Turma AC400 - Estudos em Artes da Cena - Turma A

Cód. Disciplina - Turma

AC400 - A

Nome

Estudos em Artes da Cena

Subtítulo

Pedagogias pós-abissais e outras formas de sensibilidade



a definir

Não

Terça-feira das 09 às 12

ATENÇÃO: A disciplina terá início no dia 23 de março.

Dependendo da evolução da pandemia COVID-19, a disciplina será ministrada remotamente.


criado por Marisa Martins Lambert em 04/11/2020 20:50

Dados da disciplina


AC400 - Estudos em Artes da Cena


Artes da Cena


Pós-graduação



Estudo, análise, crítica e reflexão em torno de teorias, sistemas e metodologias em artes da cena: dança, performance, teatro, entre outras, a partir de estudos pré-existentes, novas epistemes e estruturas teóricas em formação, podendo-se abranger singularidades assim como a interdisciplinariedade entre linguagens e áreas distintas do conhecimento,. Aponta-se assim para a contextualização relacionadas às abordagens de artes da cena no mundo contemporâneo.


3

30

0

0


0

15

Docentes

Ana Maria Rodriguez Costas

Marisa Martins Lambert

Veronica Fabrini Machado de Almeida

Critério de Avaliação

Produção prática/teórica

Presença (75% da CH do curso) e participação ativa nas aulas

Bibliografia

Básica

CLAVEL, Joanne; GINOT, Isabelle. Por uma Ecologia da Somática? Revista Brasileira de Estudos da Presença, v.5, n.1, p. 85-100, 2015.

CASTRO, Eduardo Viveiros de. O Recado da Mata. In: KOPENAWA, Davi; ALBERT, Bruce. A Queda do Céu: palavras de um xamã yanomami. São Paulo: Companhia das Letras, 2015, p.11-41.

GREEN, Jill. Movendo-se para dentro, para fora, através e além das tensões entre experiência e construção social na teoria somática. Repertório, Salvador, ano 22, n.32, p. 21-43, 2019.

KRENAK, Ailton. Ideias para adiar o fim do mundo. São Paulo: Companhia das Letras, 2019.

_____________. O amanhã não está à venda. São Paulo: Companhia das Letras, 2020.

_____________. A vida não é útil. São Paulo: Companhia das Letras, 2020.

SOUSA SANTOS, Boaventura de. O fim do império cognitivo: a afirmação das epistemologias do Sul. Autêntica, 2019.

WALSH, Catherine. Interculturalidade crítica e pedagogia decolonial: in-surgir, re-existir e re-viver. Educação intercultural na América Latina: entre concepções, tensões e propostas. Rio de Janeiro, v. 7, p. 12-43, 2009.

Complementar

BRONDANI, Joice Aglaes; HADERCHPEK, Robson Carlos; ALMEIDA, Saulo. Práticas decoloniais nas artes da cena. São Paulo: Editora Giostri, 2020

FERNANDES, Ciane. Quando o Todo é mais que a Soma das Partes: somática como campo epistemológico contemporâneo. Revista Brasileira de Estudos da Presença, v. 5, n. 1, p. 9-38, 2015.

SOUZA SANTOS, Boaventura de. Para além do pensamento abissal: das linhas globais a uma ecologia de saberes. In: B. Santos e M. P. Meneses (Ed.). Epistemologias do Sul. São Paulo: Cortez, 2007.

Conteúdo

Este curso articula as três linhas de pesquisa do Programada Cena em Artes em direção ao estudo transversal de pedagogias de formação, processos de criação e contexto, assumindo o tremendo abalo de paradigmas que caracterizam o antropoceno. Desta forma, o curso se oferece como espaço de estudo coletivo de práticas insurgentes nas artes da cena, atravessado pelas epistemologias, metodologias e pedagogias decoloniais, bem como práticas e poéticas da somática e suas transformações.
 

1. Pensando ao avesso: epistemologias do sul (colonialidade e decolonialidade e suas implicações)

2. Corpo, Conhecimento e corazonar

3. Das muitas dimensões da experiência e a experiência profunda e relacional dos sentidos (teoria social somática, ecossomática, somático-expressivo)

4. O sonho como método e o pensamento por imagens

5. Insurgências: pedagogias da natureza e da imaginação / Outras pedagogias: natureza e imaginação

Metodologia

Práticas laboratoriais em sala e extra sala

Leituras, diálogos e discussões dos textos da bibliografia

Concepção e compartilhamento de práticas artístico-pedagógicas em sala (individuais e/ou em grupos)

Práticas investigativas levando em consideração a articulação entre os projetos de pesquisa dos alunos e os conteúdos desenvolvidos na disciplina

Observação