Turma AC202 - Tópicos Especiais em Atuação - Turma B

Cód. Disciplina - Turma

AC202 - B

Nome

Tópicos Especiais em Atuação

Subtítulo

Performance e política: o jogo como dispositivo de encontro



A definir

Não

Quarta-feira das 19 às 22

A disciplina poderá envolver a participação de artistas e pesquisadores/as convidados/as. 

Dependendo da evolução da pandemia COVID-19, a disciplina será ministrada remotamente.


criado por Matteo Bonfitto Júnior em 03/11/2020 19:47

Dados da disciplina


AC202 - Tópicos Especiais em Atuação


Artes da Cena


Pós-graduação



Disciplina que abrange programas específicos que comportem prática e reflexão sobre vertentes do campo das artes da cena dentro da linha de pesquisa Técnicas e Processos de Formação do Artista da Cena. Visando um aprofundamento verticalizado de temas e territórios de atuação do artista da cena, estrutura-se a partir dos projetos de pesquisa dos docentes, visando à articulação de assuntos oferecidos em outras disciplinas e a complementação de abordagens essenciais a áreas do conhecimento não contempladas pelas mesmas, a partir da singularidade de cada projeto.


3

15

15

0


0

15

Docentes

Matteo Bonfitto Júnior

Professor convidado

Prof.a Dra Melissa Ferreira

Critério de Avaliação

- Presença nas aulas.

- Prontidão no desenvolvimento das atividades solicitadas.

- Contribuição na criação das experiências performativas.

- Produção de protocolos.

Bibliografia

Bibliografia básica

BONFITTO, Matteo. Entre o ator e o performer. São Paulo: Perspectiva, 2013.

CAILLOIS, Roger. Os jogos e os homens: a máscara e a vertigem. Lisboa: Edições Cotovia, 1990.

FISCHER-LICHTE, Erika. The transformative power of performance. London and New York: Routledge, 2008.

HUIZINGA, Johan. O jogo como elemento da cultura. São Paulo: Perspectiva, 2004.

MOUFFE, Chantal. Agonistics: Thinking the world politically. London/NewYork: Verso, 2013.

______. Artistic Activism and Agonistic Spaces. In: Art & Research: A Journal of Ideas, Contexts and Methods., v.1, n.2, Summer 2007.

RYNGAERT, Jean-Pierre. Jogar, representar: Práticas dramáticas e formação. São Paulo: Cosac Naify, 2009.

SCHECHNER, Richard. Jogo. In: LIGIÉRO, Zeca. Performance e Antropologia de Richard Schechner. Rio de Janeiro: Mauad X, 2012.

VALENÇA, Ernesto. Teatro multimidiático e jogo na filosofia de Vilém Flusser. São Paulo: Annablume, 2018.

WINNICOT, Donald. O brincar e a realidade. São Paulo: Ubu Editora, 2019.

 

Bibliografia complementar

BENJAMIN, W. Reflexões Sobre a Criança, o Brinquedo e a Educação. Lisboa: Edições 34, 1992.

BELLOTTO, Lisandro Pires; ISAACSSON, Marta. O teatro no campo do real: estudo de caso em 100% São Paulo. Urdimento, v.2, n.29, p. 05-15, Outubro 2017. Disponível em: <https://www.revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/1414573102292017005/7150>. Acesso em: 09 nov. 2020.

DE GEEST, Kaatie; HORNBOSTEL, Carmen; RAU, Milo. (org.) Why Theatre? Golden Book V. Berlin: Verbrecher Verlag, 2020.

DIÉGUEZ CABALLERO, Ileana. Un teatro sin teatro: la teatralidad como campo expandido. Sala Preta, [S. l.], v. 14, n. 1, p. 125-129, 2014. Disponível em: <https://www.revistas.usp.br/salapreta/article/view/81758>. Acesso em: 9 nov. 2020.

DUBATTI, Jorge. Experiencia teatral, experiencia tecnovivial: ni identidad, ni campeonato, ni superación evolucionista, ni destrucción, ni vínculos simétricos. Rebento, São Paulo, n.12, p.8-32, jan-jun 2020. Disponível em: <http://www.periodicos.ia.unesp.br/index.php/rebento/article/view/503>. Acesso em: 09 nov. 2020.

FERREIRA, Melissa da Silva. Isto não é um ator: O teatro da Socìetas Raffaello Sanzio. São Paulo: Perspectiva, 2016.

MACHADO, Marina Marcondes. A criança é performer. Educação & Realidade, n.35, v.2, p.115-137, 2010. Disponível em: <https://seer.ufrgs.br/educacaoerealidade/article/view/11444/9447>. Acesso em: 09 nov. 2020.

TAYLOR, Diana. O trauma como performance de longa duração. O Percevejo Online, PPGAC, UNIRIO, v.1, n1, 2009. Disponível em: <http://www.seer.unirio.br/index.php/opercevejoonline/article/view/512/436>. Acesso em: 09 nov. 2020.

 

Filmes, websites, performances:

The Congo Tribunal. http://www.the-congo-tribunal.com/

Home Visit Brasil, Rimini Protokoll. https://www.rimini-protokoll.de/website/en/text/jogo-teatralizado-alemao-sera-montado-em-sete-imoveis-cariocas

Home Visit Brasil, Rimini Protokoll. https://www.rimini-protokoll.de/website/en/project/home-visit-brasil

Home Visit US, Rimini Protokoll. https://www.rimini-protokoll.de/website/en/text/who-will-eat-cake-rimini-protokoll-at-mcasb

100% São Paulo, Rimini Protokoll. https://www.rimini-protokoll.de/website/en/project/100-sao-paulo

100% São Paulo, Rimini Protokoll. https://www.rimini-protokoll.de/website/en/text/100-sao-paulo-un-agora-contemporaneo

General Assembly, Rimini Protokoll. https://www.rimini-protokoll.de/website/en/project/hauptversammlung

School of Resistance: Confronted with the question ‘Why theatre?”, 100 activists, artists, and intellectuals. In: NTGent Facebook. Disponível em: https://www.facebook.com/NTGentstadstheater/videos/951010268728762/

Conteúdo

A disciplina propõe a investigação prática e teórica de concepções contemporâneas de atuação a partir da noção de jogo como dispositivo cênico, performativo e político.

No curso serão investigados fenômenos artísticos e teorias que abordam o jogo, como game e play, em suas especificidades e potencialidades para a criação de performances, intervenções e espetáculos. Tais materiais servirão de estímulo para a criação de jogos performativos que serão compartilhados interna e externamente durante a disciplina.

Dentre os possíveis temas contemplados no curso estão: 

1. Jogo (play e game): agonismo e antagonismo (Mouffe); agôn, alea, mimicry, ilinx (Callois), jogo simbólico (Piaget); brincar/play (Winnicott), o jogo como método de pesquisa.

2. Teatro e performance política: noções contemporâneas de teatro político; performance social e performance artística (Carlson); micropolíticas e macropolíticas; cenários liminares (Ileana Dieguez); o trauma como performance (Diana Taylor); teatros do real.

3. Fenômenos: The Congo Tribunal de Milo Rau; Visit Home, General Assembly, Deutschland 2, 100% City do coletivo Rimini Protokoll;

4. Atos performativos: criações de jogos performativos.

Metodologia

A disciplina partirá de pressupostos ligados a metodologia da “prática como pesquisa”, envolvendo os seguintes procedimentos: 

- Aulas expositivas

- Leituras e discussões de textos

- Análise de material audiovisual

- Exercícios e procedimentos criativos

- Atos performativos.

Observação