Programa e Linhas de Pesquisa

Descrição do Programa

O Programa de pós-graduação em Artes Visuais da UNICAMP considera as relações entre a arte e suas diversas modalidades na dimensão contemporânea do espaço e do tempo, acolhendo pesquisas que vão do campo teórico ao desenvolvimento de diferentes processos de criação, em áreas como as poéticas visuais bidimensionais e tridimensionais, os estudos nos campos ampliados da tridimensionalidade e suas relações com o espaço e o corpo, as ações coletivas, a arquitetura e a cidade, o campo das teorias da imagem, a história, a crítica e a teoria da arte. As linhas de atuação do programa levam em conta as perspectivas epistemológicas da área de artes visuais, incorporando as modalidades tradicionais e as novas tecnologias do fazer artístico, sem que haja uma distinção valorativa de suportes.

Linhas de Pesquisa

A linha de pesquisa em Poéticas Visuais e Processos de Criação compreende a investigação conceitual e metodológica da prática nos campos referentes às diversas manifestações artísticas visuais em suas poéticas bidimensionais, tridimensionais e performativas, abrangendo também a arquitetura e o design em suas relações transdisciplinares com a área de artes visuais, os trabalhos produzidos a partir de tecnologias e mídias, analógicas ou digitais, incluindo-se aqui os multimeios e as experiências em rede. Tem como objetivo desenvolver a investigação e a reflexão a respeito dos modos de produção a partir das relações entre procedimentos, linguagens, materiais e conceitos, buscando contribuir para a prática, análise e construção do conhecimento do fazer artístico, de suas práticas discursivas em suas manifestações contemporâneas. Contempla o estudo da visualidade e suas possibilidades expressivas, seus processos e projetos em diferentes suportes e tecnologias nas artes visuais.

 

A linha de pesquisa História, Teoria e Crítica engloba diversas abordagens teóricas, críticas e históricas sobre a produção das artes visuais, incluindo o campo dos estudos visuais, os textos de crítica de arte, o discurso histórico, as questões das teorias da arte e, ainda, questões relacionadas ao patrimônio artístico e cultural. Tem como objetivo refletir sobre a arte, a percepção estética, a construção do discurso crítico e historiográfico, assim como sobre o processo de legitimação e institucionalização do fazer artístico e de suas sistemáticas epistemológicas. Considera, também, a hibridação dos campos expressivos e as consequências oferecidas pelas novas tecnologias na perspectiva da história da arte, das teorias da arte e da imagem.