Pós-graduação em Artes Visuais

Projetos

 

DOCENTE LINHA DE PESQUISA PROJETOS
Anna Paula Silva Gouveia Poéticas Visuais e Processos de Criação Ensino-aprendizagem da cor em artes visuais, arquitetura e design

Resumo: Esta pesquisa, decorrente da prática docente nos últimos 18 anos, trata da problemática do ensino-aprendizagem da cor em artes visuais, arquitetura e design, baseando-se na interdisciplinaridade da Teoria da Cor com a Física, Biologia, Antropologia visual e Cultura. Compreende como objeto de estudo a experiência pedagógica de disciplinas oferecidas em várias universidades e cursos diversos, e em especial nos últimos anos, na graduação e pós-graduação em Artes Visuais e na graduação do curso de Arquitetura e Urbanismo da UNICAMP. Esta pesquisa pretende contribuir para direcionamentos didáticos propedêuticos no ensino da cor visando principalmente a formação de professores e pesquisadores. É parte das pesquisas realizadas pelo Grupo Mantis – Cor, Cariz e Sintaxe Visual – dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/6758085787767645. O grupo é formado por pesquisadores – arquitetos, designers, artistas visuais, profissionais da área de comunicação – professores universitários, alunos de graduação e pós-graduação que tem a cor como foco principal de suas pesquisas.

Cesar Augusto Baio Santos Poéticas Visuais e Processos de Criação Estéticas pós-antropocêntricas: rumo a sistemas “biohíbridos”

Este projeto de pesquisa propõe uma investigação interdisciplinar envolvendo as áreas de artes, ciências da natureza e tecnologias da comunicação e informação. Nas primeiras décadas do século XXI as relações entre tecnociência, natureza sociedade vem se reconfigurando de maneira vertiginosa, transformando radicalmente paradigmas e práticas culturais que foram construídas ao longo da modernidade, em especial aqueles que fundamentam a separação entre a técnica, o humano e a natureza. Os sistemas informacionais tornam-se pervasivos e, ao mesmo tempo, assumem escala global, atingindo capacidades sobre-humanas de processamento de dados (big data) e de análise de padrões e predição (Inteligência Artificial). Estas transformações colocam em questão a estabilidade sociopolítica em escala local e global (Benjamin Bratton) das arquiteturas de poder (comunicação, controle social, representação política, economia e governabilidade) forjadas na modernidade. Ao mesmo tempo, as perspectivas desenhadas por Donna Haraway e Jason Moore colocam as tecnologias da informação no centro das discussões sobre as mudanças climáticas e o Capitaloceno – era geológica em que o capital determina a geografia planetária. Diante deste contexto, a presente pesquisa tem o objetivo geral de discutir as relações entre os sistemas informacionais mais recentes, baseados em processamento de dados em massa e em inteligência artificial, os sistemas vivos que compõe o ecosistema planetário e os objetos simbólicos produzidos no campo da arte em especial, das práticas artísticas experimentais que assumem a tecnologia e a ciência como mídia para seus procedimentos artísticos. Metodologicamente, a pesquisa está dividida em três frentes de ação. A primeira parte de uma revisão das perspectivas críticas ao antropocentrismo do humanismo moderno (Eduardo Viveiros de Castro, Bruno Latour, Boaventura Souza Santos, Marisol de la Cadena, Henrique Cunha, Brian Massumi e Vilém Flusser), interrogando o modo como este pensamento emergente reposiciona as relações entre técnica, natureza e existência humana. Este aprofundamento teórico busca fornecer parâmetros críticos para a segunda frente de ação, centrada na análise da produção artística das últimas duas décadas que se dedica às questões aqui levantadas, tal como recortada por este projeto. As discussões teóricas e analíticas serão aprimoradas a partir de um processo de retroalimentação dinâmica com a prática artística experimental. Nesta terceira frente de ação, parte-se da criação de sistemas “biohíbridos” baseados em Inteligência Artificial, sensoriamento de sistemas vivos e construção digital, em busca da elaboração de obras artísticas que articulem formal e sensivelmente modos de existência que respondam às novas articulações entre técnica, natureza e humanidade.

Cláudia de Mattos Avolese História, Teoria e Crítica Arte, Ecologia e Engajamento Político no Brasil (1964-1985) 

Resumo: O projeto visa investigar o envolvimento e atuação de artistas em questões ecológicas durante o período da ditadura militar no Brasil. A principal hipótese do projeto é a de que o engajamento de artistas em causas ecológicas constituiu, no período, ao lado do engajamento político-partidário, um campo importante de oposição e resistência ao governo militar, especialmente no que diz respeito às suas políticas desenvolvimentistas. A pesquisa tem por objetivo recuperar uma parte significativa da história da arte do período, que se relaciona também com desenvolvimentos importantes no âmbito internacional, de forma a tornar a compreensão do período ainda mais complexa.

Expandindo as fronteiras da história da arte: por uma história da arte inclusiva
Resumo: O projeto visa estudar, propor e desenvolver novas abordagens para o campo da história da arte que favoreçam a inclusão de outras tradições, além da tradição da arte ocidental no escopo da disciplina. A pesquisa parte da percepção dos limites teóricos e metodológicos da disciplina para lidar com a cultura visual de zonas inteiras do planeta, inclusive a do Brasil. O projeto visa estudar a obra de historiadores da arte que ao longo da história se preocuparam com essa mesma questão,  porém permaneceram às margens da disciplina. O projeto também se interessa por abordagens transdisciplinares que envolvem colaboração entre história da arte, antropologia, e outras áreas das humanidades, na busca de uma história da arte mais inclusiva. Por último, o projeta visa examinar de um ponto de vista crítico e participar dos debates contemporâneos da área sobre o tema. No âmbito desse projeto serão contemplados  diferentes períodos da história da arte internacional e no Brasil, assim como diversos espaços geográficos.
Edson do Prado História, Teoria e Crítica Processos criativos: Imagem, Arte, design

Resumo: Tem por objetivo investigar a arte, entendida como linguagem que se coloca em relações complexas com outras formas de linguagem, destacando as interações entre as linguagens da arte e do design e o questionamento acerca da definição de seus limites. Além da produção de reflexões teórico-críticas, os trabalhos do grupo podem envolver produções artísticas articuladas com aquelas reflexões. Em ambos casos a maneira de lidar com estes temas utiliza a abordagem dos estudos de processos criativos e a especificidade da metodologia de pesquisa em arte e design, incorporando uma fundamentação ampla que perpassa por diversos teóricos, havendo tendência para estudos que trabalhem a semiótica peirceana.

Ernesto Giovanni Boccara Poéticas Visuais e Processos de Criação ANÁLISE E DECODIFICAÇÃO DOS PROCESSOS CRIATIVOS A PARTIR DAS DIMENSÕES SIGNIFICANTES E DE SIGNIFICAÇÃO NA CONSTRUÇÃO DA IMAGEM NAS ARTES VISUAIS CONTEMPORÂNEAS: Uma abordagem Psicoanalítica e Semiótica

Resumo: Pesquisa de caráter teórico, correlacionando linguagens expressivas e processos criativos em Artes, explorando a natureza da materialidade dos significantes e a dinâmica da significação da IMAGEM nas Artes Visuais mediadas por tecnologias da comunicação focando os seus novos desdobramentos percepto-cognitivos na contemporaneidade. Metodologicamente tem um caráter operacional multidisciplinar, interdisciplinar e transdisciplinar correlacionando prioritariamente as teorias da Psicologia Analítica de Carl Gustav Jung com a Teoria dos Signos de Charles Sanders Peirce aplicadas à complexidade de sua natureza na redefinição do conceito de IMAGEM na relação de fruição da obra de arte.

Fernando Cury de Tacca História, Teoria e Crítica Fotografia: hibridismos e intertextualidades

Resumo: O projeto investiga as intertextualidades da fotografia com o cinema, a literatura, artes plásticas e internet. Busca-se organizar o pensamento fotográfico a partir de suas relações e hibridismos com outras artes e meios de comunicação. Analisaremos os aspectos intertextuais da fotografia em vários momentos de sua história, focando principalmente a produção contemporânea, o que implica em percebermos sua intercessão da fotografia com as ciências, as artes e os meios de comunicação.

Fotografia e Literatura. Intertextualidades nas coleções espanholas: “Palabra e imagen” e “lo mínimo”. [Bolsa Produtividade CNPq]

 Resumo: O projeto de investigação centra-se em duas coleções espanholas publicadas respectivamente no início dos anos sessenta, e depois, a segunda, na última década do século passado. A primeira coleção, Palabra e imagen, tornou-se uma referência na construção de um campo chamado de fotolivro, com obras conceituais envolvendo escritores já reconhecidos e jovens artistas/fotógrafos. A segunda coleção, “lo mínimo”, aporta uma proposta diferenciada de pequenos livros, como livros de bolso, com economia de palavras e imagens, ou seja, uma proposta de síntese, com presença de alguns artistas reconhecidos e outros em início de carreira.
Filipe Mattos de Salles História, Teoria e Crítica  Fotografia como Expressão Artística : Estudo sobre as potencialidades estéticas da Fotografia e suas diversas ramificações na produção visual contemporânea

Resumo: A pesquisa tem por objetivo entender como as imagens são criadas do ponto de vista psíquico, ou antes, ontológico, uma vez que a fotografia tem sido discutida enquanto forma, após sua realização, e, portanto, apenas no que diz respeito à sua significação como referente. Uma instância anterior, ou seja, a do pensamento como gênese criativa, que, longe de ser uma abordagem comum, constitui ao mesmo tempo a origem e o fim da razão psíquica da criação visual estética, com o objetivo de realizar uma experiência comunicativa visual, artística ou não. Esta pesquisa será embasada na filosofia platônica, que considera as imagens como decorrentes de uma ideia prévia, e da psicologia de C.G.Jung, por tratar nitidamente das instâncias psíquicas imagéticas que governam nossas escolhas, inclusive estéticas.

Gilberto Alexandre Sobrinho Poéticas Visuais e Processos de Criação Imagem em movimento político e social: vídeo, documentário e as construções identitárias no Brasil

Resumo:  Essa pesquisa busca refletir sobre a produção documentária realizada nos domínios do vídeo, em que imperam, de forma plural, as construções identitárias de gênero e sexualidade, dos afro-brasileiros, dos habitantes de comunidades e/ou regiões periféricas e marginalizadas, das populações indígenas e outras culturas e histórias que foram subjugadas pelas crenças dominantes e que não tiveram grande visibilidade na história do audiovisual brasileiro, principalmente, na mídia televisiva.

Haroldo Galo História, Teoria e Crítica Restauro, projeto & criação: diálogos de permanência e inovação

Resumo: Esta pesquisa investigará procedimentos e fundamentos do restauro e de seu projeto das diversas modalidades de artefatos, destacando no processo sua dimensão artística. Considerará a crescente expansão e reconhecimento das atividades de preservação e restauro no mundo e no Brasil para a formação de memória e identidade, bem como a inserção dessa área e atividade no âmbito das artes visuais e da arquitetura e em suas relações.  Investigará tanto essas relações quanto os diálogos entre a permanência e a inovação nas intervenções na pré-existência dos artefatos artísticos e arquitetônicos. Será desenvolvida por duas linhas distintas – 1. Criação e restauro: permanência e inovação; 2. Restauro e projeto: procedimentos e fundamentos.

Hermes Renato Hildebrand Poéticas Visuais e Processos de Criação Instalações e sistemas interativos com desenvolvimento de interfaces e aplicativos computacionais para processos de mediação em redes.

Resumo: O objetivo da pesquisa é tratar de questões estéticas, sociais e políticas a partir de ambientes colaborativos e móveis de desenvolvimento em rede e de conteúdo aberto. Utilizaremos ferramentas computacionais para a construção de mapas conceituais, gráficos de visualização, jogos eletrônicos, artísticos e educacionais para construção de ações e narrativas através dos sistemas digitais.

O potencial educativo da cognição lúdica em mídias locativas e games 

Resumo: Este projeto visa enfrentar as transformações tecnológicas que incidem sobre a educação e os novos modos de aprender. Aliás, este é um dos problemas brasileiros mais nevrálgicos, problema que agora ganha contornos inusitados reclamando por estratégias corajosas e originais. O uso eficaz das TIC na educação envolve bem mais do que meramente fornecer dispositivos computacionais e conexões à rede. Muitas questões e recursos adicionais estão implicados, especialmente questões de conteúdo, de transmissão, de treinamento que envolvem também estruturas comunitárias e institucionais.Tirando proveito do papel que o lúdico desempenha na cognição e na aquisição de conhecimento, este projeto pretende criar conteúdos educativos em mídias locativas e games, integrando-os devidamente nas atividades regulares de ensino em escolas da rede pública estadual.

Iara Lis Franco Schiavinatto História, Teoria e Crítica Entre a imagem e a escrita. Entre o arquivo e a exposição. Sobre Hercule Florence.

 

Resumo: Trata-se de projeto PQ que estudo: a constituição de Hercule Florence como objeto de estudo; sua experiência da escrita de si e sua condição de homem de ofício; sua produção imagética em debate com a cultura visual da época; a noção de arquivo e coleção na constituição de Hercule Florence como objeto de estudo; a história intelectual da emergência do fotográfico.

Cultura Visual e História Intelectual: protocolos da escrita de uma história da imagem
Resumo: Este projeto atenta de forma transversal a vários estudos interessados em apontar critérios de análise da imagem e/ou dos objetos do campo da arte. Neste sentido, tenta nomear, distinguir e debater protocolos de escrita da história da imagem e categorias explicativas ali operadas. Para tanto, esboça uma história intelectual de categorias vigentes do âmbito da cultura visual, notando suas eficácias, ambivalências, contradições, potencialidades, afetos envolvidos. Cabe dizer que tal interesse implica em entender as intenções, os agenciamentos, as sociabilidades implicadas nestas categorias e nestes protocolos estudados, indicando certos compromissos de conduta presumidos.
Ivanir Cozeniosque Silva Poéticas Visuais e Processos de Criação Memórias Gráficas

Resumo: Como o olhar da experiência da xilogravura e as pesquisas de mestrado sobre a obra de Oswaldo Goeldi interagem com o meu momento presente na formulação da construção da imagem fotográfica e na seleção da captura da imagem no momento do registro em campo. Observação da natureza e a memória de um aprendizado gráfico.

Projetos e Pesquisas entre livros de artistas, gravura, fotografia e memória

Resumo: Organização e participação em exposições relacionadas ao campo da gravura e produção de livros de artista e livros-objetos aberto ao público.
José Eduardo Ribeiro de Paiva Poéticas Visuais e Processos de Criação Multimeios e Arte

Resumo: Tem como campo o estudo e a realização de pesquisas relacionadas com as poéticas das mídias analógicas e digitais, considerando seus processos de ocorrência e desenvolvimento. Trata da relação entre a arte e as tecnologias, propondo -se a refletir sobre as interfaces entre os ambientes visuais e sonoros presentes nos sistemas constituídos por indicialidade ou por simulação, tratando também das narrativas fotográficas, fílmicas, videográficas, dos suportes imersivos e das experiências em rede. Objetiva-se, ainda, elaborar reflexões sobre as conseqüências oferecidas por essas novas tecnologias no âmbito da cultura audiovisual, considerando a ampliação e a hibridação dos campos expressivos, tratando dos processos de articulação e construção de sentido numa convergência aplicada aos modos do fazer contemporâneo.

Lúcia Eustáchio Fonseca Ribeiro Poéticas Visuais e Processos de Criação MODOS DE HABITAR: A PRÁXIS DO DESENHO NA CONTEMPORANEIDADE

Resumo: Este projeto tem como objetivo investigar espaço/narrativa/memória/processo de criação por meio de ações da ordem do desenho/pintura/instalação/matéria desenvolvidas nos planos bi e tridimensionais. Prioriza o estudo do desenho na história da arte e na contemporaneidade, voltado, principalmente, aos processos de criação dos artistas, conceitos e poéticas. Os resultados esperados incluem produção de desenhos, desenhos/objetos, instalações e organização de exposições, acompanhados de reflexão teórica (textos ensaios e artigos).

Lúcia Helena Reily História, Teoria e Crítica Arte e deficiência

Resumo: Os objetivos deste projeto guarda-chuva envolvem o estudo da arte considerando a representação da deficiência na arte, produções em artes visuais para e por pessoas com deficiência, a identificação de ações museológicas para grupos especiais. O projeto visa à produção de conhecimento neste campo temático.

Arte e Coleções vulneráveis

Resumo: Este projeto visa compreender como instituições de relevância internacional têm mantido suas coleções de arte de valor histórico íntegras e atuantes, como espaços de acervo, pesquisa, exposição e centros de divulgação presentes e vivos na comunidade onde se encontram. Entende-se a vulnerabilidade em dois eixos: 1) coleções de produção artística criada por pessoas que realizaram produções nas várias linguagens artísticas em guetos e campos de concentração, campos de refugiados, hospitais e clínicas, manicômios, prisões, e também em escolas; e 2) acervos que, não sendo reconhecidos como eruditos ou centrais, batalham por instalações apropriadas, funcionários qualificados, espaços de exposição, e divulgação. Assim, o foco não é apenas as pessoas representadas nos acervos como autoras, cuja produção nem sempre é entendida como valiosa ou artisticamente digna de cuidado; também focaliza os acervos que podem ser depositários sem subvenção que vivenciam dificuldades para mobilizar interesse público e com isso verbas para cuidar do e expor o acervo. A relevância do projeto está bem colocada, emblematicamente exposta ao mundo com a perda quase absoluta do Museu Nacional em agosto do presente ano, que não teria sido considerado um museu de valor periférico, e sim um importante museu do mainstream. O objetivo do projeto é conhecer como acervos internacionais que cuidam de coleções vulneráveis têm historicamente conseguido manter sua coleção bem cuidada, aberta a visitação e pesquisa, e viva, em diálogo com o mundo da Arte. Subsidia-se teoricamente nos textos de Aby Warburg e Howard S. Becker (“Art Worlds”). Como inovação, o projeto pretende discutir diretrizes de revisão de sistemas de arquivamento e catalogação e meios de pesquisa e divulgação de ações dos acervos a partir de experiências inovadoras de acervos vulneráveis internacionais.

Luise Weiss Poéticas Visuais e Processos de Criação Entre rastros, Marcas e impressões: questões da memória e do apagamento na produção gráfica contemporâneas

Resumo: Ao se observar o panorama da gravura contemporânea, percebe-se a coexistência entre as novas tecnologias e as técnicas ditas tradicionais, como a xilogravura, calcogravura, litografia e serigrafia. Na realidade, esses novos meios de gravação e impressão mesclam-se a essas técnicas históricas, tal característica também se pode observar na hibridação que ocorre entre as impressões gráficas e outros suportes e/ou linguagens expressivas, como, por exemplo, a relação da gravura com a fotografia, a escultura, a pintura e os livros de artista. Observa-se, sem distinção, a utilização de técnicas híbridas, como a monotipia, o extensil, carimbos, transferências de imagens fotográficas e outros. Na realidade, o projeto poético induz à pesquisa de linguagens expressivas, buscando nas experimentações dos materiais e dos suportes, como igualmente a utilização de impressões simples e diretas o melhor resultado.

Projetos Gráficos: pesquisas em Gravura

Resumo: Aprofundar questões relativas ao universo da produção gráfica em diálogo com a criação de livros de artista; Leituras e discussões sobre bibliografias da linguagem gráfica e sobre livro de artista; Pesquisas em ateliê; Retomar no Instituto de Artes a publicação de ensaios de textos e imagens, buscando o diálogo entre a criação de livros de artista, ilustração e gravura; Estudar questões relativas às narrativas visuais, imagens sequenciais e o conceito de memória; Discussões sobre os limites da ilustração e sua relação com o texto literário.

Márcio Donato Périgo Poéticas Visuais e Processos de Criação Sinais Gráficos

Resumo: A arte pela obliquidade da técnica. Este projeto tem como objetivo investigar uma passagem do fazer no objeto artístico, o sinal gráfico. Em todos os períodos da história o homem mostrou conhecimento e tirou proveito dos elementos fogo, água, e ar para mover máquinas e criar possibilidades de dissolver substâncias sólidas, fundir metais e secar líquidos. Não existe praticamente nenhum produto artístico que em determinado momento não tenha sofrido a ação de uma ferramenta. Fender, talhar, gravar, polir, dividir a matéria para recompor, são finalidades que absorvem o melhor da inteligência técnica. Em todas estas finalidades um único meio está disponível: a percussão. Esse gesto, de percutir, deixa uma marca, uma identidade como a digital que aproxima quem a fez e que será o objeto de análise desta pesquisa seguindo critérios objetivos, enquanto poética visual, com relação ao ponto, à linha e à mancha gráfica. Acerca-se o desenho e a matriz da gravura como continentes desta ação.

Maria de Fátima Morethy Couto História, Teoria e Crítica O trauma do moderno : arte e crítica de arte na América do sul (1950-1970). Texto, obras e exposições [Bolsa Produtividade CNPq]

Resumo: O projeto tem como objetivo maior investigar as conexões existentes, no continente sul-americano, entre o campo da história da arte e da crítica de arte aqui produzidas, evidenciando as tensões e contradições que marcaram o debate artístico-cultural do período. Visa ainda refletir sobre as formas específicas de reação e de integração aos discursos hegemônicos de autoridade e de legitimação simbólica que ocorrem em nosso contexto. Além disso, procura estabelecer novas relações entre obras, textos e eventos aqui produzidos e/ou realizados e que marcaram nosso debate crítico e historiográfico, sem contudo ambicionar constituir uma ideia homogênea da arte produzida na região nem tampouco preocupar-se em mapear os diferentes estilos que aqui se sucederam.

Vanguarda e modernidade nas artes no Brasil e no exterior

Resumo: Trata-se de projeto abrangente, que tem por objetivo refletir sobre as noções de vanguarda e modernidade empregadas no campo das artes visuais, bem como sobre suas adequações a contextos locais. Visa ainda estudar o debate instaurado ou provocado pelas ações e práticas das vanguardas artísticas, tanto no Brasil como no exterior, e seus desdobramentos e resultados imediatos. Abarca também estudos pontuais, desenvolvidos no âmbito da linha de pesquisa História, Teoria e Crítica (anteriormente denominada Fundamentos Teóricos), do PPGAV/Unicamp, sobre produções artísticas contemporâneas.

Maria José de Azevedo Marcondes História, Teoria e Crítica Modernismo na América Latina : entre os dois lados dao Atlântico : Brasil, México, Argentina

Resumo: O projeto trata das transferências culturais entre Europa e América Latina nas obras de arquitetos, paisagistas e artistas no Brasil (São Paulo), México (cidade do México) e Argentina (Buenos Aires) nas décadas de 20 e 30 do século XX.

Projeto Arte e Cidade

Resumo:  Discutir o tema Arte e Cidade focando a questão das artes visuais e questões urbanas nas metrópoles contemporâneas a partir de intervenções artísticas que buscam a interferência no espaço urbano , com a criação de esferas ou de espaços públicos , criando uma nova cartografia simbólica nas artes. E, em outra vertente, analisar grandes projetos urbanos que incorporam equipamentos culturas e museus engendrando novas formas de poder e gestão das cidades.

Marta Luiza Strambi Poéticas Visuais e Processos de Criação Arte como experiência intermodal em poéticas contemporâneas.

Resumo: Esse projeto constitui-se de experimentações e proposições em modalidades como o desenho, a instalação, o vídeo, a fotografia, a performance, a infografia e as animações digitais, acompanhadas de seus referenciais teóricos, partilhados entre a história da arte e suas poéticas hermenêuticas. Para isso consideramos pesquisar sobre certos eixos imanentes da contemporaneidade, a partir dos quadros distópicos relacionados aos diversos ambientes, onde as imersões subjetivas dos sujeitos, em seu cotidiano, permitem conexões com um imaginário específico, num território historicamente atribuído à arte.

Mauricius Martins Farina História, Teoria e Crítica Processos de intersecção da fotografia com a pintura e o cinema na arte contemporânea

Resumo: Pretende-se demonstrar nesta pesquisa, partindo de inventários iconográficos e de estudos de caso que os relacionamentos da fotografia com a pintura e o cinema estão permeados por um hibridismo recíproco na cena contemporânea, e que este relacionamento se demonstra também numa relação de anacronismo em relação ao ser contemporâneo que, na sua origem, se apresenta a partir de um sentido de ser eminentemente pictórico no âmbito da imagem planar.

Estudos sobre a imagem e suas relações com a arte

 Resumo: Os estudos sobre a imagem de um ponto de partida relacional estão configurados a partir dos estudos visuais na sua correlação com as teorias da imagem e da cultura em seus processos de desvio às aplicações funcionais. O projeto tem um caráter aberto às práticas do texto crítico e inclui as experiências com a materialidade dos objetos desde a sua fatura até os seus processos de produção de sentido e produção de textos e imagens sobre a fotografia, a pinturas e as novas mídias.
Paulo César da Silva Teles Poéticas Visuais e Processos de Criação “HI-TECH +LOW TECH”: RESSIGNIFICAÇÕES ESTÉTICAS E SENSIBILIZAÇÕES INTERCULTURAIS EM TENDÊNCIAS PÓS‐DIGITAIS

Resumo: Este projeto tem como meta identificar, mapear, discutir e comparar aspectos contemporâneos da arte tecnológica interativa recente, procedentes de integrações inter e tansculturais como ações de embates hi-tech x low-tech; agenciamentos; co-autorias; colaborativismos; coletivos multiplataformas por meio de análise de obras selecionadas, resultantes destas intersecções a ocorrer durante o período desta pesquisa em diferentes países, culturas e eventos. Tais eventos deverão circunscrever: a) ambientes eletrônicos multimídia (raves artísticas) conectados com “tribalismos” que ocorrem em ambientes abertos e ermos; b) movimentos, encontros e eventos artísticos coletivos e/ou comunitários que integram diferentes nichos e procedências étnicas e socioculturais; e c) atividades de formação e inclusão em diferentes ambientes arte-educativos transdisciplinares.
Dada a natureza interativa e/ou participativa de tais peças e eventos, sua trajetória conceitual deverá ancorar-se se nortear à luz de um olhar “endo-estético” multi-matricial que considera, no âmbito artístico, autores; objetos e informações materializadas e/ou realizadas; ambientes e estruturas de suporte e audiência, como parte de uma obra artística como um todo (GIANETTI, 2016), efetivamente “cartografados” (DELEUZE, 1986) no campo das relações “humano-máquina-informação-afeto”.

Rachel Zuanon Dias História, Teoria e Crítica ARTE-TECNOLOGIA-CIÊNCIAS COGNITIVAS: COOPERAÇÕES MULTIDIMENSIONAIS E TRANSDISCIPLINARES NOS PROCESSOS CRIATIVOS E PROJETUAIS DE BIO-INTERFACES INTERATIVAS, AFETIVAS E CO-EVOLUTIVAS

Essa pesquisa tem como objetivo investigar a poética emergente nos processos de co-autoria que se instauram no contexto de cinco obras de arte bio-interativas, afetivas e co-evolutivas. Tais obras serão concebidas e desenvolvidas pela pesquisadora proponente, a partir do tema [in] visibilidades. Os processos de co-autoria supracitados envolvem o campo de cooperação transdisciplinar entre Arte-Tecnologia-Ciências Cognitivas, especificamente por meio das articulações multidimensionais entre a concepção do artista, a ação da inteligência artificial e a atuação do organismo do interator. Duas questões norteiam a investigação aqui proposta, a saber – ‘os processos criativos e projetuais, assim como o desenvolvimento e a implantação de bio-interfaces interativas podem trazer contribuições significativas: [1] à ampliação dos níveis de interação inteligente homem-máquina e, consequentemente, de criação co-autoral entre estes sistemas, capazes de corroborarem à emergência de uma poética co-evolutiva? [2] à elucidação dos mecanismos neurofisiológicos do cérebro e do organismo humano? Para tanto, a metodologia da pesquisa se apoia na: [a] revisão sistemática da literatura nacional e internacional, nestas interfaces transdisciplinares de conhecimento; [b] concepção, desenvolvimento e exposição de cinco obras de arte bio-interativas; [c] análise, interpretação e sistematização das informações presentes nos dados neurofisiológicos dos interatores, captados durante a interação com as respectivas obras; [d] análise, interpretação e sistematização dos dados caracterizados como poéticas emergentes dos processos de co-autoria entre os sistemas biológico e tecnológico; [e] correlação entre os dados obtidos nas duas últimas etapas aqui citadas. Almeja-se como principais resultados expandir o escopo de contribuição: [I] aos processos poéticos criativos/projetuais e cognitivos de artistas, por meio da cooperação entre os campos de conhecimento da Arte-Tecnologia, da Neurociência e da Inteligência Artificial; [II] às experiências somatossensoriais dos interatores, por meio de obras de arte-tecnologia atentas ao comportamento neurofisiológico/emocional do seu organismo; [III] às elucidações sobre os mecanismos neurofisiológicos do cérebro e do organismo humano e, consequentemente, [IV] ao avanço das investigações artístico-científicas no campo de cooperação entre Arte-Tecnologia-Ciências Cognitivas.

Selma Machado Simão História, Teoria e Crítica Arte Popular: deslocamentos, encontros e integrações

A pesquisa se volta ao estudo dos processos e fundamentos da produção artística visual da Arte Popular brasileira, suas aproximações, cruzamentos e intersecções com outras linguagens das Artes Visuais no contexto contemporâneo. As análises metodológicas desenvolvidas são fundamentadas pela abordagem hermenêutica (GADAMER, 1997; 2010) e o estudo das produções artísticas dos diferentes grupos se apoia na História Cultural que oferece maior flexibilidade para tratar das formas interculturais, tornando os objetos visíveis, assim como, os sujeitos autores dessas produções (CHARTIER, 1990; CERTEAU, 1998). A pesquisa também explora a concepção que une o enfoque existencial do corpo atuante no mundo de cunho antropológico de Maurice Merleau-Ponty (1999) e enriquecida pela reflexão filosófica pretende identificar fenômenos que se apresentem como aproximações, justaposições e interfaces conectadas a outras tendências artísticas ligadas às Artes Visuais, sendo que estas principais reflexões filosóficas que pretendem intermediar o diálogo com a produção da Arte Popular e suas hibridizações serão pautadas no ideário dos seguintes autores: Mikhail M. Bakhtin (1997), Michel Foucault (1994), Gilles Deleuze; Félix Guattari (1978) e Michel de Certeau (1998).

Sérgio Niculitcheff Poéticas Visuais e Processos de Criação Linguagem pictórica na contemporaneidade

Resumo: A investigação deste projeto de pesquisa tem como objetivo refletir sobre o papel da linguagem pictórica e seu lugar de representatividade no fazer artístico da atualidade, tendo como foco a Arte Contemporânea Brasileira. Almeja identificar de maneira esquemática e organizada as tendências, vertentes, artistas significativos, procedimentos técnicos e materiais utilizados. Pretende ainda realizar um levantamento pontual de propostas plásticas fazendo um mapeamento iconográfico a partir de núcleos comuns e afinidades por agrupamentos distintos, bem como analisar e discutir a fragmentação do olhar contemporâneo e em como isto repercute no processo artístico da atualidade.

Sylvia Helena Furegati Poéticas Visuais e Processos de Criação Propostas Artísticas Contemporâneas

Resumo: Este projeto dedica-se à concepção e organização de trabalhos artísticos dentre intervenções, exposições artísticas e seminários que possibilitem o trânsito de experiências dentre os artistas docentes do Instituto de Artes da Unicamp, alunos do curso de Artes Visuais (preferencialmente os formandos) e alunos do Programa de Pós Graduação em Artes Visuais junto de artistas atuantes no circuito local, nacional e internacional. Alinhado às atividades de um grupo de pesquisas CNPq de mesmo nome, o Projeto propõe-se à produção prática e estudos derivados das questões que cercam o agente da arte contemporânea e seu circuito. Deste modo, constitui-se numa investigação de carater híbrido, dentro do campo das visualidades contemporaneas, voltado tanto para a construção e discussão aprofundada sobre os elementos de tensão da arte produzida na escola, por meio da escola e para o espaço cultural museal quanto valoriza a atuação experimentadora do artista frente às renovações da instituição que deixa sua referência mais fixa e passa a demandar de seus representantes que revisem suas práticas e estratégias de atuação.

Arte Extramuros.

Resumo: Estudo sobre os tensionamentos conceituais e espaciais presentes na produção artística contemporânea compreendida a partir do binômio Arte e Meio Urbano e suas múltiplas configurações alinhadas por terminologias tais como: 1 – Arte Pública; 2 – Arte Urbana e 3- Ações ou Intervenções Artísticas no meio urbano contemporâneo. Os tensionamentos constitutivos do projeto artístico contemporâneo, principalmente no caso brasileiro, são aqui analisados a partir da percepção de novas métricas aplicadas ao espaço de criação/proposição e exposição/implantação do objeto da arte na paisagem e no circuito artístico atual. Esta configuração que é processual e criativa acaba por redimensionar as bases e os fluxos estabelecidos dentre artista, projeto e urbanidade conduzindo-nos a condição intitulada de Extramuros, na qual a criação artística é compreendida por meio da revisão dos encontros e confrontos dados pelo espaço aberto, externo e urbano onde se redefinem contextos, habilidades, formas de subjetividade e sociabilidade da arte de hoje. Assim, o Projeto busca produzir investigações de carater teórico-prático sobre os contextos formuladores dos lugares-da-arte-de-hoje, a revisar a condução mais usual até então aplicada ao problema; lido pela noção de lugares-para-a-arte-de hoje.

 

Aluno: Orientador: Título: Financiamento:
AGATHA MARIA PEDROSO CLAUDIO LIMA FERREIRA Neurociência e a Humanização nos espaços hospitalares pediátricos. CNPq
AMANDA NASCIMENTO MIRANDA SYLVIA HELENA FUREGATTI Aspectos do gênero, ritual e espacialidade na produção de mulheres artistas contemporâneas no Brasil CNPq
ANA LUCIA ALVES LUCCHESE SYLVIA HELENA FUREGATTI A performance artística como expressão para corpos marginalizados em questão de gênero: o caso de Ana Mendieta SAE
ANA LUISA CRUZ NUNES SELMA MACHADO SIMAO O perfil do educador museal hoje: considerações sobre os profissionais atuantes nos museus estaduais na cidade de São Paulo SAE
ANNE BEATRIZ PENA IVANIR COZENIOSQUE SILVA A observaçaõ no trabalho de Alberto Giacometti CNPq
BÁRBARA THIEME GARCIA TAHIRA SELMA MACHADO SIMAO Empoderamento através dos cliques: arte e representação fotográfica feminina na  contemporaneidade CNPq
CAMILE MARIA PEREIRA ROSSETTO CLAUDIA VALLADAO DE MATTOS O colecionismo e a concepção de arte africana nos acervos do MAE-USP e da Fundação Cultural Ema Gordon Klabin CNPq
CAROLINA LOPES TOYOSHIMA GUSHIKEN PAULO CESAR DA SILVA TELES A ARTE EM ESPAÇOS DIGITAIS: ALCANCE E RESSIGNIFICAÇÕES DE ARQUIVOS “COLECIONÁVEIS” CRYPTOART CNPq
CLAUDIA AKEMI ITO ERNESTO GIOVANNI BOCCARA O Universo Imagético Simbólico de Salvador Dali : Investigação sobre seus significados e possíveis interpretações nos arcanos menores de seu tarot universal. SAE
GABRIELA MARA SILVA FERREIRA HAROLDO GALLO A restauração das obras de arte aplicadas à arquitetura realizada na igreja de Nossa Senhora do Carmo em Mariana – MG, após o incêndio em 1999: processo e documentação. CNPq
GIOVANA MONEGATTO ALVES LOPES LUISE WEISS A utilização da xilogravura na produção de um livro ilustrado: pesquisa de ilustradores contemporâneos brasileiros em paralelo com a criação autoral CNPq
JOÃO PEDRO FELIPE SILVA WILSON ANTONIO LAZARETTI Como encontrar soluções para difusão e compartilhamento de conteúdos técnicos científicos produzidos na universidade utilizando cinema de animação CNPq
KLAUS DORÁSIO LEÃO MARIA DE FÁTIMA MORETHY COUTO O IMAGINÁRIO DA REVOLTA: CABANAGEM (1835-1840) E REVOLUÇÃO FARROUPILHA (1835-1845) CNPq
MARIANE PEREIRA RUBINATO FILIPE MATTOS DE SALLES O imaginário de Vivan Maier: a fotografia oculta CNPq
MATEUS BERNARDO DE OLIVEIRA RACHEL ZUANON DIAS Desenho Sensorial: o método SEE BEYOND aplicado ao ensino-aprendizagem dos fundamentos teórico-práticos do desenho artístico CNPq
RAQUEL SOTILO BENEDETTI HAROLDO GALLO Contextualização da arte na ocupação de espaços abandonados a partir de uma análise da fábrica de arte Marcos Amaro (FAMA) em Itú CNPq
VANESSA DE OLIVEIRA VIANNA ZACCARIAS RACHEL ZUANON DIAS Desenho e Memória: o método SEE BEYOND aplicado ao ensino-aprendizagem do desenho como linguagem expressiva e como projeto CNPq
Aluno: Orientador: Título: Financiamento:
ALEX CLAUDE BARADEL FERNANDO CURY DE TACCA Entre fotografia-documento e fotografia-expressãornA fotografia de Pierre Verger sobre a América do Sul publicadas entre 1940 e 1957
ALLAN ANDRÉ LOURENÇO CLAUDIA VALLADÃO DE MATTOS AVOLESE Lasar Segall e o contexto de recepção do nazismo no Brasil FAPESP
ALLAN TANIOKA YZUMIZAWA SYLVIA HELENA FUREGATTI Vestígios de performance: a ausência como potência política
ALVARO PETERSEN JUNIOR ERNESTO GIOVANNI BOCCARA Espaços Inusitados: A evolução dos cenários para manipulação de bonecos nos programas infanto juvenis da TV Cultura
AMANDA REGINA CELLI LHOBRIGAT HAROLDO GALLO MEMÓRIAS PERDIDAS DA ARTE URBANA: PONDERAÇÕES SOBRE A DESCONTEXTUALIZAÇÃO DO MONUMENTO A RAMOS DE AZEVEDO
ANA LAURA MATOS TORQUATO JOSÉ EDUARDO RIBEIRO DE PAIVA Mulheres Irreais: Um Estudo Em Gênero Sobre A Representação Gráfica Feminina Nos Jogos League Of Legends E Defense Of The Ancients 2 CAPES/DS
ANA PAULA LUENGO MÁRCIO DONATO PÉRIGO ENTRE PAISAGENS/Paisagens inventadas a partir da experiência de artista-viajante
ANA PAULA RODRIGUES DE MELO IVANIR COZENIOSQUE SILVA Entre imagens: Diálogos híbridos
ANDRÉ EDUARDO RIBEIRO DA FONSECA LUISE WEISS “ENTRE” – o arquivo iconográfico como construção poética em livros de artista
ANDRÉ SHURAVEL BERGER SÉRGIO NICULITCHEFF Esta é a noite: ponta seca e maneira negra CAPES/DS
BORIS FARIA MORENO IVANIR COZENIOSQUE SILVA
CARLOS ANDRÉS MORALES MERCADO MAURICIUS MARTINS FARINA A fragmentação e recomposição da imagem como alegoria de autorreflexão. Uma Realidade Fragmentada.
CASSIOS CLEI PINHEIRO NOGUEIRA FILIPE MATTOS DE SALLES Projeto: Qual o seu lugar?
DÉBORA BROMBAL VISNADI MARIA DE FATIMA MORETHY COUTO A abstração em movimento: Relações entre as esculturas de Alexander Calder e pinturas transatlânticas de Piet Mondrian
DENISE MARCONDES MASSIMINO HAROLDO GALLO INVESTIGAÇÃO SOBRE O PATRIMÔNIO HISTÓRICO: ESTÉTICA, MEMÓRIA E EDUCAÇÃO
DEIVISSON DIAS CHAGAS SYLVIA HELENA FUREGATTI
DESIRÉE CUNHA RODRIGUES MÁRCIO DONATO PÉRIGO
EMILENE RAQUEL FRIGATO PASSINI ERNESTO GIOVANNI BOCCARA Os processos criativos e os efeitos auto-reguladores da psique na Arte e no Livro Vermelho de Carl Gustav Jung
FABIANA GRASSANO JORGE EDSON DO PRADO PFUTZENREUTER PROCESSOS CRIATIVOS DE LIVROS TRADICIONAIS E LIVROS DE ARTISTA NA ATUALIDADE – SOBREPOSIÇÕES E OPOSIÇÕES CAPES/DS
FÁBIO EDUARDO DIAS EDSON DO PRADO PFUTZENREUTER A ARTE VISUAL DA IMAGEM IMPRESSA: Memória gráfica através das matrizes litográficas comerciais no interior paulista
FERNANDA LARA PUPO ERNESTO GIOVANNI BOCCARA A construção do absurdo para demonstrar os limites do sentido: a construção da poética de William Kentridge
GABRIEL DE GOES FIGUEIREDO MÁRCIO DONATO PÉRIGO AS MÁS CARAS: MÁSCARAS BESTIAIS, RUPTURAS SEMÂNTICAS, O ‘UNHEIMLICHE’ E OS AUTÔMATOS NA PINTURA DE EDUARDO BERLINER
GEOVANA SARTORATO FILIPE MATTOS DE SALLES Processo de Criação da Subjetividade através da Subjetividade
GEOVANNI LIMA DA SILVA GILBERTO ALEXANDRE SOBRINHO Protocolos para a [des]construção do corpo – Memórias e padrão de sujeito na performance
GIOVANA SPOLADORE AMARAL SYLVIA HELENA FUREGATTI “Transitoriedade e estados fronteiriços da matéria”
GUSTAVO DE OLIVEIRA HERMES RENATO HILDEBRAND A REPRESENTAÇÃO DO MONTADOR EM DOCUMENTÁRIOS INTERATIVOS: A ESTRUTURA DINÂMICA DAS NARRATIVAS NÃO-LINEARES
HELIO CARVALHO DAPENA IARA LÍS FRANCO SCHIAVINATTO
ILANA BÁRBARA CAIAFA DE FALCI EDSON DO PRADO PFUTZENREUTER A potência do Erro à partir do relacionamento entre Arte e Design
INGRID OSPINA PRIETO LUISE WEISS
ISABELA VIDA MORENO IVANIR COZENIOSQUE SILVA
JACKESON ROBERTO DE ALMEIDA VIDAL FILIPE MATTOS DE SALLES UMA ANÁLISE DA CONSTRUÇÃO DE PORTFÓLIOS ARTÍSTICOS DE FOTOGRAFIA
JÉSSICA FRANCIELLE DIAS PINTO HERMES RENATO HILDEBRAND A imagem e a representação na cultura dos games
JOSUÉ PAVEL HERRERA ROMERO IVANIR COZENIOSQUE SILVA Operatórias na produção pictórica: a paisagem contemporânea no contexto das artes visuais em Cuba. CAPES/DS
JULIA STRADIOTTO SÉRGIO NICULITCHEFF
JULYANA MATHEUS TROYA MELO SYLVIA HELENA FUREGATTI A PRODUÇÃO ESCULTÓRICA DE MARCO DO VALLE NO ESPAÇO PÚBLICO: ANÁLISE DE UMA SELEÇÃO DE PROJETOS PERMANENTES OU TEMPORÁRIOS.
KAUÊ LOPES GARCIA SYLVIA HELENA FUREGATTI
LARA DOSWALDO BALAMINUTTI FILIPE MATTOS DE SALLES
LEONARDO AUGUSTO ALVES INACIO JOSÉ EDUARDO RIBEIRO DE PAIVA
LETÍCIA LOPES BORGES SCHOENMAKER MARIA JOSÉ DE AZEVEDO MARCONDES Estações museu: Estudo sobre a requalificação de estações ferroviárias
LILIAN CIARÂNTOLA WALKER ANNA PAULA SILVA GOUVEIA Corpo-território: investigações poéticas do corpo como lugar CAPES/DS
LUCIANE KUNDE BORGES SÉRGIO NICULITCHEFF Investigações sobre o papel como meio expressivo
LUIS ARNALDO ZAMPIERI PORTO MARTA LUIZA STRAMBI
LUÍS GUSTAVO VOGELSANGER GUIMARÃES HAROLDO GALLO
MARIANE CRISTINA MACHADO MEDEIROS MAURICIUS MARTINS FARINA
MATHEUS SCHMIDT DE CAMARGO CESAR EDSON DO PRADO PFUTZENREUTER
MAYARA BIANCA SOUZA NARDO SÉRGIO NICULITCHEFF
NATALIA HESZ FERRARI HAROLDO GALLO
NATALIA REGINA GREGORINI LUISE WEISS Criação e elaboração do livro ilustrado: Os Observadores do Mundo CAPES/DS
PAULA RAHIARA VILA PAULO CESAR DA SILVA TELES ARTE E TECNOLOGIA PÓS-DIGITAL: DINÂMICAS TRANSCULTURAIS CONTEMPORÂNEAS JUNTO À “ARTE ELETRÔNICA INDÍGENA”
RAFAEL GHIRALDELLI DA SILVA PAULO CESAR DA SILVA TELES lovegoals_2.0 possibilitando convergências entre hipertexto, narrativas imagéticas e glitch art sob uma perspectiva descolonial
RENAN BONIN JOSÉ EDUARDO RIBEIRO DE PAIVA REPRESENTAÇÃO VISUAL DA PAISAGEM SONORA PARA GAMERS SURDOS
RENATA MAGRI ALONGE BONFIM DA SILVA MARIA DE FATIMA MORETHY COUTO
RICARDO HANTZSCHEL FILIPE MATTOS DE SALLES
THOMAZ CARVALHO LIMA MÁRCIO DONATO PÉRIGO Souvenir como agente da memória na construção da indústria do antigo
VERÔNICA RIBEIRO LIMA MARIA DE FATIMA MORETHY COUTO Monumento às Bandeiras. Uma jornada para a compreensão de sua importância histórica
VICTOR SANTOS DA COSTA MARIA DE FATIMA MORETHY COUTO
VIRGINIA ABREU BORGES CLAUDIA VALLADÃO DE MATTOS AVOLESE
WESLEI LOPES SANCHES SÉRGIO NICULITCHEFF No sonho de um sonâmbulo: Uma análise do uso de folhas de metal nos processos pictóricos
Aluno: Orientador: Título: Financiamento:
ALESSANDRO RIBEIRO CORRÊA JOSÉ EDUARDO RIBEIRO DE PAIVA CINEMEX: As janelas Cinematográficas nos Apontamentos do Pav 2
ALINE HÜBNER FREITAS MARIA DE FATIMA MORETHY COUTO REELABORAÇÕES DOS MURAIS MEXICANOS E BRASILEIROS NA ARTE MODERNA CAPES/DS
ANA CAROLINA ALBUQUERQUE DE MORAES MARIA DE FATIMA MORETHY COUTO Seres de terra, água e luz: fusões e ficções na série Sonhos, de Claudia Andujar
ANDRESSA REZENDE BOEL SYLVIA HELENA FUREGATTI A CONSTRUÇÃO COLETIVA DE MÁQUINAS E OS (RE)USOS PARA A “BICI” CAPES/DS
ANDREY GUSTAVO ROSSI MARTA LUIZA STRAMBI INQUIETUDES E DESAPEGOS AMBIVALÊNCIA DA RUINA CORPORAL: Uma representação escultórico
ANDRÉA THOMAZELLA RIBEIRO IVANIR COZENIOSQUE SILVA LIVRO DE ARTISTA – OPERAÇÃO POÉTICA, incursão através do suporte livro
ANDRÉIA PAULINA COSTA MARIA DE FATIMA MORETHY COUTO Trânsitos periféricos: corpo, espaço e política na arte feminista nas décadas de 1970 e 1980 FAPESP
ANNA LETÍCIA PEREIRA DE CARVALHO FERNANDO CURY DE TACCA A natureza escorregadia na pós-fotografia: a prescrição de sentido nas obras de Joan Fontcuberta CAPES/DS
ANYI LORENA NIÑO MILLAN IVANIR COZENIOSQUE SILVA ESPAÇOS DE MEMÓRIA: UM OLHAR DAS MARCAS DOS LUGARES HABITADOS
CAROLINA VIEIRA FILIPPINI CURI CLAUDIA VALLADÃO DE MATTOS AVOLESE Mulheres, arte e guerra – A prática artística feminina na Primeira Guerra Mundial e seu papel na revisão da memória e da narrativa histórica
DANILO LORENA GARCIA SYLVIA HELENA FUREGATTI Tensionamentos: sensações e atravessamentos na construção de instalações CAPES/DS
DEBORA MACHADO VISINI MARIA JOSÉ DE AZEVEDO MARCONDES Empoderarte: as mulheres na cidade e as intervenções urbanas contemporâneas no Brasil como ferramenta de empoderamento
DULCINÉIA GALLIANO PIZZA LUCIA HELENA REILY O presente projeto tem por objetivo analisar as práticas dos alunos da Faculdade de Artes do Paraná, na disciplina de Estágio Supervisionado do Curso de Artes Visuais
EDUARDO BUENO FRAGUAS ERNESTO GIOVANNI BOCCARA O Símbolo da Cruz: uma análise histórica através de suas imagens e de seus significados
ELIANA XIMENA VELÁSQUEZ SÁNCHEZ FILIPE MATTOS DE SALLES O álbum familiar na arte contemporânea. Análise de 3 casos em torno do arquivo fotográfico.
FELIPE ABREU E SILVA IARA LÍS FRANCO SCHIAVINATTO DA NOTÍCIA AO FANTÁSTICO: UM ESTUDO SOBRE A CONSTRUÇÃO DE REALIDADE E FICÇÃO EM FOTOLIVROS CONTEMPORÂNEOS
FELIPE PEREIRA BARROS LUISE WEISS O vídeo como metáfora da memória e do tempo
FERNANDA GRIGOLIN MORAES FERNANDO CURY DE TACCA Arquivo 17: um exercício de montagem em confronto CAPES/DS
FLÁVIA DE ALMEIDA FÁBIO GARBOGGINI MÁRCIO DONATO PÉRIGO Paisagens fragmentadas: reconstruções possíveis do entorno
FLÁVIA JUNQUEIRA ANGULO ERNESTO GIOVANNI BOCCARA A construção da Teatralidade em espaços suntuosos a partir da teoria da fotografia encenada
HELIO APARECIDO LIMA SILVA LUISE WEISS Desenhos para brincar: o brinquedo e arte no processo de criação
ISMAR TULIO CURI MARIA JOSÉ DE AZEVEDO MARCONDES FUNDAMENTOS PARA UM PROGRAMA DE ARTE PÚBLICA EM SÍTIOS ESPECÍFICOS: concepção de mapeamento sócio espacial e paisagístico na região de Campinas
JAERGENTON DE SOUZA CORRÊA LUISE WEISS ADAPTABILIVESTES -Vestígios da adaptabilidade  humana às especificidades do meio ambiente, expressos nas vestimentas CAPES/DS
JANAINA SILVA XAVIER MARIA DE FATIMA MORETHY COUTO PRESERVAÇÃO, INVESTIGAÇÃO E COMUNICAÇÃO NA MUSEALIZAÇÃO DA ARTE CONTEMPORÂNEA: Uma discussão a partir dos MAC’s brasileiros
JOSÉ CARLOS SUCI JÚNIOR LÚCIA EUSTACHIO FONSECA RIBEIRO Sem rascunho: o desenho autônomo como ponto de partida e de chegada
LIDIA ZUIN DE MOURA MAURICIUS MARTINS FARINA Homo imago. Imagem como sobrevivência e segundo corpo do homem
LÍVIA DINIZ AYRES DE FREITAS LUISE WEISS BIBLIOTECA DE INSIGNIFICÂNCIAS: OBJETOS, PERCURSOS E PAISAGENS COTIDIANAS
LUCIANA DE OLIVEIRA INHAN EDSON DO PRADO PFUTZENREUTER O DESIGN GRÁFICO ENQUANTO SIGNO DE COMUNICAÇÃO NAS ARTES: A POÉTICA DA APROPRIAÇÃO COMO REFLEXO CONTRA A DITADURA
MAÍRA FREITAS DE SOUZA GILBERTO ALEXANDRE SOBRINHO
MAÍRA IMENES ISHIDA FILIPE MATTOS DE SALLES
MARCEL ALEXANDRE LIMP ESPERANTE MARTA LUIZA STRAMBI Arte, entre a verdade e a sombra: caminhos de uma poética
MARIA ILDA TRIGO JOSÉ EDUARDO RIBEIRO DE PAIVA
MICHAEL JORGE DA SILVA MARTA LUIZA STRAMBI O HABITUAL: uma investigação em arte
MILENA LEITE PAIVA ANNA PAULA SILVA GOUVEIA Da cor material à cor diegética: o pensamento da cor na direção de arte cinematográfica CAPES/DS
NATÁLIA HELENA DE BARROS MAZON LUCIA HELENA REILY Feiras de livros e festivais de literatura e ilustração como espaços de encontro para artistas ilustradores
NORMA MARIA MOBILON LUISE WEISS
PAULO DE TARSO COUTINHO VIANA DE SOUZA HAROLDO GALLO Inferno: Uma nova solução topográfica
PEDRO FELIPE PINHO SOUZA ANNA PAULA SILVA GOUVEIA O ensino da cor em cursos superiores de audiovisual do Brasil
RAFAEL PAGATINI LUISE WEISS Projeto Fissuras: a arte, a memória e o político
RAFAEL SCHEIBE COUTINHO MARTA LUIZA STRAMBI Inquietudes cotidianas: universo mitopoético em livros e cadernos de artista
RENATO BARROS ALMEIDA LÚCIA EUSTACHIO FONSECA RIBEIRO Carne e pedra: o corpo como ferramenta poética e política em experiências dadas no lócus urbano CAPES/DS
ROGÉRIO AUGUSTO BORDINI JOSÉ EDUARDO RIBEIRO DE PAIVA Entre o Real e o Virtual: Um Estudo Sobre o Senso de Presença em uma Galeria de Artes Virtual
SIMONE DE ARRUDA PEIXOTO LUISE WEISS
SIMONE ROCHA DE CAMPOS EDSON DO PRADO PFUTZENREUTER
TALITA MENDES EDSON DO PRADO PFUTZENREUTER Paisagens ressignificadas: imagens técnicas e as (des)construções do olhar nas poéticas de Cássio Vasconcellos, Mario Cravo Neto e Eustáquio Neves CAPES/DS
TIAGO SAMUEL BASSANI SYLVIA HELENA FUREGATTI DESCONHECIDOS/ESQUECIDOS: PROPOSIÇÕES PARA UMA PRÁTICA EM ARTES VISUAIS
VANESSA LÚCIA DE ASSIS REBESCO MARIA DE FATIMA MORETHY COUTO A exposição do espaço privado nas poéticas contemporâneas de mulheres artistas da América do Sul FAPESP
VANESSA SÉVES DEISTER DE SOUSA MARIA DE FATIMA MORETHY COUTO Corpos monstruosos: O ‘espectro do feio’ no encontro das artes visuais com a performance art em Tunga, Janaina Tschäpe e Berna Reale
WILLIAM HINESTROSA DOS SANTOS IARA LÍS FRANCO SCHIAVINATTO
YEDDA CAROLINA PICCOLI TOMAZELI HERMES RENATO HILDEBRAND HQs HÍBRIDAS: UMA VISÃO DA EXPERIÊNCIA DO LEITOR
YULY ALEJANDRA MARTY LOCATTO DE CARVALHO LÚCIA EUSTACHIO FONSECA RIBEIRO O transitar da palavra como experiencia estética CAPES/DS