia Helena Furegati Poéticas Visuais e Processos de Criação Propostas Artísticas Contemporâneas

Resumo: Este projeto dedica-se à concepção e organização de trabalhos artísticos dentre intervenções, exposições artísticas e seminários que possibilitem o trânsito de experiências dentre os artistas docentes do Instituto de Artes da Unicamp, alunos do curso de Artes Visuais (preferencialmente os formandos) e alunos do Programa de Pós Graduação em Artes Visuais junto de artistas atuantes no circuito local, nacional e internacional. Alinhado às atividades de um grupo de pesquisas CNPq de mesmo nome, o Projeto propõe-se à produção prática e estudos derivados das questões que cercam o agente da arte contemporânea e seu circuito. Deste modo, constitui-se numa investigação de carater híbrido, dentro do campo das visualidades contemporaneas, voltado tanto para a construção e discussão aprofundada sobre os elementos de tensão da arte produzida na escola, por meio da escola e para o espaço cultural museal quanto valoriza a atuação experimentadora do artista frente às renovações da instituição que deixa sua referência mais fixa e passa a demandar de seus representantes que revisem suas práticas e estratégias de atuação.

Arte Extramuros.

Resumo: Estudo sobre os tensionamentos conceituais e espaciais presentes na produção artística contemporânea compreendida a partir do binômio Arte e Meio Urbano e suas múltiplas configurações alinhadas por terminologias tais como: 1 – Arte Pública; 2 – Arte Urbana e 3- Ações ou Intervenções Artísticas no meio urbano contemporâneo. Os tensionamentos constitutivos do projeto artístico contemporâneo, principalmente no caso brasileiro, são aqui analisados a partir da percepção de novas métricas aplicadas ao espaço de criação/proposição e exposição/implantação do objeto da arte na paisagem e no circuito artístico atual. Esta configuração que é processual e criativa acaba por redimensionar as bases e os fluxos estabelecidos dentre artista, projeto e urbanidade conduzindo-nos a condição intitulada de Extramuros, na qual a criação artística é compreendida por meio da revisão dos encontros e confrontos dados pelo espaço aberto, externo e urbano onde se redefinem contextos, habilidades, formas de subjetividade e sociabilidade da arte de hoje. Assim, o Projeto busca produzir investigações de carater teórico-prático sobre os contextos formuladores dos lugares-da-arte-de-hoje, a revisar a condução mais usual até então aplicada ao problema; lido pela noção de lugares-para-a-arte-de hoje.

 

DOCENTE LINHA DE PESQUISA PROJETOS
Alfredo Luiz Paes de Oliveira Suppia História, Estética a Domínios de Aplicação do Cinema e da Fotografia Observatório da Ficção Científica Mundial (OFICIM) / Global Science Fiction Observatory (GLOSFO)

Resumo: Os estudos de cinema no Brasil estão em franca expansão, paralelamente ao crescimento da demanda por formação na área do audiovisual. O advento do cinema digital e o aumento da demanda por profissionais altamente qualificados no mercado de produção audiovisual, no Brasil e no exterior, influiu diretamente na crítica e na teoria do cinema produzida nos últimos anos. A popularização da tecnologia digital resultou em maior acessibilidade ao meio de expressão audiovisual e levantou uma série de questionamentos nos campos da crítica e dos estudos de cinema, conforme se verifica na obra recente de autores como brasileiros como Fernão Ramos (1998, 2001, 2005) e Arlindo Machado (1994, 1997) e André Parente (1993, 1994), ou estrangeiros como Philippe Dubois (2004), Lev Manovich (2001, 2005) e outros. Por outro lado, diferente de EUA ou Europa, pesquisas focadas na área de interseção entre cinema, arte e tecnologia ainda não atingiram maturidade, especialmente fora do eixo Rio de Janeiro e São Paulo. O objetivo fundamental deste projeto é viabilizar a formação de um grupo de pesquisa, organizado em torno de um laboratório de experimentação audiovisual, voltado para investigações acerca da zona de entroncamento cinema-ciência-tecnologia, manifesta tanto em termos formais e de suporte (analógico, digital, misto, etc., e implicações da tecnologia no estilo ou regime narrativo) quanto de conteúdo (análise da temática e problemática abordada pelo cinema mais atento às transformações científicas e tecnológicas). Nesse sentido, pesquisadores de diversas áreas (Artes, Comunicação, Ciências Exatas, Ciências Biológicas, etc.) devem ser reunidos em um interesse comum: reflexões sobre a zona de convergência por onde trafegam o cinema, ciências e tecnologia, com ênfase num gênero audiovisual especialmente propício a esse fenômeno: a ficção científica. A ficção científica é hoje um gênero multimidiático, com manifestações que extrapolam o campo literário, invadindo os territórios do cinema e audiovisual, música, teatro e games. Sua origem mais moderna está nas obras de autores como Mary Shelley, Jules Verne e H. G. Wells. Sua consolidação enquanto gênero se deu com a proliferação da pulp fiction nos EUA. O chamado boom de filmes de ficção científica dos anos 1950 contribui decisivamente para a popularização do gênero (BAXTER, 1970). A New Hollywood do final dos anos 1970 coloca o cinema de ficção científica definitivamente na primeira linha dos grandes estúdios e entre os maiores sucessos de bilheteria lançados ano a ano. Atualmente, o imaginário ou iconografia de ficção científica está presente não só na literatura ou em produtos de mídia da indústria cultural, mas também na moda e no comportamento, perpassando diversos setores da cultura e cotidiano. Com tudo isso, já há algum tempo o estudo da ficção científica tem se revelado ferramenta esclarecedora para se compreender e analisar o mundo contemporâneo (FIKER, 1985). Cumpre notar também que o presente projeto visa contribuir significativamente para a densidade da bibliografia nacional em português voltada para os estudos de cinema, ciência e tecnologia em diálogo. Objetivos: 1) Promover a produção e troca de conhecimento sobre as múltiplas relações entre cinema, arte e tecnologia, contribuindo para o intercâmbio de informações entre pesquisadores e artistas no Brasil e no mundo; 2) Estabelecer um núcleo de pesquisas inédito no país, voltado para a articulação entre o cinema, a ciência e a tecnologia, com escopo que abrange desde aspectos formais/tecnológicos da obra audiovisual, até manifestações de gênero como a ficção científica; 3) Criar vínculos de colaboração com centros de pesquisa dentro e fora do pais (ex.: Center for Latin American Studies, Univ. of Florida, Centre for World Cinemas, Univ. of Leeds); 4) Desenvolver novas metodologias de pesquisa sobre suportes, formas e manifestações de gênero/ (ou manifestações discursivas) no audiovisual; 5) Estreitar relações de produção acadêmica entre graduação e pós-graduacão na Unicamp. Metodologia e Estratégias de Ação: Os objetivos pretendidos serão atingidos por meio da colaboração/cooperação constante entre pesquisadores de diversas áreas, desenvolvendo trabalhos sob perspectiva híbrida (ex.: cinema e física, cinema e biologia). O engajamento de grupos em torno da redação de artigos e papers, da realização experimental em cinema e vídeo e de simpósios e workshops levará naturalmente ao cumprimento dos objetivos. Resultados e os impactos esperados: No âmbito do impacto e da produção estão previstos publicações em periódicos científicos nacionais Qualis A como Galáxia, Devires, Quarto Escuro, Ipotesi e Manuscrito, e internacionais como Science Fiction Studies (EUA), Extrapolation (EUA), Film International (RU), Senses of Cinema (AUS) e Science Fiction Film and Television (Univ. of Liverpool, RU). Também estão previstos simpósios, workshops e palestras com convidados internacionais, bem como a organização de um mini-laboratório de experimentação multimídia e a publicação de um site de divulgação. Os workshops serão prioritariamente voltados para treinamento e capacitação de discentes no campo da produção e experimentação em cinema e vídeo digital. Os resultados das pesquisas também serão divulgados sob forma de papers em conferências nacionais e internacionais como o Encontro Anual da SOCINE (Sociedade Brasileira para os Estudos de Cinema e Audiovisual), ABRALIC (Associação Brasileira de Literatura Comparada), COMPÓS, Conferência Anual da Science Fiction Research Association, Film History Association of Australia and New Zealand (FHAANZ) e eventos científicos organizados pelo Centre for World Cinemas da Universidade de Leeds (RU) e pelo Centro de Estudos Latino-Americanos da Universidade da Flórida (EUA), além do Festival Utopiales (França).

O pensamento cinematográfico independente brasileiro: história, formas, questões e cartografias

Resumo: Este projeto de pesquisa tem por objetivo investigar a história do pensamento cinematográfico independente brasileiro, a problemática da definição de cinema independente e as transformações sofridas pela ideia de independentismo cinematográfico no Brasil, no sentido de elaborar um balanço crítico do pensamento cinematográfico independente brasileiro (muitas vezes definido em oposição ao pensamento cinematográfico industrial brasileiro – ver Autran 2013). Parte da pesquisa será especialmente dedicada ao mapeamento e estado do cinema independente brasileiro contemporâneo – ao estilo de uma crônica do cinema independente brasileiro contemporâneo, no espírito de trabalhos como Galvão 1975, Abreu 2006 e Abreu 2014. Entrevistas com realizadores (produtores, roteiristas, diretores, etc.) serão conduzidas e devidamente arquivadas no trajeto de pesquisa, visando a organização de um repositório digital, a publicação de um livro e eventual elaboração de um documentário audiovisual sobre o pensamento cinematográfico independente brasileiro. Trata-se de pesquisa inédita no país, a qual poderá trazer informações e esclarecimentos relevantes no que diz respeito a políticas de fomento da produção cinematográfica e audiovisual brasileira, posturas da classe cinematográfica, modelos alternativos de produção, comportamento de mercados, etc.. O presente projeto conecta-se a pesquisa que já venho desenvolvendo há anos no âmbito do grupo de pesquisa (CNPq) Formas e Imagens na Comunicação Contemporânea, cujos resultados foram amplamente divulgados em eventos científicos, artigos e livros publicados. Além disso, o presente projeto retoma e expande a pesquisa “Cinema(s) Independente(s)”, a qual conduzi na Universidade Federal de Juiz de Fora com auxílio de bolsistas de iniciação BIC e PIBIC, e que resultou no livro Cinema(s) Independente(s): Cartografias para um fenômeno audiovisual global (Juiz de Fora: Ed. UFJF, 2013). Acreditamos que a investigação histórica aqui proposta será capaz de trazer novas informações e esclarecimentos sobre o pensamento cinematográfico independente no Brasil. O foco na cena independente contemporânea, por sua vez, será capaz de apontar tendências e examinar modelos alternativos de produção audiovisual. A revisão de acervos como o Arquivo Edgard Leuenroth e o arquivo do Centro Cultural São Paulo, entre outras atividades, contribuirá para o mapeamento dos conteúdos depositados nessas instituições, com a localização, reavaliação e revalorização de obras e documentos. Por fim, todo o trajeto de pesquisa resultará em conteúdos úteis a iniciativas consequentes ou correlatas, um repositório digital de informações reunidas sob forma de artigos científicos, documentos recuperados, entrevistas gravadas em áudio e/ou vídeo, etc. (arquivos digitais armazenados em hard drives externos, blog e/ou website). O repositório digital em questão incluirá um arquivo da produção cinematográfica/audiovisual independente contemporânea, nos moldes de uma videoteca digital (para isso a recomendação de compra de Hds externos de grande capacidade de armazenamento e velocidade de transmissão). Trata-se de iniciativa pioneira que visa a preservação da memória audiovisual brasileira contemporânea, na medida em que boa parte da produção audiovisual independente circula em arquivos digitais e carece de um arquivo centralizador indexado. Essa ?cinemateca digital do independente? cumprirá função social de preservação da memória audiovisual brasileira e base de referências para pesquisas futuras. Em resumo, os resultados pretendidos são: – submissão de artigos com achados da pesquisa; – confecção de livro (coletânea de ensaios); – criação de um repositório digital de informações (arquivos digitais armazenados em hard drives externos, blog e/ou website) e de uma ?cinemateca digital do independentismo audiovisual brasileiro?, um arquivo centralizado e indexado das produções da cena independente contemporânea em todo o país; – realização de um documentário audiovisual sobre o tema do pensamento cinematográfico independente brasileiro e a cena independente contemporânea. POTENCIAL DE INOVAÇÃO Descrever modelos alternativos e viáveis de produção audiovisual independente, com base em análise de dados/estatísticas, bem como análise qualitativa de casos específicos. Criação de um arquivo centralizado e indexado da produção audiovisual independente contemporânea, uma espécie de “cinemateca digital do independente? que cumprirá função social de preservação da memória audiovisual brasileira e base de referências para pesquisas futuras.

Mundos Alternos: Art and Science Fiction in the Americas

Resumo: O Prof. Dr. Alfredo Suppia vem atuando desde 2015 no projeto ?Mundos Alternos: Art and Science Fiction in the Americas?, iniciativa de cooperação transnacional baseada na ?University of California at Riverside (UCR)?. Inicialmente denominado ?Critical Utopias: The Art of Futurismo Latino?, o projeto agora renomeado ?Mundos Alternos: Art and Science Fiction in the Americas? conta com financiamento da Getty Foundation e apoio da University of California at Riverside. Compreende um trabalho de pesquisa, curadoria e organização de uma exposição multimídia que terá estréia no UCR ARTSblock / Barbara and Art Culver Center da UCR em 2017. O Prof. Alfredo Suppia é consultor e parceiro-pesquisador representante do Brasil no projeto. Além da exposição, o projeto resultará em volume de ensaios com o título Mundos Alternos: Art and Science Fiction in the Americas , no qual o Prof. Alfredo Suppia é um dos autores convidados. A convite da UCR, e com apoio financeiro dessa mesma instituição, o Prof. Alfredo Suppia participou com apresentação do evento científico ?Revisiting the Past, Remaking the Future International Conference?, realizado nos dias 16 e 17 de outubro de 2015 no ARTSblock da UCR. De 14 a 18 de outubro o Prof. Alfredo Suppia permaneceu em Riverside, CA, EUA para, além de frequentar o evento ?Revisiting the Past, Remaking the Future International Conference?, participar de reuniões de trabalho relativas ao projeto ?Mundos Alternos: Art and Science Fiction in the Americas?. O Prof. Alfredo Suppia mantém vínculos de cooperação e pesquisa constantes com a The Eaton Collection of Science Fiction & Fantasy (http://eaton.ucr.edu/), frequentando eventos organizados pelo órgão, com o Depto. de Inglês e com o PPG em Science Fiction and Technoculture Studies da University of California at Riverside, sobretudo pela manutenção do contato e colaboração (comprovada na publicação de livros, participação e organização de eventos) com professores da UCR, em especial Tyler Stallings, Sherryl Vint e Rob Latham. Abaixo, descrição no original em inglês do projeto, extraída da página da The Getty Foundation: University of California, Riverside (UCR) Critical Utopias: The Art of Futurismo Latino The three gallery spaces that comprise UCR’s ARTSblock will host an exhibition on the representation of Latin American artists and Latinos/as in science fiction, and the ways that contemporary Latin American and Latino artists employ science fiction for social, cultural, and political critique. Scholars and writers have begun to investigate the genre’s affinity with histories of colonialism and its power to offer alternative perspectives on history. Drawing on the University’s strong faculty and collections in this area, the project will bring together scholars in science-fiction studies with curators and artists to examine Latin American and Latino science fiction’s capacity to imagine new realities, both utopic and dystopic. While the study of Latin American science fiction in literature and film is well underway, UCR’s focus on the visual arts promises to be groundbreaking. Exhibition research support: $125,000 As informações abaixo também podem ser consultadas em http://digest-prd-1.ucr.edu/traction#/single&proj=Announcements&rec=2059&brief=n The Getty Foundation grants for Mundos Alternos: Art & Science Fiction in the Americas which will take part in The Pacific Standard Time: LA/LA initiative, where over forty museums in Southern California will organize exhibitions focused on Latino and Latin American themes. Mundos Alternos is a collaboration between all three venues under ARTSblock, UCR?s English Department, and UCR Library?s Eaton Collection of Science Fiction & Fantasy.

Claudiney Rodrigues Carrasco História, Estética a Domínios de Aplicação do Cinema e da Fotografia Música Aplicada à Dramaturgia e ao Audiovisual

Resumo: O Grupo de Pesquisa em Música Aplicada à Dramaturgia e ao áudio visual reúne os projetos de pesquisa cujo objeto específico é a música como parte integrante de formas artísticas e veículos de comunicação complexos, cujas mensagens são formadas por um número variado de linguagens. Nesse grupo se incluem tanto as formas tradicionais, restritas ao domínio da produção artesanal, como o são os diversos gêneros dramáticos e dramático-musicais, quanto aquelas pertencentes ao universo da arte industrializada e da cultura de massa, como o são o cinema, a televisão e as recentes manifestações digitais do audiovisual (sítios na internet, vídeo-arte, jogos eletrônicos). O grupo também se propõe a abrigar projetos cujos temas não sejam diretamente ligados ao assunto, mas que possam servir de subsídio às questões por ele tratadas, tais como projetos de teoria musical, composição, cognição musical, entre outros.

Música experimental e sound design no cinema: a emergência de um novo conceito de trilha sonora

Resumo: Este projeto tem por objetivo estudar a incorporação dos gêneros de música experimental do século XX às trilhas musicais de filmes de ficção no período compreendido entre os anos 1950 e o momento presente, bem como sua relação com as transformações ocorridas na edição sonora de filmes que conduziu ao surgimento do conceito de sound design nos anos 1970. O estudo apresenta um levantamento histórico do processo, bem como a análise e comparação de procedimentos técnicos e convenções poéticas de composição musical e sound design em trilhas sonoras para o cinema. Contemplado com bolsa de Produção em Pesquisa CNPq.

Fabio Nauras Akhras História, Estética a Domínios de Aplicação do Cinema e da Fotografia O cinema de aprendizado como meio para a conscientização e inclusão social

Resumo: Este projeto parte da idéia básica de analisar o cinema sob a perspectiva de teorias de aprendizado. O objetivo é criar uma fundamentação para o uso do cinema no aprendizado que relacione elementos de linguagens e estéticas cinematográficas com conceitos de teorias de aprendizado. Com isso, o resultado deverá ser um conjunto de princípios baseados em teorias de aprendizado, que permitam a análise de narrativas cinematográficas em termos do seu potencial para promover o aprendizado, e que possam nortear a criação de narrativas cinematográficas capazes de gerar aprendizado. Desse contexto emerge o conceito de Cinema de Aprendizado – o uso de princípios de teorias de aprendizado para a composição de imagens visuais e sonoras na narrativa cinematográfica, criando um processo narrativo que é ao mesmo tempo um processo de aprendizado. Projeto recebeu apoio financeiro através de sub-projeto de pesquisa regular na Fapesp, obtido pelo responsável.

Fernão Vitor Pessoa Almeida Ramos História, Estética a Domínios de Aplicação do Cinema e da Fotografia A Encenação Documentária

Resumo: Alguns dos principais lugares-comuns na reflexão sobre documentário estão relacionados à questão da encenação. Trata-se de tema onde grandes confusões conceituais são permitidas. Iniciamos a pesquisa buscando diferenciar em três tipos de encenação documentária: 1ºTipo de encenação : a encenação-construída. O que chamo de encenação-construída é um tipo de ação inteiramente construída para a câmera. Para tal, são utilizados estúdios e, frequentemente, atores não profissionais. Na encenação-construída a circunstância da tomada está completamente separada (espacialmente e temporalmente), da circunstância do mundo cotidiano que circunda a presença da câmera. A relação entre espaço-dentro-de-campo e espaço-fora-de-campo é de heterogeneidade radical. 2º Tipo de Encenação: a encenação-locação: A encenação neste caso é feita em locação, no local onde o sujeito-da-câmera sustenta a tomada. O diretor pede explicitamente ao sujeito(s) filmado que encene. Em outras palavras, que desenvolva ações e expressões com a finalidade de figurar para a câmera um ato previamente concebido. A encenação-locação distingue-se da encenação-construída ao explorar efeitos próprios à circunstância de mundo, onde o sujeito filmado vive a vida. Na encenação-locação a tomada explora a tensão entre a encenação e o mundo em seu cotidiano. Existe aí um grau de resistência entre a intensidade do mundo e a encenação propriamente, que não está presente na encenação-construída. Esta tensão se respira imageticamente enquanto estilo. 3ºTipo de Encenação: a encenação-direta. No sentido amplo, todos nós encenamos em todo momento, para todos. A cada presença para nós, tentamos nos interpretar a nós para outrem, e não seria diferente para a câmera. Para cada um, compomos uma imago, e reagimos assim à sua presença. Somos nós, através dos olhos de outros, agindo para nós, conforme eu, sujeito, sinto ele, outrem-nós, dentro de mim. Não é diferente com a experiência da presença da câmera e seu sujeito na tomada.

Francisco Elinaldo Teixeira História, Estética a Domínios de Aplicação do Cinema e da Fotografia Incidências e avatares de um cine-ensaio / filme-ensaio no Brasil

Resumo: Pesquisa sobre a formação de um cine-ensaio/filme-ensaio no Brasil.

O Experimental no Cinema Brasileiro

Resumo: O projeto constrói uma história do cinema experimental no Brasil a partir do filme Limite, de Mário Peixoto, do cinema novo, cinema marginal, experimentalismo superoitista, cinema de artista e vídeo arte.

Gilberto Alexandre Sobrinho História, Estética a Domínios de Aplicação do Cinema e da Fotografia Imagem em movimento político e social: vídeo, documentário e as construções identitárias no Brasil

Resumo: O presente projeto é uma atualização do projeto anterior, intitulado “Vídeo e televisão independentes no Brasil (1984-1992): idéias, formas e representações populares nos domínios do documentário” O interesse dessa pesquisa é a investigação sobre as relações entre o vídeo, a realização de documentários e as construções identitárias no Brasil. Trata-se de avançar no campo da pesquisa sobre documentários, iniciada com os estudos sobre a Caravana Farkas e os documentários dirigidos por cineastas nos programas televisivos Globo Shell Especial e Globo Repórter. Em síntese, essas experiências estabeleceram um quadro significativo para a compreensão do moderno documentário no Brasil, realizado durante a ditadura militar, no cinema e na televisão, onde se divisou as questões de autoria e de estilo, os agenciamentos específicos nos processos de produção independente e institucional e sua circulação, sendo o conjunto estudado marcado, profundamente, pela adesão das narrativas às críticas em relação às imagens da nação, num contexto ideológico marcado pelo nacional-popular dos anos 1960, a repressão e a violência oficiais que se seguiram, na mesma década, avançando nos anos 1970. Ao observar o quadro da produção independente em vídeo que despontava no começo dos anos 1980, num período de abertura política, percebi um forte deslocamento tanto em relação ao campo temático, quanto a sua abordagem, sendo que surgiam, de maneira forte, narrativas audiovisuais marcadas pelas políticas de identidade, o que oferecia um quadro multicultural contrastante. Assim, essa pesquisa busca refletir sobre a produção documentária realizada nos domínios do vídeo, em que imperam, de forma plural, as construções identitárias de gênero e sexualidade, dos afro-brasileiros, dos habitantes de comunidades e/ou regiões periféricas e marginalizadas, das populações indígenas e outras culturas e histórias que foram subjugadas pelas crenças dominantes e que não tiveram grande visibilidade na história do audiovisual brasileiro, principalmente, na mídia televisiva. No texto que segue, vou apresentar, de forma introdutória, um quadro que esclarece sobre a continuidade, no século XXI, dessas abordagens e temas diversificados inaugurados com o vídeo analógico, e que se ampliaram na cultura digital, para, em seguida, fazer uma digressão e apresentar meu objeto de estudo, que se situa historicamente, entre os anos 1980 e 1990. Esse texto é uma reformulação do projeto anterior intitulado ?Vídeo e televisão independentes no Brasil (1984-1992): idéias, formas e representações populares nos domínios do documentário”.

Karla Adriana Martins Bessa História, Estética a Domínios de Aplicação do Cinema e da Fotografia Subjetividade Queer Contemporânea. Estudos de cinema e gênero.

Resumo: Adensar nossa compreensao sobre a subjetividade contemporanea, em especial nos grandes centros urbanos e suas especificidades em ambito latino-americano implica necessariamente compreender as demandas por imagens e imaginarios produzidos pelas comunidades lgbt seja numa perspectiva identitaria, seja numa perspectiva queer. Considerando os transitos e a historicidade das corporalidades, estilos de vida e das experiencias esteticas das personagens e enredos narrativos, esta pesquisa objetiva mapear e analisar, seja a partir da ficcao, seja do documentario, como as relacoes contemporaneas com o corpo e a subjetividade transformaram e transformam nossa compreensao do mundo que nos cerca, ampliando nossa propria compreensao de “natureza humana” e de como entendemos a propria producao das normas e dos funcionamentos das diferencas e hierarquias de genero em estruturas sociais complexas. Um dos pontos centrais da pesquisa consiste justamente em pensar e problematizar as imagens de si, (a auto-gestao da imagem e da representacao na arte e no audiovisual), as demandas politicas de gestao das imagens positivadas ou aquelas consideradas potencialmente danosas para a populacao feminina e feminista; assim como para pessoas que constroem seus estilos de vida fora da heteronormatividade.

História, Estética a Domínios de Aplicação do Cinema e da Fotografia Uma história feminista-queer da arte e de narrativas audiovisuais dissonantes produzidas na controversa década de 1970.

Resumo: Esta pesquisa visa realizar uma análise da dinâmica histórica de produção-exibição de narrativas fílmicas e outros materiais artísticos e audiovisuais. Possui como foco principal a temática das relações de gênero e práticas sexuais, no período que corresponde à denominada revolução sexual e dos movimentos de contracultura, mapeando primeiramente os modos de sua apropriação no Brasil a partir do final da década de 1960 e sua efervescência durante a década seguinte. A problemática central que a norteia é a relação entre os imaginários que circularam nas telas e filmes, suas formas e conteúdos estéticos e as políticas que singularizam um modo de dar visibilidade e inteligibilidade ao gênero, desejo e prazer em conflito com normas sociais hegemônicas. Refiro-me às formas e exercícios políticos que demarcaram, no campo da cultura (áudio)visual, normalidades/anormalidades, legalidades/ilegalidades, moralidades/imoralidades, vulnerabilidades/privilégios de corpos, pessoas e grupos sociais em suas respectivas atuações de gênero e sexualidade em relação à outras importantes categorias de diferenciação. A pesquisa pretende analisar ainda os respectivos modos de subversão, os entre-lugares, as ambiguidades que, se não revolucionárias, ao menos desestabilizadoras de práticas culturais hegemônicas. A metodologia subentende duas etapas distintas: uma primeira com foco nos espaços underground de produção e circulação audiovisual, com centralidade para o levantamento da dinâmica que caracterizou o Brasil no período e as interações transnacionais, efeitos da globalização das recentes tecnologias de comunicação audiovisual. O objetivo é o de mapear as redes de circuitos marginais de produção de arte, numa junção de várias linguagens. Para tanto, realizarei pesquisa nos arquivos da Cinemateca Brasileira, Fundação Bienal de São Paulo, os arquivos de mostras temáticas, além dos arquivos históricos disponibilizados online por sites como: Porta Curtas Petrobrás, Youtube e jornais Folha de São Paulo, o Globo e o Estadão, Cinemateca Popular Brasileira . A finalidade é encontrar os mecanismos e estratégias de demarcação e transposição de fronteiras entre vanguardas, propostas radicais de arte visual (e seus respectivos engajamentos políticos) e as estratégias do mercado e indústria cultural de apropriação/domesticação das tensões e radicalidades estéticas e políticas. Um dos resultados práticos da pesquisa será a elaboração de um banco de dados de referências audiovisuais que possa ser disponibilizado para futuras pesquisas e para promoção de debates entre pesquisadores, profissionais de várias áreas e estudiosos das relações entre gênero, sexualidade, arte (áudio) visual e cinema.

Marcius Cesar Soares Freire História, Estética a Domínios de Aplicação do Cinema e da Fotografia Documentação e Experimentação em Sistemas Audiovisuais

Resumo: O principal objetivo deste projeto é investigar as potencialidades do suporte fílmico – notadamente o documentário, mas não unicamente – no aparelho de pesquisa das ciências humanas. De maneira geral, as imagens animadas são utilizadas nessas ciências como meros coadjuvantes, ou seja, servem de suporte ilustrativo em congressos, simpósios e salas de aula, ou, então, como veículo de divulgação para resultados de pesquisas obtidos através dos meios tradicionais de investigação. Nosso propósito é, portanto, trazer o filme para o centro da discussão investigando o seu potencial no papel de protagonista principal nos procedimentos metodológicos de disciplinas como a antropologia, a história a sociologia e a educação. Desnecessário observar que o entorno que subjaz à realização de qualquer documentário, como processos de produção, recepção do público, formas de exibição, etc., também constam de seu escopo e constituem temas passíveis de serem explorados no seu desenrolar.

Mariana Duccini Junqueira da Silva História, Estética a Domínios de Aplicação do Cinema e da Fotografia Documentários de compilação: rearticulação de sentidos em práticas audiovisuais contemporâneas

Resumo: Sob a premissa de que as formas audiovisuais que compõem determinado enunciado fílmico podem ser rearticuladas em outras produções dessa natureza, Leyda (1964) conceitua a prática da compilação. Trata-se de um exercício intrinsecamente orientado pela montagem: a apropriação e a rearticulação de imagens e sonoridades pré-existentes em arquivos institucionais e em diversas modalidades midiáticas (obras cinematográficas, vídeos amadores, cinejornais, comerciais, fotografias, videoclipes, programas televisivos) tendem a novas experiências estéticas. Deslocados de seus contextos originais e repostos em outros circuitos discursivos, esses fragmentos engendram novas conexões de significados, o que implica um reordenamento do passado em um presente enunciativo. A compilação como fundamento é notável em uma multiplicidade de documentários brasileiros contemporâneos, em vista das estratégias assumidas pelos realizadores ao convocarem materiais heterogêneos para a composição de obras tributárias ao gênero. Esta pesquisa pretende investigar como tal prática torna sensível a conformação de novas conexões estéticas e, consequentemente, a atribuição de novos sentidos a determinadas práticas sociais nos documentários: “Nós que aqui estamos por vós esperamos” (Marcelo Masagão, 1999); “Pacific” (Marcelo Pedroso, 2009); “Um dia na vida” (Eduardo Coutinho, 2010); e “A cidade é uma só” (Adirley Queirós, 2011). Cada um dos filmes dinamiza a compilação recorrendo a fontes distintas em relação aos demais, o que torna verificável a abrangência de linguagens e procedimentos criativos nessa modalidade documental.

Noel dos Santos Carvalho História, Estética a Domínios de Aplicação do Cinema e da Fotografia Modos de Produção Audiovisual e Representação Étnica – Os Filmes dos Realizadores Negros Brasileiros

Resumo: Este projeto investiga os filmes produzidos pelos realizadores que criaram os manifestos Dogma Feijoada e o Manifesto do Recife. Os dois manifestos foram lançados no inicio dos anos 2000 e reivindicaram maior participação do negro no cinema brasileiro. A pesquisa toma como objeto os filmes em que: 1) o produtor e o diretor são negros; 2) abordam a problemática em torno da identidade negra; 3) questionam as representações estereotipadas.

Pedro Maciel Guimarães Junior História, Estética a Domínios de Aplicação do Cinema e da Fotografia O ator como forma fílmica

Resumo: Visa investigar as implicações formais do trabalho do ator nos meios audiovisuais (cinema e televisão), fazendo uma historiografia das formas de atuação e procedendo a análises estéticas sobre o jogo atoral. O corpo e a persona do ator entram na composição do processo criativo da obra audiovisual e determinam sua concepção de mise-en-scène, assim como as escolhas de enquadramento, de iluminação, de montagem e as posturas de escrita de roteiro. Pretende-se focar a discussão em torno de cinco eixos de análise : ator e personagem; ator e realizador; ator e mise-en-scène; ator e técnica; ator e mídia. Para além das abordagens sociológicas, econômicas e empíricas que envolvem a escolha e a utilização de atores profissionais ou não-profissionais no cinema e na TV, pretende-se transformar o jogo do ator em objeto estético, capaz de ser quantificado e qualificado, numa abordagem transdisciplinar envolvendo a teoria e a história do teatro e das artes visuais.

História, Estética a Domínios de Aplicação do Cinema e da Fotografia História e Estética do Cinema: o clássico e o moderno

Resumo: Esse projeto de pesquisa visa a investigar particularidades da historiografia do cinema partindo da premissa de que os filmes tiveram um período de classicismo (identificado entre os anos 1910 e 1960), de criação e consolidação dos cânones plásticos e narrativos da imagem em movimento, seguido por um momento de ruptura estética, verificado a partir do final dos anos 1950. Sem cair no evolucionismo, pretendemos investigar como as formas clássicas, gestadas preferencialmente dentro do sistema de estúdios norte-americano, foi retrabalhada por cineastas (principalmente europeus, mas também asiáticos, latinoamericanos e africanos) no sentido de refundar paradigmas de narração e representação ficcional.

DOCENTE LINHA DE PESQUISA PROJETOS
Adriana do Nascimento Araujo Mendes Música, Cultura e Sociedade

Educação Musical: teoria e prática

Resumo: Estudar, refletir sobre e difundir os fundamentos que embasam a formação do educador musical; pesquisar e produzir material didático-pedagógico para o educador musical; organizar e elaborar material para profissionais que atuam em diversos espaços de ensino/aprendizagem com a educação musical em situações de ensino coletivo; contribuir para a democratização do acesso à arte.
O projeto abrange as investigações sobre a formação musical e pedagógica do educador que irá atuar ou que já atua nos diversos âmbitos de ensino musical: escola de educação básica; escolas especializadas de música; projetos sociais; educação inclusiva; terceira idade; educação de jovens e adultos (EJA); educação musical e tecnologia.

Adriana Giarola Kayama Estudos Instrumentais e Performance A Música Volcal Luso-Brasileira nos Séculos XVIII e XIX

Resumo: Tendo como objeto de estudo, a música vocal em Portugal e no Brasil nos séculos XVIII e XIX, quer do ponto de vista da musicologia histórica, quer como fenômeno de execução (práticas interpretativas), este projeto procura articular estudos a ser elaborados atualmente e previstos para um próximo futuro por doutorandos e docentes, nos respectivos países, envolvendo figuras e/ou repertórios comuns.

Canto: aspectos interpretativos

Resumo: Estudo e análise de questões técnicas, pedagógicas e de repertório do canto através de bibliografia especializada, publicações, manuscritos, entrevistas, experiências e observações.

Alexandre Zamith Almeida Estudos Instrumentais e Performance Conexões Entre o Piano e as Práticas Musicais Atuais: implicações performativas

Resumo: O presente projeto visa desenvolver pesquisa – prevendo resultados científicos e artísticos – patches e aplicativos e a utilização de interfaces de controle e processamento sonoro em tempo real, preferencialmente de possibilidades gestuais. A partir dos resultados gerados (patches, improvisações, composições) serão investigadas estratégias de preparo da performance que dêem conta não apenas da complexidade idiomática da música contemporânea, mas sobretudo das novas atribuições do intérprete diante da conjugação de seus instrumentos tradicionais aos novos instrumentos da era digital.

Angelo José Fernandes Estudos Instrumentais e Performance Estilo e Interpretação na Obra Vocal de Inspiração Afro-Brasileira de Carlos Alberto Pinto Fonseca

Resumo: Este projeto tem como objetivo a análise da obra de inspiração afro-brasileira do compositor mineiro Carlos Alberto Pinto Fonseca (1933-2006).

Antonio Rafael Carvalho dos Santos / Hermilson Garcia do Nascimento / José Roberto Za Música, Cultura e Sociedade Música Popular: história, produção e linguagens

Resumo: Com o advento da indústria fonográfica no início do século XX, a música popular transformou-se no seu principal produto. Aos poucos, uma multiplicidade de manifestações musicais populares foi retirada dos seus espaços de origem e convertida em fonogramas. Como produto, a música popular ganhou novos espaços de circulação e fruição. Hoje é praticamente impossível investigar a natureza da música popular sem considerar esse novo contexto. Devido ao alcance dos meios de comunicação, mesmo aquelas modalidades que ainda transitam por circuitos paralelos aos do mercado fonográfico parecem não totalmente isentas de influências do repertório de música gravada. Este grupo de pesquisa pretende investigar as matrizes musicais e culturais formadoras de diferentes estilos e linguagens musicais populares a partir de análises de seus elementos formais, intrínsecos ao material musical, e dos seus diferentes contextos históricos e sócio-culturais.

Carlos Fernando Fiorini Estudos Instrumentais e Performance Regência – Arte e Técnica

Resumo: Estudo da arte e técnica da regência através da retórica do gestual e da pesquisa científica.

Carlos Gonçalves Machado Neto Música, Cultura e Sociedade Memória é Metadado: acervos digitais de música brasileira – coleções Alexandre e Luiz Levy e Família Assad

Resumo: A digitalização da “Coleção Alexandre e Luiz Levy” e “Coleção Família Assad” será o campo de experiência para tratar de um aspecto bem específico sobre a construção de acervos no ambiente da cultura digital – a capacidade que a tecnologia digital trouxe para o armazenamento de informações no campo da música (e arquivos sonoros) na forma do metadado, isto é, as informações (dados) que o documento digital (dado) armazena em si próprio. Em geral, este assunto é desenvolvido nas áreas da ciência da informação (tecnologia) ou arquivística (catalogação). Entretanto, como que a musicologia pode interferir nesta área de conhecimento, convencionada como “técnica”, contribuindo com informações históricas e analíticas que podem ser armazenadas no próprio arquivo digital? O objetivo desta pesquisa é, portanto, criar um banco de dados experimental baseado em “metadados musicológicos”.

Ruído Branco: entre a memória e a história do som e da música

Resumo: O objetivo deste projeto de pesquisa pesquisa é investigar e inserir sentido nas relações entre o som, a música, a memória e a história em diferentes contextos culturais e tecnológicos.

Claudiney Rodrigues Carrasco Música, Cultura e Sociedade Música Aplicada à Dramaturgia e ao Audiovisual

Resumo: O presente projeto reúne pesquisas cujo objeto específico é a música como parte integrante de formas artísticas e veículos de comunicação complexos, cujas mensagens são formadas por um número variado de linguagens. Nesse grupo se incluem tanto as formas tradicionais, restritas ao domínio da produção artesanal, como o são os diversos gêneros dramáticos e dramático-musicais, quanto aquelas pertencentes ao universo da arte industrializada e da cultura de massa, como o são o cinema, a televisão e as recentes manifestações digitais do audiovisual (sítios na internet, vídeo-arte, jogos eletrônicos). O grupo também se propõe a abrigar projetos cujos temas não sejam diretamente ligados ao assunto, mas que possam servir de subsídio às questões por ele tratadas, tais como projetos de teoria musical, composição, cognição musical, entre outros.

Denise Hortencia Lopes Garcia Música, Linguagem e Sonologia Criação Musical: música contemporânea: criação e análise

Resumo: O objeto de pesquisa do projeto é a analise voltada à criação e performance musicais relacionadas à prática musical contemporânea. Este projeto é desdobramento do projeto temático “O computador como ambiente de criação e performance musical” (Fapesp: 2003/01253-8) e reune projetos individuais e coletivos da equipe, destacando-se os projetos com bolsa de Produtividade em Pesquisa que foram conduzidos pelos Profs. Silvio Ferraz e Denise Garcia (“Reescritas: a composição como campo de diálogo” e “Faces da Música Eletroacústica Brasileira: o Estúdio da Glória nos anos 80 e 90”) aos quais foram relacionados os projetos de pós-doutorado, mestrado, doutorado e iniciação científica de membros da equipe.

Emerson Luiz de Biaggi Estudos Instrumentais e Performance Instrumentos de Cordas: aspectos técnicos, estilísticos e pedagógicos

Resumo: Projeto visa aprofundar e difundir conhecimentos sobre os principais aspectos envolvidos no estudo, performance e ensino dos instrumentos de cordas. Aborda diversos aspectos relativos à performance destes instrumentos, contemplando questões fisiológicas, organológicas, idiomáticas e técnicas.

Esdras Rodrigues Silva Estudos Instrumentais e Performance Instrumentos de Arco no Brasil: da rabeca ao violino, a trajetória dos instrumentos de arco na música erudita e popular brasileira

Resumo: O projeto prevê dentre seus objetivos: levantar a história dos instrumentos de arco no Brasil, sua geografia, seus usos mais comuns, suas particularidades e seus personagens principais; analisar obras musicais que corroboram com a construção de uma identidade brasileira para os instrumentos de arco no Brasil, tanto na música erudita quanto na popular; produzir ou encomendar obras ou arranjos que explorem uma linguagem para cordas com sotaque nacional. Propõe-se efetuar: levantamento bibliográfico: partituras, livros, artigos e entrevistas; levantamento discográfico; análise de partituras; mapeamento de compositores e intérpretes;composição e arranjo para os instrumentos.

Fábio Scarduelli Estudos Instrumentais e Performance Meios e Técnicas para a Construção da Performance ao Violão e seu Diálogo com o Ensino de Instrumento

Resumo: Estudo de técnicas relacionadas à performance instrumental ao violão, com aplicações e implicações práticas relativas à precisão, ao gesto e à expressividade, e que acabam se refletindo, a partir de um diálogo constante e convergente de diferentes frentes de pesquisa, no preparo de uma partitura (levando em conta a visão crítica do intérprete violonista), na clareza da execução, mas também na pedagogia do instrumento, sobretudo no curso superior de música. Este projeto abriga diferentes pesquisas correlatas e ocorre no âmbito do Grupo de Pesquisa em Violão: estudos da performance, pedagogia e repertório.

Fernando Augusto de Almeida Hashimoto Estudos Instrumentais e Performance Percussão Brasileira: histórico, estudo interpretativo e seu repertório

Resumo: Este projeto tem como objetivo realizar um amplo estudo sobre a percussão brasileira, objeto de pesquisa que por sua vastidão é dividido neste projeto propositalmente nas sub-áreas: (1) percussão erudita, (2) percussão popular, e (3) bateria. Dentro das 3 sub-áreas o estudo tratará tanto do levantamento histórico de músicos e obras relevantes, bem como o estudo interpretativo e a delimitação e catalogação deste repertório, quer seja ele sinfônico, solista, ou encontrado nas atuações da percussão popular.

Helena Jank Estudos Instrumentais e Performance Pesquisa e Performance na Interpretação Historicamente Orientada

Resumo: Estudo dos elementos teóricos e princípios composicionais observados em obras de períodos anteriores ao romantismo, baseado em tratados de época e textos especializados, visando a aplicação da pesquisa teórica à prática da interpretação historicamente orientada.

Retórica Musical do Período Barroco

Resumo: Estudo dos elementos de retórica na música barroca Figuras retóricas e de representação Relação texto-música Análise de obras do período barroco, baseada na observação dos elementos de retórica musical.

Jonatas Manzolli Música, Linguagem e Sonologia Criação e Análise Musicais a Partir do Estudo de Processos Cognitivos com Suporte de Mídia Interativa e Imersão Digital

Resumo: Trata-se de um projeto de pesquisa ancorado na criação de um laboratório multiusuário que ficará operacional e disponível para equipe do projeto e pesquisadores convidados do Brasil e do exterior. Nesse laboratório estudaremos a cognição humana e processos criativos musicais utilizando interfaces tecnológicas, computação gráfica, captura e armazenamento de movimento e de biossinais. Em linhas gerais, a proposta foca o estudo de processos cognitivos utilizando estímulos de fontes físicas e virtuais para: a) integrar pesquisa teórica e prática e b) estudar novas formas de análise e criação musical mediados por processos tecnológicos. Desenvolveremos esforços metodológicos para estudar interações significativas entre agentes e estímulos gerados no laboratório e explorar seus desdobramentos com visualização e sonificação científica em ambiente de realidade mista. Desta forma, propomos a utilização de narrativas interativas como método de pesquisa, as quais serão analisadas a partir da interação entre os agentes e dispositivos com paisagens sonoras, vídeo interativo, animação e gráficos 3D. A hipótese que avaliaremos é se o comportamento de um agente ou grupo de agentes num espaço imersivo, interagindo com vários dispositivos, indica a maneira como esse espaço afeta suas ações e como significado musical é construído no decorrer da experiência. O projeto conta também com a colaboração de três centros de referência: o Instituto Brasileiro de Neurociência e Neurotecnologia (BRAINN), Projeto FAPESP 2013/07559-3 (CEPID), Unicamp, o laboratório IDMIL da McGill University, Montreal, Canadá, e o grupo SPECS da Universidade Pompeu Fabra, Barcelona, Espanha. Em linhas gerais as etapas previstas para o projeto são as seguintes: 1) implementar o espaço físico e a infraestrutura do laboratório 2) testes de captura e análise de sinais multimodais 3) estudar os modelos computacionais de interação com os dispositivos e analisar a informação do banco de dados 4) estudo de caso.

Interfaces e Modelos Cognitivistas Aplicados à Análise e Criação Musicais com Suporte Computacional

Resumo: Trata-se de um projeto de produtividade de pesquisa do CNPq, o qual é ancorado em três eixos temáticos: 1) métodos para recuperação de informação musical, 2) interatividade e interfaces tecnológicas e 3) estudo de processos cognitivos aplicados à composição e análise musicais. A primeira reflexão do projeto apoia-se na dualidade da representação musical simbólica versus o áudio aqui considerado na sua natureza de representação digital, para a qual, podemos desenvolver modelos computacionais, apoiados na análise de descritores de áudio e estudos recentes vinculados às ciências cognitivas e neurociência da audição. Serão desenvolvidos ambientes computacionais para descrever e recuperar informações musicais de um sinal sonoro de referência. Desta forma, durante a vigência do projeto, estudaremos atributos perceptivos do som que não são necessariamente os que tradicionalmente definem o conceito de nota musical (e.g. altura, duração e intensidade), tais como rugosidade, brilho, inarmonicidade. Esses últimos estão atrelados a utilização de técnicas instrumentais estendidas e à composição musical que constrói-se  a partir do ponto de vista sonoro e o nosso objetivo é expandir a noção de textura musical utilizando modelos para composição assistida por computador. Nosso objetivo também é refletir sobre a natureza da criação musical ancorada em processos interativos. Focaremos o estudo de dispositivos e interfaces, o controle de processos de síntese sonora e a análise do gesto musical via descritores de movimento. A metodologia de estudo baseia-se  no desenvolvimento e análise de  sistemas interativos musicais e durante a vigência da bolsa, ampliaremos a produção e os processos criativos que já desenvolvemos no período anterior.

Processamentos Eletroacústicos Baseados em Análises Tempo-Frequência e sua Utilização na Música Mista em Tempo Real

Resumo: Este projeto de pesquisa tem como objetivo abordar aspectos teóricos e práticos ligados à composição, análise e interpretação da música eletroacústica mista, tomando-a como um processo, tendo como referências epistemológicas o modo de existência dos objetos técnicos e o método alagmático de Gilbert Simondon, além do conceito de enação de Francisco Varela. No âmbito dos processos eletroacústicos analisaremos os processos STFT (Short-Time Fourier Transform), de análise e ressíntese de sinais musicais a partir de análises tempo-frequência, com atenção específica aos processos de convolução e phase-vocoder. Como exemplos analíticos, discutimos a utilização em tempo real do phase vocoder baseado em source-filter em ressonâncias (2015), de Jônatas Manzolli, além da implementação por Arshia Cont do processo de pitch-shifting via FFT em Anthèmes 2 (1997), de Pierre Boulez. No âmbito da criação musical, propomos a composição de obras mistas para diferentes formações instrumentais utilizando os processos eletroacústicos e as ferramentas computacionais estudadas, além da transferência de características destes processos para a escrita instrumental. Uma metodologia de análise sobre nossos processos composicionais, via descritores de áudio, será implementada, com o intuito de avaliar o resultado sonoro e a necessidade de alterações na escrita instrumental e nos parâmetros numéricos dos processamentos. Como ferramentas teóricas para os trabalhos de análise e criação, mencionamos o conceito pre-audibilidade de Gérard Grisey, a morfologia do tempo musical de Karlheinz Stockhausen, a descontinuidade entre as escalas temporais de Horacio Vaggione, além da teoria das catástrofes, saliências e pregnâncias de René Thom. Buscaremos, através da epistemologia de Thom, reunir visões musicais aparentemente antagônicas do processo composicional, a fim de concebermos diferentes formas de interação entre objetos, processos e escalas temporais, pensando-os como pertencentes uma única morfologia geral que em seu interior pode apresentar continuidades e descontinuidades.

Jorge Luiz Schroeder Música, Cultura e Sociedade Diálogos Difíceis entre Música e Dança: o trabalho do músico em aulas de dança

Resumo: Este projeto pretende investigar a posição fronteiriça que ocupam as atividades dos músicos em aulas de dança. Utilizando os procedimentos da observação participante e das entrevistas, pretende-se desenlear o jogo intrincado de forças sociais, educacionais, artísticas e das relações de trabalho que se superpõem e se atritam no trabalho cotidiano do músico de dança. A partir da observação e explicitação do complexo confronto de interesses, valores, concepções e discursos sobre o qual trafega o músico que trabalha na área da dança consideramos possível verificar como conhecimentos e habilidades específicas musicais vão sendo constituídos nessa zona instável de fronteira entre linguagens e práticas artísticas, tanto no aspecto profissional quanto educativo.

José Alexandre Leme Lopes Carvalho Estudos Instrumentais e Performance Aulas de Prática Instrumental: uma possível conexão entre a tradição oral da música popular e a academia

Resumo: O projeto tem por objetivo investigar a função e a organização das aulas coletivas de performance em cursos de música, visando: (1) compreender o papel e importância dessas aulas nesses cursos; (2) analisar criticamente as metoddologias e procedimentos utilizados nessas aulas; (3) levantar e classificar repertório; (4) propor técnicas, procedimentos e exercícios que apontem novos caminhos na estruturação dos conteúdos e práticas para aulas de prática instrumental em um curso de música popular.

José Augusto Mannis Música, Linguagem e Sonologia Desenvolvimento de um sistema de reprodução sonora multicanal com imagem sonora horizontal em 360º aplicado a música, artes sonoras e bioacústica

Resumo: Este projeto, com financiamento do CNPq, se destina à (1) consolidação de um dispositivo de projeção sonora espacial com os necessários processos de tratamento do sinal; bem como (2) à sua aplicação nos campos das artes (musica) e da ciência (biologia/ecologia). Para tanto, deveremos desenvolver e aprimorar conhecimentos, técnicas e métodos no campo do áudio multicanal, sobretudo da reprodução sonora em quatro canais em ambiente de imersão. Esta proposta se articula com o projeto de Pós-Doutorado “Dispositivos de áudio multicanal aplicados à música, arte sonora e bioacústica” desenvolvido por este proponente junto à UFF (2016-18) com apoio da CAPES e em colaboração com o Laboratório de Acústica e Artes Sonoras – LASom/DM/IA/Unicamp.

Conforto acústico para inteligibilidade da fala, ensino, prática, produção e audição musical

Resumo: Este projeto envolve estudos, investigações e desenvolvimentos para implementar e aperfeiçoar recursos, métodos e produtos para o conforto ambiental acústico, buscando atender, além da clareza e inteligibilidade da fala, critérios acústicos próprios ou suscitados por expressões artísticas. Num escopo de aplicações amplo, abrange-se teatros abertos e fechados, auditórios, estúdios de produção musical e áudio-visual, salas de pratica musical, salas de reuniões, salas e ambiente de trabalho, câmaras de ensaio, espaços urbanos recorrendo a medições acústicas, análises, simulações, predições, projetos, realizações e desenvolvimento tecnológico de novos produtos.

José Eduardo Ribeiro de Paiva Música, Cultura e Sociedade Tecnologia, Mídia e Criação Sonora

Resumo: Considerando as tecnologias aplicadas à criação e produção sonora surgida dos anos 50 até a atualidade, especificamente as digitais, o projeto tem como objetivo principal determinar as alterações provocadas por tais tecnologias no âmbito da indústria fonográfica e da criação e produção sonora. Além disto, pretende rediscutir as questões referentes às mídias sonoras em toda sua abragência, desde a rádio AM até os sistemas surround de última geração, discussão esta focada principalmente nas alterações de produção proprocionadas pela popularização dos processos tecnológicos. E, por último, pretende promover a discussão sobre a democratização dos meios de produção audiovisual da atualidade e os processos de apropriação tecnológica e inclusão descorrentes desta democratização.

José Henrique Padovani Veloso Música, Linguagem e Sonologia A mímesis na estruturação sonora da escrita instrumental: desenvolvimento histórico, ferramentas analíticas e abordagens práticas

Resumo: A pesquisa propõe investigar processos e paradigmas miméticos na estruturação sonora da escrita instrumental. Tal investigação será realizada a partir de uma sistematização teórico-analítica de tais processos visando: (1) compreender seu desenvolvimento e sua relevância em diferentes contextos históricos, estilísticos; (2) reunir, consolidar e empregar ferramentas analíticas capazes de abarcar a especificidade de peças em que processos miméticos ocupam um papel relevante no processo de estruturação da escrita instumental; (3) organizar e disponibilizar o conhecimento assimilado através de publicações e materiais bibliográficos, visando não apenas a circulação acadêmica dos resultados da pesquisa, como, também, sua aplicação prática em contextos artísticos e pedagógicos — particularmente em aulas de Instrumentação, Orquestração e Análise Musical.

Investigação técnica e criativa de estratégias de machine listening e music information retrieval na exploração de sons e modelos vocais em contextos de experimentação, composição e performance de música interativa

Resumo: Este projeto teve início em 17/11/2014, junto à Universidade Federal da Paraíba, e foi transferido ao Programa de Pós-Graduação em Música da Unicamp quando do credenciamento de seu docente responsável, em 17/05/2016. A pesquisa visa investigar novas estratégias de machine listening e music information retrieval (MIR) para explorar sons e modelos vocais em contextos de música e arte sonora interativa. Ao criar uma relação de retroalimentação entre pesquisa técnica e projetos criativos, a principal ideia é aquela de adaptar, refinar e desenvolver novas estratégias nos campos da machine listening e da MIR que possibilitem o uso de sons vocais tanto como modelo para a composição/instrumentação/orquestração quanto como fonte de parâmetros quantitativos a serem utilizados para controlar algoritmos e métodos computacionais de síntese e processamento sonoro em tempo real.

Leandro Barsalini Música, Cultura e Sociedade A bateria no Brasil: aspectos e linguagens do instrumento em três gerações

Resumo: Este projeto investiga o desenvolvimento histórico do instrumento bateria no Brasil, desde sua incorporação na música nacional até o final da década de 1970. Através do confronto entre dados provenientes de entrevistas, levantamento de documentos, pesquisa bibliográfica e análises musicais, trabalhamos a hipótese de configuração de processos de desenvolvimentos de diferentes linguagens para a bateria. Para tanto, estabelecemos uma divisão temporal em três períodos, cada qual com uma geração de instrumentistas que colaborou com a ampliação, difusão e aperfeiçoamento de técnicas de execução do instrumento.

Lenita Waldige Mendes Nogueira Música, Cultura e Sociedade Comentários ao aparato crítico da ópera Joanna de Flandres de Carlos Gomes

Resumo: O projeto explora a ópera Joanna de Flandres de Carlos Gomes a partir da partitura extraída do manuscrito original e que foi realizada por esta pesquisadora anteriormente com apoio da Fapesp. O projeto foi dividido em duas partes, a primeira delas está focada na história social, no contexto, na recepção e em outros aspectos em torno da composição e montagem da ópera no ano de 1863 no Rio de Janeiro. A segunda parte da pesquisa é dedicada exclusivamente ao trabalho com a partitura propriamente dita, em especial à exploração do extenso aparato crítico produzido quando da montagem da partitura, realizada no projeto Fapesp. Na transcrição realizada a partir das 1054 páginas do manuscrito gomesiano foi produzido extenso aparato crítico que gerou diversas questões, desde as mais simples, tais como notas e ritmos equivocados, até garranchos, correções, muitas delas ilegíveis, inúmeras rasuras, cortes extensos, anotações, etc. É importante salientar que esta pesquisa tem como foco exclusivo o manuscrito original de Carlos Gomes visando posterior elaboração de uma edição crítica.

Música e Músicos do Brasil

Resumo: Este projeto visa a pesquisa e transcrição musicológica de obras de compositores brasileiros, bem como a pesquisa biográfica dos mesmos, propondo a produção de conhecimento acerca do repertório nacional e o reconhecimento e disseminação de aspectos definidores desta produção.

Manuel Silva Falleiros Música, Linguagem e Sonologia Livre Improvisação, Criatividade e Cognição Musical

Resumo: Projeto propõe investigações acerca da Livre Improvisação, por meio tanto de estudos teórico-reflexivos como por práticas criativas e experimentais. Pretende-se um desenvolvimento em parceria com a ELM-Ciddic/Unicamp e o Departamento de Música da Escola de Comunicações e Artes da USP, com a perspectiva de implementação de coletivo de pesquisa e criação artística voltado à improvisação musical contemporânea.

Mauricy Matos Martin Estudos Instrumentais e Performance Piano: pedagogia e performance

Resumo: O projeto prevê investigações tanto teórico-reflexivas como empíricas e práticas acerca de aspectos de performance e de pedagogia do instrumento piano, integrando docentes e discentes.

Paulo Adriano Ronqui Estudos Instrumentais e Performance Metallumfonia: pesquisa nas diferenciadas áreas de atuação dos instrumentos de Metal – performance, repertório e aspectos históricos

Resumo: O presente grupo de pesquisa discutirá as pesquisas relacionadas aos aspectos relacionados à performance, investigação de repertório e de aspectos históricos nos instrumentos de metal no Brasil. Para esta finalidade, contando com uma equipe Interinstitucional, utilizará de abordagens metodológicas específicas para cada objeto de estudo, tais como: levantamento bibliográfico relacionados à performance nos diferenciados instrumentos de metal ? reflexão, desenvolvimento e aplicação de conceitos; pesquisa de campo – utilizando-se de específicas abordagens para cada projeto com a finalidade de levantamento de repertório e de investigação sobre aspectos históricos.

Panorama Musical Paulista para Trompete: obras solo, música de câmara e trechos orquestrais

Resumo: O propósito do presente plano de pesquisa é investigar o repertório para trompete solo, música de câmara e de trechos orquestrais escritos por compositores paulistas. Para esse fim, quatro diferentes níveis de investigação se relacionam ao objeto de estudo: catalogação de repertório; digitalização de partituras e elaboração de caderno de excertos orquestrais; atribuição de sugestões interpretativas às obras selecionadas; registro audiovisual. A presente pesquisa apresentará um trabalho inédito neste segmento de repertório, pois será oferecida ao intérprete, neste caso ao trompetista e instrumentistas de metal, uma ferramenta interpretativa que poderá ser utilizada também em outras pesquisas de repertório. Com a conclusão do projeto, será apresentado um trabalho performático e informativo sobre as obras pesquisadas, contribuindo sucintamente com a pesquisa, divulgação e compreensão da música brasileira.

Panorama Paulista de Obras para Grupos de Instrumentos de Metal e Percussão: levantamento, sugestões interpretativas e registro audiovisual

Resumo: A pesquisa apresentada neste projeto representa a primeira fase de um estudo sugerido ao Programa de Pós-Graduação do Instituto de Artes da UNICAMP e FAPESP pelo autor. Tal estudo se realizará no Laboratório de Instrumentos de Metal da UNICAMP e Auditório do Instituto de Artes da UNICAMP em três diferentes fases. A primeira fase, foco deste projeto, investigará a produção paulista de música de câmara para instrumentos de metal e percussão, além da aplicação de sugestões interpretativas e gravação das obras selecionadas. Para a realização do projeto, quatro diferentes níveis de trabalho se relacionam ao objeto do estudo: levantamento e catalogação do repertório investigado; digitalização (editoração) das partituras levantadas; sugestões interpretativas às obras selecionadas; registro em DVD das obras escolhidas. Desta forma, o estudo proposto apresentará um trabalho inédito neste segmento de repertório, pois oferecerá, a diferenciados públicos, fonte preciosa de levantamento de repertório.

Paulo José de Siqueira Tiné Música, Cultura e Sociedade Produção Popular Instrumental

Resumo: Reunir produções artísticas, pesquisas acadêmicas e pedagógicas do pesquisador e associados dentro território da música popular instrumental.

Paulo Mugayar Kuhl Música, Cultura e Sociedade Poética da Ópera

Resumo: A proposta do projeto é analisar as maneiras de se conceber o espetáculo operístico, do início do século XVII até meados do século XIX. As referências às poéticas clássicas (Aristóteles e Horácio) são uma constante e apontam para um conflito permanente no que se refere à presença da música e de outros elementos não-verbais. Desse modo, a história do pensamento sobre a ópera é uma constante luta para combater, justificar ou aprimorar os diversos elementos constitutivos dos espetáculos. Dessa tensão, surgem diversos textos teóricos e propostas de criação ou ””reforma”” das óperas, com propostas normativas ou com sugestões para algumas transformações. Ênfase especial é dada ao pensamento sobre a ópera em português, no período que vai de c. 1750 a c. 1850.

Reimagining Italianità: opera and musical culture in transnational perspective

Resumo: Trata-se de uma rede de pesquisas internacional transdisciplinar com o intuito de investigar a ópera italiana do século XIX em uma escala global, discutindo criticamente as relações entre a música e as identidades nacionais.

Regina Machado Música, Cultura e Sociedade Canto e Canção Popular: investigações sobre o sentido

Resumo: Buscar identificar os elos de melodia e letra e os recursos presentes no canto para elucidação desses elos. Identificar os recursos técnicos utilizados pelo cantor para a construção da Qualidade Emotiva da voz. Desenvolver análise cancional, a partir da aplicação da teoria semiótica da canção e do comportamento vocal, a partir da complementação exposta em minha tese de doutoramento.

Silvia Cordeiro Nassif Música, Cultura e Sociedade A Dimensão Estético-Discursiva na Música: uma abordagem teórica e uma proposta de acesso à linguagem musical por não-músicos

Resumo: Essa pesquisa tem por objetivo desenvolver uma linha analítica musical que possibilite uma compreensão aprofundada da música por um público sem formação musical. Tomando como principal orientação teórica a filosofia do Círculo de Bakhtin, mas incorporando também contribuições de diversos outros pensadores da música e das ciências humanas, o projeto tem 3 etapas definidas: 1-elaboração de uma proposta de audição musical que leve em conta tanto questões históricas e contextuais quanto estético-estruturais e veiculação dessa proposta num programa de rádio; 2-investigação sobre os modos de apropriação da linguagem musical por ouvintes do programa; 3- reelaboração da proposta.

A educação musical na perspectiva da linguagem, da cultura e do desenvolvimento humano

Resumo: Este projeto tem como objetivo investigar a educação musical em diferentes contextos educativos (formais e não formais) tendo como principal fundamento a concepção da música como um sistema simbólico, cultural e historicamente constituído e, sob vários aspectos, passível de analogias e homologias com outras formas de linguagem, em especial a linguagem verbal. Embora possa acolher propostas de natureza mais prática, o foco deste projeto são as investigações que permitam um aprofundamento teórico na perspectiva epistemológica que lhe serve de sustentação, cujos grandes pilares são a filosofia da linguagem do Círculo de Bakhtin e a psicologia do desenvolvimento de Lev S. Vigostski. Ancorado nesses alicerces, busca a compreensão dos diversos fatores envolvidos nos processos de apropriação/aprendizagem da música, com ênfase nas relações de significação.

Suzel Ana Reily Música, Cultura e Sociedade O Musicar Local – novas trilhas para a etnomusicologia – Projeto Temático FAPESP

Resumo: O Projeto Temático (FAPESP – 2016/05318-7) visa investigar como o musicar constrói a localidade e como é construído por ela. Ao dar foco à localidade da atividade musical, pretende-se chamar atenção para o papel da música na articulação deste contexto, independentemente da origem do estilo em questão. Localidades são contextos dinâmicos; são pontos de encontros contínuos entre pessoas, ideias, práticas, tecnologias, objetos que vão convergindo no local ao longo do tempo. A especificidade da localidade deriva de suas relações com outras localidades, mais do que com o seu isolamento. Busca-se, aqui, documentar como o engajamento musical se articula com as interações sociais que ocorrem durante o musicar, sejam os participantes amadores ou profissionais. O projeto, portanto, volta-se para a investigação da relação entre música e localidade a partir das práticas das pessoas envolvidas no musicar.

Práticas do Musicar Local

Resumo: Faz parte do senso comum pensar a música de uma perspectiva geográfica, particularmente em relação a repertórios tradicionais e populares, posto que, de modo geral, associamos estes repertórios a suas origens (e.g., música tradicional irlandesa, movimento nativista gaúcho etc.). Neste projeto, contudo, as associações geográficas enfatizam as relações entre música e o local em que indivíduos e grupos se engajam com música. Sem dúvida, toda prática musical ocorre numa localidade, na medida em que toda música é feita e vivida em algum lugar. No entanto, ao dar foco à localidade da atividade musical, pretende-se chamar atenção para as formas como o engajamento musical se relaciona com a localidade em que este engajamento ocorre, seja entre amadores, seja entre profissionais. Ao identificarmos as práticas do musicar local como campo de pesquisa, buscamos compreender como atividades musicais afetam a vida cotidiana dos indivíduos nelas envolvidas bem como dos grupos sociais (ou comunidades) com que convivem. Também buscamos compreender como práticas musicais participam da construção do perfil da localidade e as formas como a localidade é vivida por seus habitantes. Propõe-se um foco sobre práticas musicais precisamente por vermos neste conceito a possibilidade de lidar com uma variedade de abordagens que vem sendo desenvolvidas ao longo das últimas décadas nas diversas disciplinas interessadas em música. Entre estas orientações estão os estudos de práticas de fazer musical, identidades musicais, ?glocalização? musical, música na vida cotidiana, amadorismo musical e sua relação com profissionalismo musical, música e as tecnologias digitais entre outros temas. Trata-se, também, de uma perspectiva que incentiva a interdisciplinaridade, envolvendo a etnomusicologia, a ?nova musicologia?, a antropologia, a sociologia, a geografia, a história entre outras disciplinas. Com efeito, vemos nesta perspectiva a possibilidade de forjar novas maneiras de investigar o papel da música na cultura e sociedade. As perguntas chaves norteando o projeto são: ? Qual é a natureza do engajamento musical no contexto local? O que isto nos diz sobre a construção da localidade e o modo como é vivida pelas pessoas envolvidas no fazer musical? ? Quais são as condições sociais que contribuem para a emergência do engajamento musical e do compromisso com a produção da música a nível local? ? Como os grupos musicais locais operam enquanto associações? Qual é o seu impacto sobre as relações sociais e as formas de fazer musical na localidade? ? Quais são os desafios enfrentados por músicos profissionais que operam no contexto local e qual o impacto destes desafios sobre suas atividades musicais?.

Vilson Zattera Música, Cultura e Sociedade Acessibilidade em Música para Deficientes Visuais

Resumo: O avanço das novas tecnologias tem trazido também inúmeras contribuições para o estudo da música para pessoas portadoras de deficiência visual, porém essas tecnologias no geral ainda não podem ser usadas com autonomia pelos deficientes visuais. Nesse sentido, a dependência que estes tem das pessoas com visão normal para operar esses recursos, os impede que possam os aprender e interagir numa situação de igualdade nos ambientes de escola e profissional. Este estudo visa além da transcrição de partituras musicais e materiais didáticos específicos para o braile, o acesso aos programas de música via computador. Outro aspecto a ser considerado é a elaboração de uma metodologia para o estudo e ensino de violão com alunos deficientes visuais.